quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Suzano Papel e Celulose mantém foco nos projetos socioambientais em Imperatriz e região




Em 2013, empresa investiu intensamente em programas e ações de responsabilidade social no entorno das suas operações

Com um modelo de gestão norteado para a sustentabilidade, a Suzano Papel e Celulose, uma das maiores produtoras verticalmente integradas de papel e celulose de eucalipto da América Latina, destinou cerca de R$ 6,3 milhões a projetos socioambientais no Maranhão, em 2013.

Ao longo de sua trajetória, a empresa sempre atuou para contribuir com o desenvolvimento das comunidades em suas áreas de influência. Na região de Imperatriz, onde está baseada sua nova unidade industrial, as ações em 14 municípios nos Estados do Maranhão e Tocantins são voltadas a educação, geração de renda, desenvolvimento das comunidades e fortalecimento da cultura local.

As melhorias, principalmente em termos de infraestrutura e reformas de escolas públicas e comunitárias, atenderam mais de 45 mil crianças e jovens, além da construção e reforma de unidades de beneficiamento, doação de maquinário, viabilização de bibliotecas comunitárias e educação sanitária para promover qualidade de vida às crianças e comunidades.

Foram desenvolvidas também ações com cerca de 300 agricultores das áreas de convivência da empresa com o objetivo principal de fortalecer os arranjos produtivos locais, além de apoiar o desenvolvimento do extrativismo vegetal e demais sistemas produtivos, garantindo, especialmente, a segurança alimentar. Com isso, a safra de 2012/2013 aproximou-se da marca de 215 toneladas de alimentos produzidos.

A Suzano apoiou atividades de revitalização da cultura local, que foram de grande valia para agregar valor a produtos e práticas socioculturais originais das comunidades. Também foi constituído um canal de comunicação contínuo entre a empresa e a população das áreas de convivência, para motivar participações em todas as fases do novo empreendimento. A empresa contribuiu ainda para a educação ambiental, organizando palestras, ações de capacitação e oficinas de integração.

Comunidade Bacaba

Vale destacar como exemplo deste investimento o projeto de realocação e reassentamento da Comunidade Bacaba, próxima à fábrica em Imperatriz. O planejamento prevê manter o padrão de vida das pessoas na nova localidade; recuperar possíveis perdas na transição, ligadas às questões de oportunidades de empregos e produção, acesso a recursos naturais e instalações públicas, além de proporcionar oportunidades de desenvolvimento econômico e social às 21 famílias residentes na área.

Dois locais já foram destacados para a transição da comunidade. A ideia é garantir a permanência da identidade social do povoado, ou seja, promover a manutenção do grupo unido no novo território; fornecer infraestrutura necessária de acesso e transporte público para a cidade de Imperatriz; previsão de espaços para pequenas plantações e criações de pequenos animais para subsistência; e considerar a destinação de espaços para construção da Sede da Associação dos Moradores, das Igrejas Católica e Protestante, bem como a destinação da área para lazer e convivência.

Sobre a Suzano Papel e Celulose
A Suzano Papel e Celulose (Bovespa: SUZB5, OTC: SUZBY e Latibex) é uma empresa de base florestal e uma das maiores produtoras verticalmente integradas de papel e celulose de eucalipto da América Latina. Controlada pela Suzano Holding e parte do Grupo Suzano, investe no setor de papel e celulose há 90 anos, com operações globais em aproximadamente 60 países. Atualmente, possui seis unidades industriais: Suzano, Rio Verde, Limeira e Embu, no interior do Estado de São Paulo, Mucuri, na Bahia, e Imperatriz, no Maranhão. Sua capacidade de produção é de 4,7 milhões de toneladas de papel e celulose por ano.

Mais informações para a imprensa:
Glaucia Dias
Comunicação Corporativa
Suzano Papel e Celulose
99 3529-5151


Nenhum comentário:

Postar um comentário