domingo, 24 de novembro de 2013

CRESCIMENTO ELEITORAL : ESPECULAÇÕES SOBRE A DESISTÊNCIA DE LUÍS FERNANDO


Luís Fernando mostra bons resultados por onde passa e viaja pelo estado inteiro.


Divulgação

Luís Fernando Silva
Um dos termômetro do crescimento eleitoral do candidato Luís Fernando Silva são as especulações sobre sua suposta desistência. Fica patenteado o medo da oposição em enfrentar o principal adversário.

Sintoma recente são postagens com cores tartarinescas( de Tartufo- o mentiroso de Moliére). A criatividade tem o mesmo ritornelo de que LF "não decolou", justificando a impossível substituição por Lobão.

Os marqueteiros do governo dão de ombros para o "não decolou", avançam por via terrestre. Anunciam todas as sedes das cidades maranhenses interligadas/pavimentadas e asfaltadas em 2014.

As sedes asfaltadas/interligadas aumentarão a mobilidade entre os municípios, consequentemente o fluxo intermunicipal ágil/seguro resultará no maior desenvolvimento regional. 

É bom não esperar "decolar". O avanço do candidato Luís Fernando vem por via terrestre, com ordens de serviços executadas, acompanhadas em cada etapa pela população beneficiada.

Dino propôs o tabelamento dos preços das passagens aéreas durante a Copa do Mundo. A iniciativa é boa, mas os principais beneficiados serão os estrangeiros que votam nos seus países de origem.

O que trará mais dividendos eleitorais na campanha do governo do estado em 2014 : as sedes de  todos municípios maranhense interligadas ou a diminuição das tarifas aéreas em todo o Brasil? 

Essa será a diferença entre interligar e decolar. Flávio Dino representa esperança, mas isolou-se em Brasília. Luís Fernando mostra bons resultados por onde passa e viaja pelo estado inteiro. 

Qual é a lógica? Picolé de Chuchu? Desistência de Luís Fernando? Não é melhor reciclar a estratégia? Está hora de Flávio Dino partir para elaboração/apresentação de propostas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário