quinta-feira, 10 de abril de 2014

So falam em Lobão Filho

Em vinte anos de cobertura política no Maranhão, o titular deste blog nunca presenciou fenômeno parecido.
O senador Lobão Filho (PMDB) é hoje o principal assunto político do Maranhão.
Nenhuma emissora de rádio, jornal, blog, perfil de rede social ou espaços de conversas políticas consegue passar uma hora sem falar na sua candidatura a governador.
É certo que, até duas semanas atrás, ninguém em sã consciência sequer imaginaria que Lobão Filho pudesse ser cogitado para a disputa pelo governo. Mas é certo também que ele ocupou de forma tão avassaladora o espaço aberto – primeiro na disputa pelo Senado; depois, na eleição de governador – que suplantou todos os demais assuntos da sucessão estadual.
Lobão Filho é hoje analisado, atacado, ridicularizado, criticado, debochado, provocado, aclamado e  exaltado com todos os tons de serenidade e exasperação.
Em apenas três dias, todos os 217 municípios maranhenses já sabem que ele é candidato a governador.
Prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, lideranças políticas e populares – de São Luís a Alto Parnaíba, de São Pedro da Água Branca a Timon – discutem as condições da candidatura do senador, filho do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.
O assunto também é o preferido em filas de bancos, caixas de supermercados, bancas de revistas, restaurantes, mesas de bar e nas residências, entre patrões e empregados.
Por isso tudo é que, se quiser manter o favoritismo na sucessão da governadora Roseana Sarney, a oposição não deve subestimar a força e negligenciar os movimentos do seu mais novo adversário.
Caso contrário, quando quiser abrir o olho…

Nenhum comentário:

Postar um comentário