quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Cai o número de acidentes com quebra de poste no Maranhão


Em caso de ocorrências dessa natureza, a Companhia orienta a população que ligue para o número 116 

Abalroamento consiste em uma quebra de poste ocasionada por acidentes de trânsito. Algo que com o tempo se tornou comum e que gera muitos transtornos a muita gente. Primeiro, para quem está dentro do veículo e seus familiares e, também a população que fica sem energia elétrica, tanto na área ao acidente como em locais próximos que utilizam da mesma rede de energia elétrica instalada no poste.

Segundo as autoridades de trânsito, esse tipo de acidente normalmente acontece pelos seguintes fatores: excesso de velocidade, estado de embriaguez, sonolência do condutor ou falha mecânica. É muito importante que os condutores de veículos redobrem a atenção, principalmente no caso da pista estiver molhada.
A Cemar tem intensificado ações educativas em diversas instituições e comunidades, sobre os acidentes em vias públicas com quebra de postes. Nesse ano de 2016, o ano de maior investimento da Cemar, a empresa vem fazendo várias intervenções nas vias públicas da cidade, como implantação e troca de postes para melhor qualidade de vida aos cidadãos do Estado.
Nos pontos com os maiores registros de ocorrências, a Cemar instalou defensas (elementos de concreto na frente dos postes - atualmente essas defensas são feitas com manilhas recheadas de areia, cujo objetivo é amortecer o impacto da colisão dos veículos em acidentes). 

Os números de acidentes com essas características na cidade são preocupantes, mas tiveram uma baixa considerável este ano.
Em setembro de 2015 foram contabilizados pela Cemar 353 acidentes em vias públicas com quebra de postes em todo o Estado, uma média de 11 postes por dia.

Do primeiro dia ao dia 19 de setembro do ano 2015 foram registrados 36 acidentes com quebra de poste, já neste ano foram registrados apenas 18 abalroamentos. Como ilustra o gráfico houve uma baixa de acidentes com quebra de poste em relação a Agosto de 2016 e setembro de 2015/2016.  

Normas – Os postes instalados pela Companhia obedecem às normas técnicas de segurança definidas pelo setor elétrico brasileiro. A altura dos fios, por exemplo, seguem as regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que normatiza que os cabos da rede elétrica devem ter a partir de 5,5 metros do chão até o topo do poste, aumentando de acordo com o nível de tensão fornecido na área. Em rodovias, a altura média estabelecida é de 7 metros.
Apesar de altos, os postes ainda são enterrados até 1,70 metros abaixo do chão, ou seja, mais de 15% do seu comprimento está dentro do solo.

O que fazer quando acontece um acidente com quebra de poste?
A Cemar orienta as pessoas a não se aproximarem de fios e cabos partidos ou caídos e a não tocar em pessoas ou objetos que estejam em contato com a rede elétrica. Em caso de ocorrências dessa natureza, a Companhia orienta a população que ligue para o número 116 e informe o local com ponto de referência. A Cemar dispõe de equipes de plantão, que trabalham 24 horas, para atender situações como esta.

Assessoria de Imprensa da Cemar

Nenhum comentário:

Postar um comentário