segunda-feira, 13 de julho de 2015

Hildo Rocha visita area portuária do Rio de Janeiro

O deputado federal Hildo Rocha visitou, na manhã deste sábado (11), as obras de revitalização da zona portuária do Rio de Janeiro. O parlamentar encontra-se na capital fluminense cumprindo agenda de trabalho em comitiva liderada pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, composta por deputados e senadores do PMDB.

A inspeção aconteceu com a presença do ministro dos portos, Edinho Araújo, do prefeito do Rio Eduardo Paes, assessores engenheiros e técnicos envolvidos no projeto que está sendo realizado pela prefeitura em parceria com o Ministério das Cidades e um consórcio de empresas privadas.

Rocha disse que as ações realizadas pela prefeitura do Rio servem de referencia para outras administrações municipais. “O prefeito Eduardo Paes é merecedor de aplausos pela eficácia da sua administração. Poucos gestores municipais conseguem realizar tantas obras grandiosas ao mesmo tempo. A população da cidade do Rio de Janeiro está de parabéns”, declarou.

Porto Maravilha
O projeto de revitalização da zona portuária do Rio de Janeiro, denominado Porto Maravilha, visa modernizar ama área de aproximadamente cinco milhões de metros quadrados, no centro da cidade beneficiando os bairros Saúde, Gamboa e Santo Cristo e parte do Centro, Cidade Nova, Caju e São Cristóvão.

A operação Urbana Porto Maravilha inclui: a construção de 4,8 km de túneis; reurbanização de 70 km de vias e 650.000 m² de calçadas; reconstrução de 700 km de redes de infraestrutura urbana (água, esgoto, drenagem); a implantação de 17 km de ciclovias; plantio de 15.000 árvores; e demolição do Elevado da Perimetral (4,8 km);

Mobilidade urbana
Outra importante obra que compõe o conjunto de ações de modernização da área é a implantação de 28 quilômetros Veículo Leve sobre Trilhos. O VLT ligará a Região Portuária ao centro financeiro da cidade e ao Aeroporto Santos Dumont por meio de seis linhas com 42 paradas, sendo quatro em estações na Rodoviária, Central do Brasil, Barcas e aeroporto. O sistema será integrado ao Metrô, trens metropolitanos, Barcas, BRT's, rede de ônibus convencionais, Teleférico da Providência e ao Aeroporto Santos Dumont. O sistema de pagamento inclui a utilização do Bilhete Único Carioca de transporte.

A capacidade do sistema chegará a 285 mil passageiros por dia. Cada carro poderá transportar até 415 passageiros e o intervalo entre os VLTs poderá variar entre três e 15 minutos, conforme a linha e horário. A velocidade média prevista para o trânsito do VLT no Rio é de 17 km/hora.

Impactos positivos
Com a conclusão do projeto a área verde de 2,46 % será aumentada para 10,96%; o fluxo de tráfego na região terá um aumento de 50% na capacidade. Também haverá considerável redução da poluição do ar e sonora, com a retirada da Perimetral e a redução do transporte pesado na região; aumento da permeabilidade do solo; aumento e melhoria da qualidade da oferta de serviços públicos; transformação da região em referência para a cidade. “Tudo isso representa qualidade de vida. É uma mostra da capacidade administrativa dos gestores do PMDB”, declarou.

Presidenciável
Hildo Rocha enfatizou que o desempenho de Eduardo Paes o credencia para disputar a presidência da república na eleições de 2018. “O prefeito do Rio, Eduardo Paes, está transformando a cidade. A Câmara, sob a direção do deputado Eduardo Cunha, tem batido sucessivos recordes de produtividade. No Estado do Rio, o governador Luis Fernando Pezão vem se firmando como excelente gestor. Isso é apenas uma mostra de que o PMDB está preparado para enfrentar grandes desafios e dar respostas satisfatórias às demandas do povo brasileiro”, enfatizou Rocha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário