domingo, 27 de outubro de 2013

Aged realizará a 17ª edição do Enesco


A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged), órgão vinculado à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima), realizará, em parceria com o Colégio Nacional de Educação Sanitária e Comunicação para a Saúde (Conesco), a 17ª edição do Encontro Nacional de Educação Sanitária e Comunicação (Enesco), no período de 29 a 31 deste mês, no auditório da Fiema, em São Luís.
O Enesco é o maior evento nacional da categoria, realizado bianualmente, com os objetivos de colaborar com a disseminação das práticas de educação sanitária, valorizar as ações que aumentem o nível de conscientização sobre a importância da educação sanitária, demonstrando a relevância das ações preventivas e não somente corretivas de tal modo que gerem implicações significativas na mudança do comportamento coletivo.
São esperados participantes de todo o país, dentre engenheiros agrônomos, médicos veterinários, zootecnistas, ambientalistas, biólogos, educadores, comunicólogos e demais interessados.
Na programação palestras, mesas redondas, painéis, além da apresentação de trabalhos educativos, na forma de pôsteres com experiências sobre saúde pública agropecuária, envolvendo estudos epidemiológicos, trabalhos de inclusão social com o desenvolvimento de trabalhos educativos sanitários e estudo e aplicação da legislação. “Queremos proporcionar uma visão panorâmica da área, abordando diversos setores da educação sanitária. Hoje, a educação sanitária realizada no Maranhão, através da Aged, já vem se destacando e se tornando modelo para outros estados. Queremos mostrar isso para o país”, disse o diretor geral da Agência, Fernando Lima.
A palestra inaugural está agendada para as 19h do dia 29, e abordará o método SOMA e ficará a cargo do fiscal federal agropecuário da Superintendência Federal da Agricultura de Goiás, e também criador do método, Carlos Albuquerque. O método consiste em uma proposta de transferência de tecnologia focado na qualidade de aprendizagem, aumento do número de pessoas capacitadas e diminuição dos custos de capacitação.
A programação ainda inclui palestra com Clovis Thadeu Rabello Improta, membro do Colégio Nacional de Educação Sanitária e Comunicação para Saúde (Conesco) e especialista em educação sanitária e ambiental, com o tema: “A educação como ferramenta de defesa sanitária e ambiental”.
Segundo Clovis Thadeu Improta, “o trabalho de defesa não se resume apenas à fiscalização. É uma missão que envolve um processo de legislação sanitária, onde está incluída a fiscalização para verificar o cumprimento da lei, além de um trabalho de pesquisa epidemiológica e de educação sanitária”, explica.

Educação Sanitária
A Educação Sanitária visa à construção de conhecimentos vinculados à formação do indivíduo como cidadão apto a atuar dignamente na sociedade, procurando melhorá-la. Educar para a saúde é um processo dinâmico, constante nas práticas e nas ações de saúde fundamentadas na vivência sociocultural da população.
É um dos seus objetivos, estimular a sociedade a assumir responsabilidades, afim de que se torne um sujeito autônomo, participativo e transformador da realidade.
E deve estar presente no âmbito da escola, assim como deve estar presente também em casa, para promover hábitos higiênicos necessários à manutenção da saúde e do bem estar, promovendo uma mudança consciente nos cidadãos atingidos pelas ações de Educação Sanitária, sendo esta a idéia central.

A Educação Sanitária da AGED
No Maranhão, a Coordenação de Educação Sanitária e Comunicação da Aged (Cesac-Aged) tem como missão, promover a Educação Sanitária na instituição, capacitando, coordenando, apoiando e avaliando as ações educativas para o exercício dos programas de Defesa Animal e Vegetal e de Inspeção de Produtos de Origem Animal e Vegetal.
Desenvolve também os projetos Fazendo Educação para crianças e tratadores, e o Projeto Formação de Agentes em Práticas Agropecuárias (Fapa) aplicado nas escolas de Pedagogia da Alternância e também para agentes comunitários de saúde. Além disso, realiza dia de campo, onde acontecem palestras e práticas para produtores rurais.

PROGRAMAÇÃO DO XVII ENESCO
29.10 - terça-feira
Horário
Atividade
Palestrante / Mediador
8h às 16h
Credenciamento dos participantes e entrega de material.
-
19h
Solenidade oficial de abertura do 17º ENESCO
-
20h
Palestra inaugural – “Método SOMA”
Carlos Albuquerque
21h
Coquetel de abertura
-
30.10 - quarta-feira
Horário
Atividade
Palestrante / Mediador
8h
MESA REDONDA 01 - O TRABALHO DE EDUCAÇÃO SANITÁRIA E AMBIENTAL NAS ESCOLAS
REPRESENTANTES DAS
CÂMARAS:
- SAUDE AMBIENTAL
- SAÚDE ANIMAL
- SAÚDE PÚBLICA
- SAÚDE VEGETAL – Apresentação de duas escolas
10h
INTERVALO
10h15
PALESTRA 1 - A EDUCAÇÃO COMO FERRAMENTA DE DEFESA SANITÁRIA E AMBIENTAL

PALESTRANTE
CLOVIS THADEU RABELLO IMPROTA

11h
PALESTRA 2 - Apresentação da ação da AGED/Promotoria
PALESTRANTE
Sandro Bíscaro - Promotor da Comarca de Imperatriz

12h
INTERVALO PARA ALMOÇO
14h
PALESTRA 3 - Agricultura Inteligente em áreas de expansão do MATOPIBA


Gisela Introvini
14h45
MESA REDONDA 2 - A EDUCAÇÃO SANITÁRIA E A QUESTÃO AMBIENTAL NA COMUNIDADE


REPRESENTANTES DAS CÂMARA:

- SAÚDE ANIMAL
- SAÚDE AMBIENTAL
- SAÚDE PÚBLICA
- SAÚDE VEGETAL.
16h15
INTERVALO
16h30
MESA REDONDA 3 - O PAPEL DA POLÍCIA NA COMUNIDADE

PALESTRANTE
PMMA
Bombeiros-MA
18h
CONFRATERNIZAÇÃO POR ADESÃO.
APRESENTAÇÃO FOLCLÓRICA:
31.10 - quinta-feira
Horário
Atividade
Palestrante / Mediador
8h
 Apresentação dos trabalhos
Comissão Organizadora
10h
INTERVALO
10h15
PALESTRA 4 - "A Influência da Educação Sanitária Animal oficial no RS, e a Educação Rural vigente".
PALESTRANTE
Huldo Cony
11h
PALESTRA 5 - Logística Reversa
PALESTRANTE
 Mario Fujii
12h
INTERVALO PARA ALMOÇO
14h
ASSEMBLEIA GERAL
APRESENTAÇÃO DE MOÇÕES E DA CHAPA DA NOVA DIRETORIA
ELEIÇÃO DA NOVA DIRETORIA.
ESCOLHA DA NOVA SEDE DO XVIII ENESCO

COMISSÃO ORGANIZADORA.
DIRETORIA DO CONESCO.


15h
INTERVALO
15h20
POSSE DA NOVA DIRETORIA

COMISSÃO ORGANIZADORA.
 DIRETORIA DO CONESCO
17h
ENCERRAMENTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário