segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Prefeito de Governador Edson Lobão, Evando Viana (PRB), até hoje não pagou salário de dezembro/12 dos servidores da educação

A prefeitura ainda faz distinção entre servidores contratados e concursados

Ilfran de Araújo


Lamentável o posicionamento da Secretaria de Educação do Município de Edson Lobão com relação aos servidores contratados como educadores. É que recentemente, durante uma reunião, foi proposto à redução no salário desses profissionais, em face aos concursados. Além disso, a Secretaria de Educação também não se posicionou com relação à definição da data de pagamento de salário para eles. “Ora, se esses contratados prestam o mesmo tipo de serviço e com a mesma qualidade que os servidores concursados, então não têm como fazer distinção entre eles. Só posso dizer que esta é uma situação humilhante”, desabafa o vereador Caliandro Abreu (PV).  Ele informou ainda que a disparidade de salários gira em torno de 100%. Enquanto os contratados recebem cerca de R$ 1.567,00 os concursados recebem até duas vezes mais. É incompreensível, pois os recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) entram com regularidade nos cofres da prefeitura. Outro fato lamentável e repugnante na administração inexpressiva de Evando Viana é que até a data de hoje ele não pagou o salário de dezembro/12 dos educadores.  Como gestor do município ele tem o dever de cumprir com os compromissos da prefeitura e até se comprometera em fazê-lo, porém, até a data presente ainda não cumpriu sua promessa para com esses servidores. Os recursos foram rigorosamente depositados na conta da prefeitura e chegaram a ser bloqueados pela justiça para pagamento dos servidores, mas, Evando Viana conseguiu através de liminar, desbloquear esse dinheiro e usou para finalidades desconhecidas e ainda não prestou conta da aplicação dessa quantia, que é bastante expressiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário