domingo, 4 de maio de 2014

5.100 cisternas já foram instaladas pelo Água para Todos no Maranhão



Secretário Cláudio Azevedo durante instalação de cisterna no município de São Mateus
Um total de 5.100 cisternas já foram instaladas em 14 municípios maranhenses das 5.377 previstas para 16 cidades beneficiando mais de 5 mil famílias. A ação é desenvolvida em parceria pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Sagrima) e Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), dentro do programa nacional de Universalização do Acesso à Água - Água para Todos. Os investimentos em cisternas e que também incluem poços e barragens somam R$ 60 milhões.
“Essa é uma ação que esta sendo intensificada, porque garante melhor qualidade de vida às famílias que, antes, não tinham acesso à água. E desde a instalação da 8ª superintendência da Codevasf no Maranhão estamos tendo um grande parceiro para o desenvolvimento, garantindo água para o consumo humano e, também, por meio de barragens, para atender o setor produtivo”, afirmou o secretário Claudio Azevedo.
Já foram contemplados com as cisternas os municípios de Alto Alegre do Maranhão, Anajatuba, Arari, Cantanhede, Codó, Coroatá, Matões do Norte, Miranda do Norte, Peritoró, Pirapemas, São João Batista, São Mateus do Maranhão, Viana e Vitória do Mearim. Só em Arari, a meta a ser alcançada é 1.070, sendo que 1.063 já foram instaladas. A primeira cisterna do programa teve instalação em março de 2012, no município de Matões do Norte.
A Sagrima, coordenadora estadual do Água para Todos, auxiliou o governo federal desde o início do programa no estado, com a formação e capacitação dos Comitês Municipais. Antes, o programa era subordinado à 7a Superintendência Regional da Codevasf no Piauí. Mas, passou a ser coordenado pela 8a Superintendência Regional da Companhia no Maranhão desde a inauguração do órgão, há cerca de um ano e meio.
“O Maranhão cumpre a proposta da perspectiva de atendimento do Água para Todos. Ainda estamos realizando o trabalho de busca ativa, que traz as famílias para a rede de proteção social do governo federal”, afirmou o superintendente da Codevasf no Maranhão, João Martins.
As cisternas instaladas são de polietileno com capacidade de 16 mil litros de água, quantidade suficiente para suprir as necessidades básicas de uma família de cinco pessoas por períodos de estiagem de até seis meses. A vida útil do equipamento é estimada em 30 anos.
O abastecimento ocorre durante os períodos chuvosos: a água da chuva é aparada no telhado do local beneficiado e conduzida, por meio de um sistema de calhas e canos, para o interior do reservatório. Com a observância de cuidados básicos - que são comunicados aos beneficiados em treinamentos específicos - a água é própria para saciar a sede e para o preparo de alimentos.

Sistemas
Atualmente, 100 Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água (SSAA) já estão sendo instalados pela Codevasf em 21 municípios. Na lista, estão Aldeias Altas, Buriti Bravo, Água Doce do Maranhão, São João do Sóter, Lagoa do Mato, Timon, Coroatá, Codó, Alto Alegre do Maranhão, Matões do Norte, São Mateus do Maranhão, Zé Doca, Bom Jesus das Selvas, Arari, Viana, Vargem Grande, Lago da Pedra, Santa Filomena do Maranhão, Igarapé do Meio, Vitória do Mearim e Vitorino Freire.
Além disso, a Sagrima iniciou o processo de formação e capacitação dos Comitês Gestores Municipais para a instalação de mais 79 Sistemas Simples de Abastecimento de Água (SSAA), de acordo com convênio que foi firmado entre a Sagrima e o Ministério da Integração Nacional. O convênio prevê a instalação de mais 79 SSAA em 23 municípios do Maranhão, beneficiando 2.300 famílias, com conclusão das ações até o ano de 2015.
Os sistemas incluem perfuração de poços tubulares, instalação de unidade de bombeamento e de reservatórios de fibra de vidro com estrutura elevatória, fornecimento de energia, abrigo de quadro de comando ou grupo gerador, cerca de proteção, rede de distribuição de água e ligações domiciliares. E por solicitação da Sagrima, a Codevasf já deu início ao processo de licitação para a instalação de aproximadamente 850 SSAA no interior do estado para atender 34 mil famílias. O serviço deve ser iniciado ainda este ano.

Água para Todos
O Programa Água para Todos foi instituído pelo Decreto nº 7.536 de 26 de julho de 2011 e é integrante do “Plano Brasil sem Miséria”, instituído pelo Decreto 7.492, de 2 de junho de 2011. A finalidade é a universalização do acesso à água em áreas rurais para consumo humano e para produção agrícola objetivando implantar soluções que garantam atender, prioritariamente, a população de renda mais baixa e em comunidades rurais.
A ação prevê a implantação de tecnologias visando contemplar o acesso à água de consumo, denominada “primeira água”, como cisternas para consumo e sistemas simplificados de abastecimento de água - SSAA e a água para a inclusão produtiva, denominada de “segunda água”, como cisternas de produção e construção de pequenas barragens.

CISTERNAS
Município
Meta
Cisternas instaladas
Alto Alegre do Maranhão
60
60
Anajatuba
750
750
Arari
1.070
1.063
Cantanhede
452
452
Capinzal do Norte
130
0
Codó
1.015
1.015
Coroatá
230
230
Matões do Norte
190
190
Miranda do Norte
60
60
Peritoró
220
220
Pirapemas
125
125
São João Batista
120
120
São João do Sóter
140
0
São Mateus do Maranhão
345
345
Viana
290
290
Vitória do Mearim
180
180
TOTAL GERAL
5.377
5.100

SSAA
Municípios
SSAA
Aldeias Altas
4
Buriti Bravo
4
Água Doce do Maranhão
4
São João do Sóter
4
Lagoa do Mato
4
Timon
5
Coroatá
6
Codó
5
Alto Alegre do Maranhão
4
Matões do Norte
4
São Mateus do Maranhão
4
Zé Doca
6
Bom Jesus das Selvas
5
Arari
5
Viana
6
Vargem Grande
4
Lago da Pedra
6
Santa Filomena do Maranhão
5
Igarapé do Meio
5
Vitória do Mearim
5
Vitorino Freire
5

Nenhum comentário:

Postar um comentário