quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Pesquisa feita no “machado” vai tentar a todo custo diminuir o crescimento da pré-candidatura de Luis Fernando

 
 Em janeiro, Luis Fernando apareceu praticamente empatado com Flávio Dino em São Luís, segundo o DataM, que deve divulgar outra nesses dias dizendo o contrário
Em janeiro, Luis Fernando apareceu praticamente empatado com Flávio Dino em São Luís, segundo o DataM, que deve divulgar outra nesses dias dizendo o contrário

Inconformada com o crescimento da pré-candidatura do secretário de Infraestrutura do Estado, Luis Fernando Silva (PMDB-15), a oposição liderada por Zé Reinaldo Tavares e seu pupilo Flávio Dino, está desesperada para encontrar números que escondam esse crescimento e ao mesmo tempo camufle a derrocada do candidato comunista em campanha há quatro anos, Flávio Dino (PCdoB).
O instituto de pesquisa escalado para tentar esconder o fracasso de Flávio Dino nas pesquisas, que já figurou com quase 70% no ano passado e hoje beira à casa dos 45% nas pesquisas, é o mesmo instituto que em 2004, por exemplo, nas vésperas das eleições municipais, deu para Luis Fernando uma derrota acachapante de 27% dos votos ribamarenses contra 58% que seriam dados ao suposto vencedor do pleito, o contratador de pipoca para servir em hospitais de Ribamar, o médico Júlio Matos, com 58%.
Mas o resultado das urnas foi Luis Fernando vencedor do pleito com 48% dos votos contra 45% de Júlio Matos, apoiado pelo governador da época, José Reinaldo Tavares, que fez de tudo para derrotar o peemedebista, então candidato pelo DEM. Detalhe: o proprietário da DataM, era do então secretário da área de comunicação do Governo Tavares, o jornalista José Machado.
De acordo com as informações que rolam nos bastidores, a orientação dada pela dupla Zé Reinaldo & Flávio Dino, é utilizar todas as estratégias possíveis para barrar o crescimento de Luis Fernando, inclusive manipulando pesquisas de opinião e tentando difamá-lo em blogs alinhados ao projeto comunista.
Os possíveis números desfavoráveis a Luis Fernando foi encomendado depois de um vacilo em que a DataM deixou vazar o resultado da última pesquisa feita em janeiro, em São Luís, em que Flávio Dino aparece praticamente empatado tecnicamente com Luis Fernando.
Comenta-se que o único ex-governador preso pela Polícia Federal, virou um búfalo com a divulgação desse resultado e tratou de providenciar outra feita no machado para minimizar a queda de seu filhote na política, o comunista Flávio Dino, na capital maranhense. E assim deve aparecer misteriosamente um novo resultado do instituto mais conhecido como “MisterM”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário