domingo, 5 de outubro de 2014

Justiça obriga Blog do Luís Cardoso a retirar do ar postagem com “informações inverídicas contra Hildo Rocha


 
Decisão é do desembargador José Barros de Sousa. Blogueiro tem prazo de 24 horas para retirar conteúdo do ar, sob pena de multa diária em caso de descumprimento.
 
Em resposta à Representação do candidato a deputado federal Hildo Rocha (PMDB), o jornalista Luís Cardoso foi obrigado pela Justiça a retirar do ar postagem com informações erradas sobre o peemedebista.
 
No texto, intitulado: Ildon Marques e Hildo Rocha têm direitos políticos suspensos, publicado na última quinta-feira (2), Luís Cardoso afirma que o ex-secretário estadual das Cidades “teve seus direitos políticos cassados pelo prazo de três anos, a partir de 11 de fevereiro de 2014”, data em que a suposta sentença teria transitado livremente em julgado.
 
A publicação do blog sugere ainda que Hildo Rocha integra a lista de candidatos "Ficha Suja" e que, mesmo vencendo o pleito eleitoral, terá seu diploma questionado pela Justiça.
 
A decisão, proferida na manhã deste sábado (4), é do desembargador José Barros de Sousa, da comissão de juízes auxiliares do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que alegou haver “indícios de informações inverídicas” no conteúdo publicado com o objetivo de confundir a opinião pública contra Hildo.
 
Luís Cardoso tem prazo de 24 horas para cumprimento da decisão, sob pena de multa diária de R$ 1 mil reais. Até às 18h de hoje, contudo, a postagem permanecia no ar.
 
Convicção

Com eleição praticamente consolidada, tão logo tomou conhecimento da publicação no blog de Luis Cardoso, Hildo Rocha gravou mensagem aos eleitores. No vídeo, publicado em seu perfil na rede social Facebook, ele reafirma a sua trajetória limpa.
 
"Nunca fui e jamais serei condenado pela justiça porque trabalho com transparência e honestidade. Fui vereador, prefeito e secretário de Estado duas vezes, e tive todas as minhas contas aprovadas", assegurou, tratando a publicação como “boato”, com o objetivo de tentar sujar a sua imagem perante os seus eleitores. 

"Não vão conseguir, pois vocês me conhecem", finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário