quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Reajuste Tarifário


A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) homologou em agosto deste ano o reajuste tarifário para a Companhia Energética do Maranhão (CEMAR), e o consumidor tem sentido os efeitos. Em explicação, a ANEEL informa que o reajuste que ficou em torno de 24,11%, apenas 1,62% é destinado para a Companhia. O reajuste é feito para manter atualizado o valor das tarifas, frente à variação da inflação e do repasse integral do custo de energia aos consumidores.
Com os 22,50% restantes, a ANEEL cobre os gastos com pagamentos de energia, transporte, transmissão, encargos setoriais e manutenções. O que mais caracteriza o reajuste é a escassez de água nas regiões Sudeste, Centro-oeste e Nordeste, onde se localizam a maior parte das hidroelétricas do país, causando um forte aumento no preço da energia.
Textos, fotos, artes e vídeos do Imirante.com estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do site em qualquer meio de comunicação sem autorização do Imirante.com. O objetivo é proteger o investimento que o Imirante faz na qualidade de seu jornalismo. Para compartilhar esse conteúdo, por favor enviar um e-mail para: imirante@mirante.com.br
Textos, fotos, artes e vídeos do Imirante.com estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do site em qualquer meio de comunicação sem autorização do Imirante.com. O objetivo é proteger o investimento que o Imirante faz na qualidade de seu jornalismo. Para compartilhar esse conteúdo, por favor enviar um e-mail para: imirante@mirante.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário