sábado, 3 de outubro de 2015

Dino implantou a política do terror, afirma Hildo Rocha


Em pronunciamento na tribuna da Câmara, nesta quinta (01) o deputado Hildo Rocha disse que o governador Flávio Dino implantou no Maranhão a política do medo e do terror para pressionar lideranças políticas ligadas à governadora Roseana Sarney. Rocha pôs em dúvida a impessoalidade do juiz que decretou a prisão do empresário e ex-chefe da Casa Civil João Abreu.

“O juiz Osmar Gomes é pai de Bianca Rodrigues dos Santos, assessora do governador Flávio Dino”, destacou o parlamentar. O deputado ressaltou que casos semelhantes ao citado culminaram em punição por parte do CNJ – Conselho Nacional de Justiça.

“O governador se elegeu prometendo mudanças para melhor. Mas, desde que assumiu tem se preocupado apenas em perseguir amigos e correligionários da líder política Roseana Sarney”, declarou.

O parlamentar comparou Dino a Diocleciano, imperador romano que ficou conhecido pelo uso da truculência e da perseguição aos cristãos. “Flávio Dino usa os mesmos métodos do Diocleciano. Para mostrar que tem o poder mandou prender uma das maiores lideranças empresariais do Maranhão. Então nós podemos chama-lo de Flávio Diocleciano, o perseguidor”, alegou.

https://www.youtube.com/watch?v=ei5fas9aXBs

Nenhum comentário:

Postar um comentário