segunda-feira, 6 de julho de 2015

PRESTANDO CONTAS


José Carlos Soares faz balanço de ações da Câmara Municipal
Principais metas foram cumpridas e gestão reaproxima população da Casa de Leis

Raimundo Primeiro

O vereador José Carlos Soares Barros (PTB), presidente da Câmara Municipal de Imperatriz, faz um balanço positivo do primeiro período legislativo do exercício de 2015. “Realizamos ações que buscaram realmente o bem coletivo”, pondera o parlamentar, acrescentando que o espírito de união prevaleceu entre seus pares durante os primeiros seis meses do ano no âmbito do trabalho desenvolvido pelo Palácio Dorgival Pinheiro de Sousa.
Uma das primeiras iniciativas do vereador-presidente, afirma, taxativamente, foi tomar conhecimento do que o parlamento estava necessitando, adotando, logo em seguida, as providências necessárias visando efetivamente fazer a Casa “andar” com naturalidade, buscando, sobretudo, realizar o trabalho esperado pelos diversos setores da comunidade imperatrizense.
Durante a última sessão ordinária, ocorrida na manhã de terça-feira (30/6), o vereador José Carlos Soares apresentou um balanço das atividades legislativas durante o primeiro semestre de 2015, repassando o documento para alguns jornalistas que cobrem diariamente os trabalhos executados pelos edis da segunda maior cidade do Estado. Uma espécie de radiografia, por meio da qual o presidente da Casa reafirma a transparência de sua gestão, priorizando o que realmente almeja promover melhorias para a cidade e levar qualidade de vida para a população.
José Carlos Soares diz ter recebido o cargo de presidente com a missão precípua [“e disso jamais abri mão”] de fazer o legislativo funcionar em sintonia com as lideranças e a população, com a palavra de ordem sendo, portanto, melhorar o serviço que vinha sendo prestado aos vereadores, mas, sobretudo, a população. E conseguiu. Os resultados da quebra de paradigmas e a implementação de um novo jeito de gerir o parlamento municipal, é o significativo número de populares pelos corredores e, principalmente, na galeria da Câmara Municipal, durante as sessões, com o público participando atentamente dos trabalhos.
As audiências públicas e as tribunas populares ratificam o êxito das inovações colocadas em prática pelo vereador José Carlos Soares. Para ele, as sessões itinerantes também são relevantes. O parlamentar reputa a necessidade de maior aproximação entre a Casa e a população, já que os vereadores são o elo com as autoridades, os fiscais observadores do que a administração municipal executa. “Os vereadores trabalharam muito, mas conseguiram sucesso em muitas ações”, destaca.
Ao ser indagado sobre quais são os grandes desafios enfrentados na condição de presidente da Câmara Municipal de Imperatriz, o vereador José Carlos Soares reforça ser “construir, embora, eu seja um legislador, o nosso desejo é no sentido de construir”. Ou seja, durante os próximos dois anos, ele deseja construir, na Casa, mais dois gabinetes e uma Biblioteca Legislativa, a exemplo do que tem visto nas “grandes câmaras municipais do país”.
Mesmo os vereadores estando de recesso, a Câmara Municipal de Imperatriz continua trabalhando normalmente, com seus colaboradores estando à disposição da população de segunda a sexta-feira, durante o horário de expediente. “A Casa é do povo, portanto, estamos e sempre estaremos à disposição da nossa comunidade”, conclui o vereador José Carlos Soares, externando votos de boas-vindas aos visitantes durante a 47ª Exposição Agropecuária de Imperatriz (Expoimp), que começou ontem, e o período de férias.

CONHECENDO O VEREADOR
O vereador José Carlos Soares Barros é casado com Maria do Socorro Santos Barros. Pai de seis filhos: João Paulo, Paulo Henrique, Mariana, Letícia, Pedro e Ana Clara. Há vários anos atuando como açougueiro, é comerciante do setor, em que conta com auxílio familiar na administração dos negócios, o que lhe permite maior tempo para ficar à disposição da comunidade, ouvindo e viabilizando as ações que lhes são reivindicadas diariamente, tanto na Câmara quanto nas ruas de Imperatriz.
Zé Carlos despertou cedo o interesse pela vida pública. Já aos 14 anos, participava de programas sociais e disputava e vencia cargos de dirigente de entidades civis, como grêmios estudantis e grupos de jovens. Exerceu, entre outros, os cargos de presidente da Associação dos Farmacistas (época que possuía uma farmácia) e dos Marchantes de Imperatriz. Zé Carlos, como é mais conhecido, foi eleito com 1.425 votos pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

Nenhum comentário:

Postar um comentário