quarta-feira, 4 de maio de 2016

Notas da Fiema

Indústria

Aumentar a produtividade, reduzir as despesas de produção em pouco tempo e promover a competitividade industrial é um dos desafios da indústria brasileira. E foi com este objetivo que o programa Brasil Mais Produtivo foi criado. Desenvolvido pela 
Confederação Nacional da Indústria (CNI), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), o programa tem por objetivo melhorar em 20% os processos produtivos das empresas.


MAIS

O programa visa atender 3 mil empresas industriais de pequeno e médio porte em todo o Brasil . Em Imperatriz, a demanda será concentrada no setor moveleiro. Em visita realizada pelo SENAI, o presidente do Sindicato das Indústrias de Móveis de Imperatriz e Região (Sindimir), Carlos Geisel conheceu o programa e comprometeu-se em apresentá-lo aos membros do sindicato que deverão aderir ao projeto. “É uma iniciativa muito boa e necessária, e nós que fazemos parte do sindicato abraçamos essas ações que trazem diferencial para a indústria moveleira”, afirma. 


Produtiva

Durante o projeto, os consultores analisam o processo produtivo de cada empresa e buscam soluções inteligentes para diminuir o desperdício de tempo e materiais, e, consequentemente, a redução dos custos de produção. Além disso, avaliam excesso de estoque, disposição inadequada dos espaços de trabalho, falta de organização de peças e insumos, como ferramentas, e ausência de padronização de cada etapa de montagem. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário