sábado, 11 de janeiro de 2014

Sine-MA ampliou ações em municípios maranhenses



De janeiro a novembro de 2013 as agências do Sistema Nacional de Emprego do Maranhão (Sine-MA) colocaram quase sete mil maranhenses no mercado de trabalho. A informação é da Supervisão de Intermediação de Mão de Obra da Secretaria de Estado de Trabalho e Economia Solidária (Setres), responsável pelo gerenciamento do sistema em todo o estado.
No mesmo período, 78 mil trabalhadores foram cadastrados para concorrer a uma das 12 mil vagas captadas pelo serviço; 109.400 trabalhadores deram entrada no pedido de seguro desemprego; e 58 mil Carteiras de Trabalho e Previdência Social (CTPS) foram emitidas pelos postos do Sine-MA.
Os serviços do Sine-MA estão disponíveis em 15 municípios do Maranhão – São Luís, Açailândia, Bacabal, Bacabeira, Balsas, Barra do Corda, Caxias, Chapadinha, Codó, Estreito, Imperatriz, Itapecuru-Mirim, Pedreiras, Santa Inês, São José de Ribamar e Timon – oferecendo cadastro de trabalhadores, captação de vagas, encaminhamento para o mercado, emissão de CTPS e recepção de seguro desemprego.
Para além das ações nestes municípios, a Setres implementou o trabalho das equipes móveis do Sine-MA, que, ao longo de 2013 visitou mais de 30 municípios do interior para realização de cadastro e encaminhamento de trabalhadores para o mercado – mais de 500 foram colocados nesta modalidade de atendimento – e, no segundo semestre, esteve em 66 cidades para recepção do seguro-defeso para pescadores – cerca de 30 mil pescadores foram atendidos.
De acordo com o secretário de Estado de Trabalho e Economia Solidária, José Antônio Heluy, a diversificação de ações foi uma necessidade. “Temos um estado muito grande e as demandas por mão de obra tem se estendido por todas as regiões”, informou o secretário. “Grande parte dessa demanda passa pelo setor da Construção Civil, mas a essas mudanças mostram a ampliação das atividades econômicas para os municípios do interior”, avaliou Heluy.
Para 2014, as ações para as equipes móveis já estão agendadas: a primeira está prevista para ainda este mês de janeiro, quando o Sine-MA deverá montar um posto avançado nas dependências do São Luís Shopping para a intermediação da mão de obra a ser contratada pelas 70 novas lojas do estabelecimento. Segundo o secretário, as atividades não podem parar. “Para este projeto temos pressa, até porque trabalhamos com o prazo de inauguração da expansão, previsto para o próximo dia 15 de abril”, afirmou o secretário. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário