domingo, 4 de maio de 2014

Cidade educativa alerta crianças para o cuidado com as leis de trânsito




  Após percorrer 83 cidades, a estrutura itinerante está montada no Imperial Shopping e deve permanecer até o dia 06 deste mês
Conscientizar as crianças para o seu papel de cidadão no trânsito. Essa é uma das propostas do novo projeto instalado na Praça de Eventos do Imperial Shopping. A cidade Portinho Seguro é um espaço educativo com 300 m² de estrutura inflável que permite as crianças desenvolverem o respeito às regras de trânsito, cidadania e preservação ambiental.
A estrutura possui ainda sinalização semelhante a uma cidade com cruzamentos, semáforos e faixas de pedestres, além da cenografia lúdica comum ao cotidiano de um espaço urbano com escola, banca de jornal, posto de gasolina e prédios. A atividade acompanhada por monitores permanece até o dia 06 de maio e podem participar crianças de 5 a 11 anos.
Na oportunidade, os motoristas mirins aprendem por meio de aulas práticas utilizando bicicletas, como devem se portar no trânsito seja como pedestre, ciclista ou futuro motorista.  As crianças recebem ainda multas fictícias quando não cumprem a leis ou incentivos quando corrigem os erros.  
A gerente de marketing do Imperial Shopping, Tânia Lemos, explica que além da diversão, as crianças também saem com o aprendizado. “Essa é uma oportunidade para que todos reflitam sobre o seu papel no trânsito. É muito importante que desde pequenos, as crianças possam ter a oportunidade de aprender e repassar aos pais o respeito e os cuidados com as leis de trânsito”.
Projeto- Fundada em 1988, a cidade Portinho Seguro possui sede fixa no bairro da Mooca em São Paulo. Em 2003, por meio de estrutura itinerante e inflável a cidade começou a percorrer diversas cidades em vários estados. Em seus mais de 10 anos de existência, o projeto já atendeu mais de 300 mil crianças em 83 cidades diferentes. O projeto foi desenvolvido com o apoio de instrutores de trânsito especializados, além de empresas de assessoria pedagógica, para elaboração do conteúdo educativo. 
Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário