quinta-feira, 27 de outubro de 2016

SUZANO PAPEL E CELULOSE ANUNCIA AQUISIÇÃO DE 75 MIL HECTARES NO MARANHÃO E EM TOCANTINS



Transação avaliada em US$ 245 milhões reduz raio médio e custo florestal e permitirá à companhia fazer frente à expansão prevista da Unidade Imperatriz (MA)
  
São Paulo, 26 de outubro de 2016 – A Suzano Papel e Celulose anuncia hoje a aquisição de 75 mil hectares de terras nos Estados do Maranhão e de Tocantins. A área possui aproximadamente 40 mil hectares agricultáveis, além de florestas plantadas. Com a aquisição, a Suzano Papel e Celulose garante que o abastecimento da Unidade Imperatriz (MA) seja feito integralmente a partir de madeira própria (85%) e parceiros em fomento (15%), a partir do próximo ciclo.

A transação, avaliada em US$ 245 milhões, tem como objetivos aumentar o abastecimento de madeira da fábrica de Imperatriz para fazer frente à expansão da produção de celulose no local, reduzir o raio médio das florestas que abastecem a unidade e assegurar maior competitividade no custo de madeira local. Anunciada no ano passado, a expansão da Unidade Imperatriz, desta forma, será sustentada em um melhor mix de abastecimento florestal, com redução de custos de fornecimento e capex florestal.
                                                                                             
A aquisição de terras mais próximas da unidade também possibilita a futura desmobilização de áreas mais distantes. A transação ainda está sujeita a condições contratuais e legais, entre elas a aprovação pelas autoridades brasileiras de defesa da concorrência.

Em adição à operação de compra de terras e florestas plantadas, a Suzano Papel e Celulose também anuncia hoje a aquisição da totalidade das ações de emissão da Mucuri Energética S.A., proprietária de uma pequena central hidrelétrica localizada em Minas Gerais. Esta operação foi avaliada em US$ 14 milhões e está sujeita a certas condições contratuais e legais, incluindo a aprovação por parte das autoridades brasileiras de defesa da concorrência e a anuência da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Sobre a Suzano Papel e Celulose
A Suzano Papel e Celulose é uma empresa de base florestal e uma das maiores produtoras verticalmente integradas da América Latina. Subsidiária da Suzano Holding e parte do Grupo Suzano, a empresa investe há 92 anos na indústria de papel e celulose e possui operações globais em aproximadamente 60 países. Atualmente, são cinco unidades industriais: Suzano, Rio Verde e Limeira, no estado de São Paulo, Mucuri, na Bahia, e Imperatriz, no Maranhão. Sua capacidade anual de produção é de 4,7 milhões de toneladas de papel e celulose. A empresa opera ainda na área de biotecnologia, por meio da FuturaGene, primeira empresa do mundo a obter aprovação para o uso comercial de eucalipto geneticamente modificado; celulose fluff, usada na produção de fraldas e absorventes higiênicos; lignina, um subproduto do processo de fabricação da celulose, e potencial substituto de derivados de petróleo em aplicações de alto valor; e tissue, como um parceiro industrial para a indústria de papel higiênico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário