sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Sebrae se reúne com Senai e Sindicato da Indústria de Panificação de Imperatriz e firmam parcerias

A Regional do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Maranhão (Sebrae) em Imperatriz, reuniu  em sua sede, representantes do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria  de Imperatriz (Simpancimp), com o objetivo de firmar parcerias que visam capacitar os profissionais do setor de panificação na cidade, através de cursos profissionalizantes que atendam a demanda local.
Estiveram presentes na reunião, o gerente do Sebrae, Danilo Borges, a gestora de projetos do Sebrae, Márcia Martins, o gerente do Senai, Juarez Sanches, o consultor de mercado do Senai, Adriano de Almeida e o presidente do Simpancimp, Joannas Alves da Silva.
Para o gerente da unidade do Sebrae, Danilo Borges, a reunião foi importante por permitir a discussão de ações que contribuam para formação dos profissionais atuantes no ramo e os demais interessados pela panificação. “É uma parceria que busca trazer cursos de aperfeiçoamento, desde o atendimento, manutenção dos produtos, ao visual da panificadora, para que possam vender mais e de maneira sustentável”, enfatizou.
Na ocasião, o gerente do Senai, Juarez Sanches, falou que serão oferecidos no mês de setembro dois cursos básicos de panificação e confeitaria, por meio da unidade móvel de panificação do Senai. “ A ideia é firmar convênio com o Sebrae, para assim poder incluir na programação do Senai treinamentos mais avançados e tecnológicos”, disse Juarez Sanches.
Para o Presidente do Sindicato dos Panificadores, Joannas Alves da Silva, a reunião foi bastante proveitosa, uma vez que foram discutidos assuntos que irão ajudar no crescimento das micro e pequenas empresas de panificação da região. Joannas também mencionou a importância do projeto do Sebrae, “Compre do Pequeno Negócio”, por se tratar de uma boa oportunidade para incentivar o desenvolvimento local, auxiliando com as ferramentas necessárias, as empresas do ramo em toda a região.
“Tivemos a oportunidade de apresentar as necessidades que a categoria sofre e buscando as parcerias com o Sebrae e Senai, poderemos qualificar mais ainda o setor, tanto de quem está iniciando, quanto aos que já trabalham a mais tempo na área. O Sebrae dispõe de um aparato tecnológico avançado, inclusive no ramo da panificação, para desenvolver com sucesso essa qualificação”, explicou.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário