Conheça a Câmara Municipal de Imperatriz

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Adriano critica demora da PGR na decisão sobre Roseana


O deputado estadual Adriano Sarney (PV) destacou, na tribuna da Assembleia, nesta segunda-feira (28), o desfecho do inquérito que envolveu injustamente a ex-governadora Roseana Sarney na Operação Lava-Jato. “A justiça prevaleceu”, declarou.

Segundo explicou o parlamentar, a Procuradoria Geral da República (PGR) sustentou, utilizando-se de novas diligências, por cerca de dois anos (de 2014 a 2016), coincidentemente por dois períodos eleitorais, um inquérito que a Polícia Federal (PF) havia, por duas vezes, aconselhado o arquivamento e, portanto, inocentando Roseana.

"Eu não posso crer que haja ingerência política, de parente do governador Flávio Dino, que hoje exerce a sub-procuradoria na PGR. Acredito na instituição, mas tenho que admitir que achei uma decisão tardia e coincidentemente tomada após dois períodos eleitorais”, declarou o deputado.

Adriano elogiou o trabalho feito pela Polícia Federal, que cultiva como procedimento ético a investigação minuciosa dos fatos, dos crimes, antes de levar à Justiça as pessoas investigadas, uma postura que se contrapõe à atitude da PGR, que expôs nomes de personalidades públicas ao julgamento popular e midiático baseando-se apenas em delações de criminosos.

“Fato é que a Polícia Federal não concorda com o método da PGR, segundo relatou o jornal Folha de São Paulo. A PF investiga crimes, não pessoas", concluiu o deputado.

Falta de apoio do governo Dino à cultura maranhense repercute na Câmara Federal


O deputado federal Hildo Rocha disse que a ausência de representantes do governo estadual na Sessão Solene em Homenagem ao Bumba-boi é mais uma evidência do desprezo do governador Flávio Dino pela Cultura maranhense. “O governo do Maranhão não valoriza o Bumba-boi. Isso explica a ausência de representantes do executivo estadual nesta solenidade”, destacou Rocha, autor do requerimento para a realização da homenagem à principal manifestação da cultura maranhense.

Patrimônio Cultural do Brasil
O deputado enfatizou que em agosto de 2011 o Conselho Consultivo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) aprovou o Complexo Cultural do Bumba-meu-boi do Maranhão como Patrimônio Cultural do Brasil. Rocha lembrou que a aprovação contou com o empenho da então governadora Roseana Sarney que sempre prestigiou ajudou e apoiou essa manifestação cultural de grande relevância para o povo brasileiro.

“Ao fim de todo o processo que culminou no reconhecimento do Bumba-meu-boi do Maranhão, como Patrimônio Cultural do Brasil, nós fizemos uma grande festa para comemorar a conquista”, destacou.


Saudação
O parlamentar fez uma saudação aos grupos de Bumba-boi Brasil e em especial aos maranhenses. “Saúdo, portanto, todos os brincantes, músicos, cantadores, ao público que participa das festividades e os demais colaboradores que concorrem de alguma forma para preservar, divulgar e fortalecer essa extraordinária tradição do folclore brasileiro”, frisou o deputado.

Rocha conclamou os coligas parlamentares a lutarem pela difusão da cultura popular. “Conclamo cada um dos representantes do povo com assento nesta Casa para que, juntos, possamos contribuir com essa causa”, declarou.

O deputado reafirmou o compromisso de continuar apoiando iniciativas e políticas destinadas a prestigiar, incentivar e promover a cultura maranhense. “O Bumba Meu Boi deve ser conhecido em todo o País como um fator importante de identidade nacional, como referência permanente da cultura e do povo brasileiro”, destacou Hildo Rocha.

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Projeto musical que exalta a Música Popular Brasileira será apresentado em Imperatriz



Grupo de cantores maranhenses pretendem demonstrar que a música brasileira ainda pode emocionar o público

O Projeto “Ouro de Mina” nasceu da idéia comum de três artistas maranhenses: (Sergio Murilo Rêgo), (Erasmo Dibell) e (Papete In Memória), com o objetivo de realizar um show musical inusitado, com repertório marcante, performances diferenciadas e intervenções literárias. 

O grupo chega à Imperatriz para exaltar a Música Popular Brasileira em apresentação que acontece na 14° edição do Salão do Livro de Imperatriz (Salimp), no próximo dia 4 dezembro.

A proposta musical já foi apresentada no ano de 2013 dentro de um programa/edital da Caixa Econômica Federal para ocupação de seus espaços culturais, com absoluto sucesso e demonstrações de alegria, surpresa positiva e espanto por parte do público presente. Em Imperatriz, o projeto recebe apoio da Companhia Energética do Maranhão para repetir a apresentação singular e inusitada na cidade.

Por se tratar de um Projeto musical que pretende demonstrar a música brasileira ainda capaz de emocionar plateias e perpetuar sua qualidade através de uma forma de apresentação única e diferenciada, os artistas desejam levar as pessoas a acreditarem nos sonhos, magia, poesia e paixões que sempre permearam a riqueza musical das canções nacionais.

A 14° edição do Salão do Livro de Imperatriz segue até o dia 4 de dezembro no Centro de Convenções, destacando a importância da água.

Serviço

Local: Centro de Convenções
Data: 4 de dezembro
Artistas participantes:
- MURILO RÊGO (Teclados e vocal)
- ERASMO DIBEL (Violão e voz)
Músicos convidados:
- RUI MARIO (Acordeon e Teclados)
- CARLOS PIAL (Percussão)
- MARQUINHOS CARCARÁ (Percussão)

Presidente do PROCON/MA, Duarte Júnior, com o juiz da Vara de Interesses Difusos e Coletivos em São Luís, Douglas Martins


 A Justiça deferiu, nesta terça-feira (29), liminar em ação civil pública por meio da qual o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (PROCON/MA) requer a suspensão do fechamento de 13 agências bancárias no Maranhão. A ACP foi protocolada na Vara de Interesses Difusos e Coletivos em São Luís após decisão do Banco do Brasil de que 402 agências e 31 superintendências teriam suas atividades encerradas, além de 379 agências serem transformadas em postos de atendimento em todo o país.
Na liminar, o magistrado titular da Vara, Douglas Martins, determina o pleno funcionamento de todas as atuais agências no Estado do Maranhão, abstendo-se, ainda, de reduzi-las a postos de atendimento. Os bancos deverão apresentar relatório evidenciando a motivação, os impactos econômicos e a adequação das mudanças ao plano de negócios e à estratégia operacional da instituição, conforme art. 16, Resolução nº 4.072, do Banco Central. 
Também deverão apontar quais os serviços deixariam de ser prestados nos postos de atendimento e quais continuarão sendo oferecidos, além de informar quais providências estão sendo ou foram tomadas para não gerar impacto negativo aos consumidores e apresentar o quantitativo de funcionários, atendimentos realizados em 2016 e clientes das agências que serão reestruturadas no Estado do Maranhão. Uma audiência de conciliação também foi marcada para o dia 24 de janeiro, às 10h, quando deverá ser tentado um acordo, conforme dispõe o Código de Processo Civil.
O Banco ainda pode ser condenado a pagar a quantia de R$ 40.000.000 (quarenta milhões de reais) em danos morais coletivos. Diante desse anúncio de suspensões do serviço, o PROCON reconhece diversas afrontas aos direitos dos consumidores maranhenses. O principal deles diz respeito à alteração unilateral do contrato, ou seja, o descumprimento do serviço essencial por parte da instituição bancária, sem qualquer consulta aos correntistas das agências. Dessa maneira, o fornecedor descumpre o artigo 51 do Código de Defesa do Consumidor, prejudicando os usuários do serviço.
Outro fator que levou ao ingresso da ACP é o descaso constante da instituição com os consumidores demonstrado nos relatórios das fiscalizações realizadas pelo PROCON. Somente de abril a junho de 2016, o referido banco lucrou exatamente R$ 2,46 bilhões, comprovando que a atual crise por qual passa o país não atingiu as instituições financeiras. O lucro dos bancos, inclusive, supera o lucro de todos os outros setores da economia brasileira juntos.
Contudo, mesmo com sucessivos lucros bilionários a cada trimestre, o serviço bancário não apresenta melhorias efetivas. Diariamente, os consumidores sofrem em filas quilométricas, até mesmo fora das agências, comprovando necessidade de expansão das unidades de atendimento e a contratação de mais bancários.
Atos contraditórios
Segundo o presidente do Procon/MA e diretor dos Procons Nordeste, Duarte Júnior, o Banco do Brasil age de forma paradoxal aos grandes lucros. “Confiamos na justiça e não aceitaremos retrocesso. Chama-se atenção para o fato de que mesmo com lucros bilionários, o Banco do Brasil prefere fechar agências do que investir na melhoria e humanização do atendimento. Temos pleno conhecimento que o princípio da livre iniciativa é essencial para a ordem econômica, assim como os direitos básicos do consumidor, ambos com previsão expressa no art. 170 da Constituição Federal/1988. Logo, vamos continuar atuando de forma técnica e não admitiremos sobreposição e retrocessos aos direitos e garantias sociais previstos constitucionalmente”, afirma.
O Procon/MA reforça o fato de ter intensificado as fiscalizações no ano de 2016, realizando, semanalmente, vistorias nos bancos em todo o Maranhão. Por conta de infrações como demora no atendimento, falta de dinheiro em caixas eletrônicos, entre outras, o Procon multou somente as agências bancárias que serão fechadas, em um total de R$ 472 mil, nos anos de 2015 e 2016. Dentro deste valor, R$ 62 mil foram aplicados a agência de Imperatriz, R$ 10 mil à agência de Açailândia, R$ 390 mil à agência São Luís na Deodoro, mais de R$ 2 mil à agência do Anjo da Guarda e R$ 5 mil à agência do Anil.
Diante do relatório de fiscalização apresentado pelo órgão, é contraditório acreditar que o consumidor maranhense não será afetado com o fechamento de agências, que são inclusive utilizadas para recebimento de benefícios sociais. Como justificativa dessa ação, o Banco do Brasil, informa que a instituição tem objetivo de economizar e investir em atendimentos virtuais, abrindo 255 agências digitais em 2017.
Entretanto, considerando a realidade maranhense, o investimento apenas em canais digitais, como sugere o banco, não é suficiente para a garantia do atendimento bancário, que deveria ser utilizado como alternativa e não ferramenta principal. Segundo dados fornecidos pela Agência Nacional de Telecomunicações – Anatel, o Maranhão é o estado da federação com o menor acesso à internet, apenas 9,8% dos domicílios têm acesso ao serviço.
O presidente destaca, ainda, que o fechamento das agências bancárias acarreta mais custos aos consumidores, que terão de arcar com grandes deslocamentos para utilizar o serviço, assim como a economia local será afetada, principalmente nos municípios do interior do estado, onde não existe grande quantidade de agências à disposição e o dinheiro em espécie ainda é mais utilizado que cartões de débito ou crédito.
Tais argumentações, aliada ao fato de semanalmente serem aplicadas dezenas de sanções em bancos pelo Procon Maranhão, leva a conclusão de que fechar agências e diminuir o corpo de funcionários não é a solução para o problema no estado.

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Hildo Rocha cobra eficácia de programas sociais e reivindica ampliação de benefícios para a população



De acordo com levantamento realizado pelo deputado federal Hildo Rocha (PMDB/MA) os principais programas sociais financiados pelo governo federal, operacionalizados em parceria com o governo do Maranhão, apresentam desempenho abaixo da expectativa. O tema foi debatido durante audiência do Parlamentar com o Ministro do Desenvolvimento do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra. “Por falta de interesse do governo Flávio Dino, milhares de pessoas que poderiam estar sendo beneficiadas pelos programas do Leite e o Água Para Todos deixam de atender milhares de pessoas que poderiam estar sendo beneficiadas por essas ações”, destacou.

Programa Primeira Infância
Rocha pediu a inclusão de municípios maranhenses no programa do governo federal destinado à primeira infância. “Apesar das dificuldades, muitos prefeitos maranhenses tem realizado bom trabalho no campo da assistência social. A implantação do Programa Primeira Infância, nos municípios onde os prefeitos tem alcançado bom desempenho, na operacionalização dos programas sociais, é uma garantia de que os objetivos serão alcançados”, destacou o parlamentar.


O Programa Primeira Infância prevê que gestantes e crianças até 3 anos sejam acompanhadas por visitadores capacitados, periodicamente. O objetivo das visitas é identificar, avaliar e resolver questões relacionadas à depressão materna, violência doméstica, e higiene, entre outros fatores.

Centros de Convivência para Idosos
Rocha reivindicou ainda a implantação de Centros de Convivência de Idosos. O parlamentar ressaltou que os recursos estão assegurados por meio de emenda parlamentar de sua autoria. “Incluí, no orçamento da União, emenda específica para essa finalidade e apresentei ao ministro pedido para que os municípios maranhenses sejam incluídos entre os beneficiários desse programa”, destacou.

Bolsa família
O deputado alertou para a existência de problemas na operacionalização do Programa Bolsa Família. “Existem muitos problemas. Solicitei ao ministro que tome providências, pois a população não pode ser penalizada por pessoas inescrupulosas que fazem mau uso dessas importantes iniciativas. Temos que corrigir as distorções e zelar pela legalidade e pela eficácia dessa importante iniciativa do governo federal que busca atender essencialmente famílias de baixa renda”, declarou Rocha.

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

SEMA realiza Mutirão Ecológico na Praia do Araçagy


A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA) realizará, dia 26 de novembro, um Mutirão Ecológico, na Praia do Araçagy, de 9h às 12h. A ação faz parte do projeto ‘Atitude Consciente nas Praias’, que teve início no mês de outubro e contempla várias atividades. 

No Araçagy equipes da SEMA e voluntários farão a coleta do lixo depositado na região.

De acordo com o Secretário de Estado de Meio Ambiente, Marcelo Coelho, a iniciativa visa despertar a consciência da população em geral para a necessidade e importância de manter as praias limpas. “A SEMA considera de suma importância a promoção de atividades educativas que propiciem a reflexão sobre as questões ambientais”, destacou ela.

Ações anteriores – No mês de outubro a SEMA focou a balneabilidade das praias. Na ocasião, a equipe do Laboratório de Análises Ambientais (LAAS), responsável pelo laudo, fizeram simulações de como é feita a avaliação para a qualidade da água nas praias, a contagem do número de bactérias fecais e quais os fatores que influenciam na balneabilidade.

Recentemente, de 14 a 19 de novembro, foi a vez de capacitar os proprietários e funcionários dos estabelecimentos comercias e ambulantes. Durante a atividade, foram repassados os presentes assuntos da área da educação ambiental, os danos dos resíduos no mar, coleta seletiva, fiscalização e monitoramento. Além disso, a equipe do LAAS, também, fez simulações de como é feita a avaliação para a qualidade da água nas praias. Todos tiveram a oportunidade de tirar dúvidas.

Roseana X Luis Fernando: uma disputa de peso…


 MARCO AURÉLIO D'EÇA

Com a possibilidade de o governador Flávio Dino ser proibido de concorrer à reeleição, e com a ex-governadora totalmente livre das ameaças da Operação lava jato, torna-se cada vez mais real a tendência de se ter, em 2018, criadora e criatura em um embate eleitoral


Roseana deu notoriedade estadual  Luis Fernando, que pode ser uma das opções de 2018 do grupo adversário
Roseana deu notoriedade estadual Luis Fernando, que pode ser uma das opções de 2018 do grupo adversário
Já se sabe que o Senado Federal pode por fim ao princípio da reeleição já a partir de 2018, o que tirar o  governador Flávio Dino (PCdoB) do páreo da própria sucessão daqui a dois anos.
Já se sabe também que a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) ganha cada vez mais musculatura para a disputa de 18, agora ainda mais forte, com o arquivamento das acusações que lhe pesavam os ombros na operação lava Jato.
O que nãos e sabe, ainda, é que, dentre os nomes de Flávio Dino para uma eventual proibição de sua própria candidatura é o prefeito eleito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva (PSDB).
É claro que Dino tem outras opções para a disputa, mas nenhuma tão segura e tão confiável quanto a opção Luis Fernando.
E essa possibilidade abre a expectativa de uma disputa entre “criadora e criatura” nas eleições estaduais, numa emocionante e imprevisível peleja.
Este cenário depdente, obviamente, do que decidirá o Senado.
Mas não deixa de ser um cenário estimulante do ponto de vista histórico

Lava Jato: Janot pede arquivamento de inquérito contra Roseana Sarney


roseana
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ontem (23) que o Supremo Tribunal Federal (STF) arquive o inquérito aberto pela Polícia Federal para investigar suposta participação da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) no esquema da Lava Jato.
A decisão sobre o arquivamento ficará a cargo do ministro Teori Zavascki, relator do caso.
A peemdebista foi investigada por dois anos depois de o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa – primeiro delator do esquema – afirmar que “reuniu-se pessoalmente com Roseana em 2010 para tratar de propina”.
Após dois anos de investigações, a PF e a PGR pediram o arquivamento.
“Nada foi provado, porque era uma mentira deslavada”, destacou há pouco o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay.

Acabou Lava Jato para Roseana diz advogado


kakay-5
O advogado Antonio Carlos Almeida Castro, o Kakay, que defende a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), diz não ter dúvidas de que o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), vai arquivar o inquérito aberto pela Polícia Federal para investigar suposta participação da peemedebista no esquema da Lava Jato.
O pedido de arquivamento foi feito ontem (23) pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
“Acabou a Lava Jato para Roseana”, declarou ele, em conversa com o titular doBlog do Gilberto Léda na tarde de hoje (24).
“Foi um período de 2 anos de investigações e com várias diligências expondo Roseana a um constrangimento desnecessário. Nada foi provado porque era uma mentira deslavada do delator [Paulo Roberto Costa]. Esse arquivamento, embora tardio, resgata, nesse ponto de vista, a verdade. Para Roseana, que ficou sendo investigada desnecessariamente, é uma vitória. Este era o único inquérito em que Roseana era investigada. Embora a demora nas investigações tenha causado um enorme prejuízo pessoal e político, para Roseana a Lava-Jato é uma página do passado”, destacou o advogado, em nota emitida mais tarde.
Durante as investigações, Roseana Sarney, assim que foi citada, estava com a família fora do Brasil e retornou para colaborar com a polícia federal e com o Ministério Público Federal. Roseana ofereceu a quebra dos sigilos bancário e telefônico, sempre se colocando à disposição da Justiça. A Polícia Federal já havia  pedido, por duas vezes,  o arquivamento do processo considerando que não havia mais o que ser investigado. Agora, o inquérito segue para o despacho do ministro Teori Zavascki.

Pedido de Janot tambem beneficia Lobão


(Foto: Dida Sampaio/Estadão)
(Foto: Dida Sampaio/Estadão)
O senador e ex-ministro das Minas e Energia Edson Lobão também se beneficia do pedido feito ao STF pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de arquivamento de inquérito contra a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) –reveja.
A peemdebista começou a ser investigada depois de o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa – primeiro delator do esquema –, afirmar que pagou R$ 2 milhões em propina para a campanha de 2010 no Maranhão.
O dinheiro teria sido pedido por Lobão, à época ministro, por isso ele também figurava no inquérito.
Ao requerer o arquivamento, Janot apontou que não foram encontradas provas que corroborassem a delação de Costa.

Investigação não comprovou delações, diz Janot sobre Roseana e Lobão


janot
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, foi taxativo ao requerer ao ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), o arquivamento do inquérito aberto para apurar suposta participação da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) e do senador Edison Lobão (PMDB) no escândalo de desvio de recursos da Petrobras, investigado pela Polícia Federal na Operação Lava Jato.
Segundo ele, ao longo dos dois anos de investigações não se vislumbrou “substrato probatório” suficiente a apontar qualquer crime cometido por parte da peemedebista, “a despeito do esforço investigativo empreendido”.
Os dois peemedebistas estavam sendo investigados depois de o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa – primeiro delator do esquema – afirmar que pagou R$ 2 milhões em propina para a campanha de 2010 no Maranhão.
O dinheiro teria sido pedido por Lobão, à época ministro.
Durante o trabalho da Polícia Federal foram levantados até registros de hospedagem do doleiro Alberto Yousseff no Hotel Blue Tree da Avenida Brigadeiro Faria Lima, em São Paulo, no ano de 2010.
Segundo declaração do delator, teria ocorrido nesse estabelecimento o pagamento da propina, a um destinatário de quem ele disse não se recordar.
Como nada foi encontrado que pudesse comprovar o que denunciaram os delatores – apesar do “amplo espectro de diligências já realizadas”- , Janot manifestou-se pelo arquivamento do inquérito, alegando que as meras declarações, sem comprovação fática, não servem para a propositura de ação penal ou para a continuidade das investigações.
“A aludida afirmação [de entrega de R$ 2 milhões em propina], por si só, não se mostra suficiente para comprovar a prática de delitos criminais por parte das pessoas referenciadas pelo colaborador, havendo necessidade de elementos de corroboração […]. Sucede que năo foram colhidos elementos probatórios ao longo da instrução procedimental aptos a corroborar as declarações do colaborador Paulo Roberto Costa”, destacou o procurador, antes de requerer o arquivamento.

Exposição de desenhos realistas é realizada em Imperatriz


As obras do desenhista Vagner Santana serão expostas no mall do Imperial Shopping

Com desenhos que chamam a atenção de quem os observa pela semelhança com o real, o desenhista Vagner Santana realiza uma exposição nesta quinta-feira (24) e sexta-feira (25), das 10h às 22h no mall do Imperial Shopping. Os desenhos serão especificamente de celebridades e prometem encantar o público que passar pelo local.

Desenhista desde a infância, o artista tornou-se conhecido nacionalmente por fazer desenhos de famosos e já recebeu pedidos sob encomenda de jogadores de futebol, como Neymar, Ronaldinho Gaúcho e o lutador de UFC, José Aldo. “Faço vários trabalhos para artistas e jogadores famosos. Sou conhecido no meio dos artistas como o 'Desenhista das Celebridades'”, afirma Vagner Santana.

Além dos 30 quadros de celebridades que estarão expostos, o desenhista vai criar caricaturas sob encomenda para os interessados no local e o público poderá acompanhar todo o processo de produção.

Em Paris, Hildo Rocha segue colhendo dados para embasar PEC da unificação das polícias



Depois de conhecerem o modelo de segurança pública italiano, os deputados federais Hildo Rocha (PMDB/MA) e Vinicius Carvalho (PRB/SP) agora se encontram em Paris onde buscam dados para embasar o relatório que servirá de ponto de partida para a elaboração de uma PEC sobre a reestruturação do sistema de segurança brasileiro. “Temos certeza que esses dois países (Itália e França) tem muito a oferecer ao Brasil em termos de experiências bem-sucedidas no setor da segurança pública”, destacou Rocha.

O parlamentar informou que o relatório será apresentado à Comissão de Unificação das Polícias Civis e Militares na Câmara dos Deputados ainda este ano.

Agenda de trabalho
O primeiro compromisso da comitiva brasileira em Paris aconteceu segunda-feira (21/11) na Corregedoria da Polícia Nacional Francesa, onde os parlamentares brasileiros participaram de reuniões e foram homenageados pelo Departamento da Organização dos Métodos. Rocha e Carvalho receberam a medalha da Direção dos Recursos da Competência. O encontro também foi acompanhado pela formadora administrativa do Centro Nacional de Formação e do Desenvolvimento das Competências, Emmanuelle Boiffard-Brihi.

Após a primeira reunião, os parlamentares seguiram para a Inspetoria Geral da Polícia Nacional (IGPN) onde se encontraram com o comandante de polícia, Jean-Pierre Barbier, com a diretora e inspetora geral da IGPN, Marie-France, e a encarregada geográfica das Américas, Luísa Le Duff, para tratar sobre o modelo policial adotado pelo país.

O especialista em segurança pública, Eduardo Granzotto, também integra a comitiva brasileira na missão internacional.

Deputado Léo Cunha indica investimentos para municípios da região Tocantina




O deputado estadual Léo Cunha (PSC) protocolou junto a mesa diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão, projeto de indicação onde solicita para os municípios de Davinópolis, João Lisboa, Senador La Roque, Buritirana e Amarante do Maranhão, a aquisição de motoniveladoras, implantação de sistema de abastecimento de água, melhoria das rodovias e aquisição de viaturas, por meio do programa “Maranhão Mais Justo e Mais Competitivo” do Governo Estadual.
A indicação de número 710/16 foi publicada nesta quinta-feira (24) no Diário da Assembleia. De acordo com o deputado, o investimento beneficiará os setores agrícolas, infraestrutura, saneamento básico e segurança. “Estes municípios necessitam com urgência desses serviços que todo governo tem o dever de fornecer aos cidadãos. Por meio do programa, encaminhei indicações para que várias outras cidades também recebam melhorias e tenham direito ao desenvolvimento”, explicou.
O parlamentar ressalta que a falta de uma rede de abastecimento de água é um problema recorrente em todos os municípios indicados por ele para receberem o benefício do Governo Estadual, especialmente nas zonas rurais, onde as famílias precisam se deslocar a lugares distantes para ter acesso à água potável.  
“Fiz um levantamento sobre os locais com mais precisão e em minhas andanças sei exatamente dos problemas enfrentados pela população para conseguir água de qualidade. Tanto esse quanto os demais outros serviços são de urgência e espero que o governador seja sensível ao nosso pedido, lutarei para levar melhorias a estes municípios”, enfatizou.


terça-feira, 22 de novembro de 2016

Crescimento de Roseana em pesquisas para 2018, cria-se cenário para volta da ex-governadora



roseanaenDesde que a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB), reuniu na última sexta-feira (18), prefeitos eleitos pelo PMDB no Maranhão, um cenário de especulação e euforia foi criado. De acordo com informações repassadas por aliados da família Sarney, a empolgação se deve por conta das recentes pesquisas realizadas de consumo interno. Os números apontam a filha do ex-presidente da República com quase 20 pontos de vantagem em relação ao atual governador Flávio Dino (PCdoB), que possui um índice de rejeição altíssimo.
Diante desse cenário de euforia até um jingle foi espalhado insinuando a volta de Roseana Sarney para a disputa de 2018. O material publicitário que vem sendo distribuído nas redes sociais já inicia deixando uma mensagem clara: “A esperança tá voltando. Olha ela aí de novo. É a força da guerreira, sempre do lado do povo. Não importa o que eles digam, o Maranhão ninguém engana, sabe que o nosso futuro tá nas mãos de Roseana”.

A assessoria de Roseana foi procurada para comentar o assunto e informou que não há nenhuma novidade em relação ao material divulgado, trata-se de uma peça publicitária trabalhada em 2006.
O material divulgado neste momento é muito parecido com os jingle das campanha de 2006 e 2010, portanto pode ser apenas um material já produzido. Mas mesmo assim, deixa claro que alguns próximos de Roseana Sarney, já começam a preparar o terreno para um possível retorno. “Pode cantar, pode comemorar, ela tá voltando. Todo Maranhão em festa. Mais experiente, mais decidida… Fale o que quiser, mas essa mulher sabe governar…”
Na disputa para governador do Maranhão de 2010, o jingle ainda dizia: “Roseana voltou diferente do jeito que a gente gosta… Voltou com tudo, trabalhando duro, fazendo acontecer… Ela é competente, é experiente e merece ficar… Tá todo mundo vendo o que ela tá fazendo…”

O maranhense pode se preparar, 2018 já foi antecipado…

Hildo Rocha cobra rapidez na duplicação da BR-135



O deputado federal Hildo Rocha (PMDB/MA) voltou a cobrar agilidade na duplicação da BR-135. “A obra não avança no ritmo que a população deseja. Existem pontos de estrangulamento onde a obra está praticamente parada”, destacou o parlamentar.

A cobrança foi feita durante audiência de Hildo Rocha com o diretor de do Departamento Nacional de Infraestrutura do Transporte (Dnit), Luis Antônio Garcia. “Nós temos a obrigação de colocar essa obra no ritmo adequado porque o trecho em obras é a principal rota de escoamento da produção do Maranhão. Então, nós vamos apertar as construtoras para que a obra entre no ritmo adequado”, afirmou Garcia.

Trecho 2
Garcia destacou ainda o empenho do deputado Hildo Rocha para garantir os recursos necessários para o segundo trecho da duplicação. “A bancada maranhense, capitaneada pelo deputado Hildo Rocha, assegurou emenda impositiva para garantir a licitação dos demais trechos da duplicação. A licitação deverá ser feita até o final deste ano”, destacou.

Histórico
Desde o início do mandato, o deputado Hildo Rocha tem se dedicado à causa da duplicação da BR-135. Principais ações:

27/02/2015 – O deputado Hildo Rocha (PMDB) cobrou providências, em caráter de urgência, ao DENIT em relação às rodovias federais do Maranhão; e ressaltou a precariedade da fiscalização por parte da Polícia Rodoviária Federal.

04.03.2015Em audiência com Michel Temer (PMDB) (à época vice-presidente), o deputado federal Hildo Rocha solicitou providências para a conclusão de duplicação da BR-135, no trecho Estiva/Bacabeira, e o início da segunda e terceira etapas da obra, que compreende os trechos de Bacabeira/Entroncamento e Entroncamento/Miranda.

12/03/2015 – Hildo Rocha participou de reunião com o diretor de Infraestrutura Rodoviária do DNIT, Luis Guilherme Rodrigues. Na oportunidade Rocha pediu agilidade na duplicação da BR-135, no trecho Estiva/Bacabeira; solicitou informações acerca do processo licitatório para a continuidade da duplicação, nos trechos (Bacabeira/Entroncamento) e Entroncamento/Miranda do Norte e, requisitou melhorias na BR-226.

05/05/2015 – Em atendimento a requerimento do deputado Hildo, o Diretor de Infraestrutura Rodoviária do Denit, Luiz Guilherme Rodrigues de Mello, participou de Audiência Pública da Comissão de Desenvolvimento Urbano. Garcia apresentou um detalhado levantamento do andamento da obra, pendências e providências necessárias para o reinício do empreendimento.

14/10/2015 – A participação de Hildo Rocha foi fundamental para assegurar emenda de bancada para a duplicação do trecho entre Bacabeira e Miranda do Norte. Em reunião com os deputados federais do Maranhão, o governador Flávio Dino sugeriu que a emenda fosse destinada para outros setores. Rocha foi o primeiro a contestar e argumentar a favor da continuidade da duplicação. Os argumentos de Hildo Rocha convenceram até o próprio Flávio Dino e, dessa forma, os recursos para a licitação do segundo trecho estão assegurados.

12/11/2015 – Relatório final da Lei de Diretrizes Orçamentárias/2016 (LDO) aprovado pela Comissão Mista do Orçamento, colegiado composto por deputados e senadores, atendeu aos pleitos do deputado Hildo Rocha e aprovou a destinação de recursos para a continuidade das obras de duplicação da BR-135.

25/01/2016 - O deputado federal Hildo Rocha e o novo superintendente do Dnit no Maranhão, Maurício Abreu Itapary, se reuniram com o objetivo de debater sobre as ações do órgão no Estado, entre as quais a duplicação da BR-135.

29/03/2016 - O deputado federal Hildo Rocha (PMDB) denunciou, mais uma vez, a situação da BR-135, que teve as obras de duplicação abandonada e os serviços de manutenção da pista antiga paralisados.

07/07/2016 – Na tribuna da Câmara Federal, o deputado Hildo Rocha (PMDB/MA) responsabilizou o ex-ministro dos Transportes, e a então presidente Dilma Rousseff, pela paralisação nas obras de duplicação da BR-135.

11/07/2016 - Em atendimento ao Requerimento apresentado pelos deputados federais Hildo Rocha (PMDB) e Alberto Filho (PMDB), integrantes da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara realizaram visita técnica com o objetivo de verificar o andamento da duplicação da BR-135.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Expansão do Parlamento & Fé Brasil vai reunir voluntários de todas as regiões do país

Brasília sedia, nos dias 22 e 23 de novembro, o encontro de apresentação das propostas do movimento. De caráter apolítico, a organização atua para mudar os rumos do Brasil, na evangelização de políticos.
 
     Com a proposta de inspirar pessoas que queiram transformar a nação brasileira, o evento Expansão do Parlamento & Fé Brasil reunirá representantes de todos os estados na capital federal.Apesar de não possuir o viés político, o principal objetivo dos participantes é evangelizar e pastorear parlamentares e pessoas ligadas a eles. Neste encontro, um dos convidados é o Pr. Luciano Bongarra, argentino que idealizou o movimento internacional há cerca de nove anos e vem evangelizando políticos em toda América Latina, Europa e Estados Unidos, em especial nos parlamentos argentino, paraguaio, uruguaio, chileno, italiano, espanhol, venezuelano, mexicano e agora brasileiro.
     O Centro de Eventos e Convenções Brasil 21 vai receber os interessados na apresentação, que acontece no dia 22/11, das 19h às 22h, e no dia 23/11, das 9h às 22h. As inscrições devem ser feitas pelo e-mail parlamentoyfebrasil@gmail.com, até o dia 21/11.
   "Nossa grande missão é estar aqui para servir, demonstrando como as pessoas podem retornar à verdade bíblica e, assim, transformar sua vida, a sociedade e depois a nação", explica o Pr. Gessé de Roure Filho, advogado e diretor nacional do Parlamento & Fé Brasil. Uma das leituras da Bíblia que servem como diretriz para o grupo é justamente a passagem de Romanos 12:2, que fala sobre o poder da mudança: "E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus".
    Além do Brasil, onde o movimento começou a se reunir em dezembro de 2015, Argentina, Uruguai, Bolívia, México, EUA, Alemanha e Suíça são alguns dos países onde a organização cristã Parlamento e Fé está presente. No total, já são mais de 10 países, e a representatividade segue em expansão pelo mundo.
Sugestão de Tags:
#ExpansãoDoParlamentoEFéBrasilNovembro2016 ,
#ConvidadoPastorLucianoBongarrá , #BrasíliaSediaEventoDoParlamentoEFéBrasil ,
#ParlamentoEFéQuerInspirarPessoasAMudarOBrasil ,
#MovimentoParlamentoEFé ,

Jornalistas responsáveis
Patrícia Stumpf – Mtb.: 16.230 – Cel. (51)99934-2131
Eliana Camejo – Mtb.: 6.158 – Cel. (51)98158-7771
F: (51) 3346-4642 / 4042-0032
Eliana Camejo Soluções em Comunicação
camejo@camejo.com.br
www.camejo.com.br

COM FOCO NO ATENDIMENTO DIGITAL, BB ANUNCIA REORGANIZAÇÃO INSTITUCIONAL E PLANO DE INCENTIVO À APOSENTADORIA



Banco vai redimensionar sua estrutura e oferecer plano de incentivo à aposentadoria para público potencial de até 18 mil pessoas.

O Banco do Brasil anunciou neste domingo, 20, conjunto de medidas para ampliar o investimento no atendimento digital e aumentar a eficiência operacional. O BB vai rever e redimensionar a estrutura da organização em todos os níveis: estratégico (direção geral), tático (superintendências nos estados), de apoio (órgãos regionais) e de negócios (agências).

A rede de atendimento passará por mudanças para se adequar ao novo perfil e comportamento dos clientes, com otimização de estruturas e ampliação de serviços digitais. 

Apenas com a reorganização de suas unidades, o BB estima redução anual de R$ 750 milhões em despesas, valor que poderá aumentar significativamente a partir da adesão de funcionários ao Plano Extraordinário de Incentivo a Aposentadoria, que o Banco também anuncia hoje.

REVISÃO DA ESTRUTURA

As medidas preservam a presença do BB nos municípios em que já atua e vão resultar no encerramento de31 superintendências regionais, 402 agências e na transformação de outras 379 em postos de atendimento bancário. Em outubro, o BB já havia iniciado o encerramento de outras 51 agências.

A estratégia de ampliação do atendimento por canais digitais prevê a abertura, ainda em 2017, de mais 255unidades de atendimento digital, entre escritórios e agências digitais, que irão se somar às 245 já existentes. Essas unidades digitais já atendem a 1,3 milhão de clientes, com expectativa de chegar a 4 milhões até o final de 2017. 

Na comparação com o modelo tradicional, os clientes do atendimento digital mostram-se mais satisfeitos e consomem até 40% mais produtos e serviços bancários. O novo modelo também é mais eficiente. Um gerente de contas consegue gerenciar um número 35% maior de carteiras de clientes, se comparado ao atendimento nas agências físicas.

No BB, as transações bancárias realizadas em canais de atendimento físicos estão em forte redução. O aplicativo do Banco para celular já conta com 9,4 milhões de clientes que realizam cerca de 1 bilhão de transações bancárias por mês, ou 40% do total. Outros 27% são realizadas pela internet. A expectativa do BB é que o número de clientes que utilizam o aplicativo para celular chegue a 15 milhões até dezembro do próximo ano.
Na semana passada, o Banco do Brasil lançou a sua conta totalmente digital, o BB Conta Fácil, com previsão de abertura de 1,8 milhão de contas em 2017.

Além da ampliação do atendimento digital, a revisão das agências do BB considerou também a localização de unidades próximas entre si, incluindo dependências originadas dos antigos bancos Besc e Nossa Caixa, que foram incorporados pelo BB.

O Banco do Brasil também irá promover ajustes em órgãos regionais de apoio aos negócios que terão atividades centralizadas nacionalmente ou em outros estados, com ganho de eficiência.

Na Direção Geral, o Banco do Brasil irá encerrar 3 unidades estratégicas, com as transferências de suas funções para outras diretorias do Banco. 

PLANO DE INCENTIVO À APOSENTADORIA 

A revisão da estrutura do BB levará à redução de 9.300 vagas no quadro de pessoal. Para a adequação, o BB lançará Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada para público potencial de até 18 mil pessoas que já reúnem condições para se aposentar, com adesão totalmente voluntária. 

Será concedido incentivo de desligamento correspondente ao valor de doze salários, além de indenização pelo tempo de serviço, que varia de 1 a 3 salários, a depender do tempo de Banco (entre 15 e 30 anos completos).

JORNADA DE SEIS HORAS

Outra medida refere-se à ampliação do público potencial para adesão à jornada opcional de trabalho de 6 horas diárias. A partir de hoje, cerca de 6 mil assessores da Direção Geral e superintendências também poderão aderir voluntariamente à nova jornada. 

A adesão resultará na redução de 16,25% do valor de referência da função, enquanto a jornada será reduzida em 25%. Se considerado o valor da hora trabalhada, haverá aumento de 12% para os funcionários que aderirem à nova jornada.

A jornada de seis horas já foi anteriormente oferecida a funcionários que ocupam cargos comissionados não gerenciais na rede de agências e em órgãos regionais, com 71% de adesão.

COMUNICAÇÃO AOS CLIENTES

O encerramento das agências e a implantação das demais medidas ocorrerá ao longo de 2017 e será precedido por ampla comunicação aos clientes em canais diversificados, como o hotsite www.bb.com.br/novoatendimento, SMS, aplicativo para celular, terminais de autoatendimento, além de correspondências e cartazes nas agências.

O Banco também divulgou telefones exclusivos para atendimento aos clientes sobre mudanças de agência: 0800 729 5282 para pessoas físicas e 0800 729 5281 para empresas. A Central funciona de segunda a sexta-feira, de 8h às 22h.

A mudança de agência é automática. Os clientes não precisam fazer qualquer procedimento adicional e podem manter seus cartões e senhas para transações na nova agência, mesmo que haja alteração no número da conta.

Além dos pontos físicos, o BB oferece a maioria das transações pelo aplicativo para celular e Internet - canais que mais crescem hoje na preferência dos clientes.

REVISÃO DE PROCESSOS

O BB também identificou frentes de atuação para simplificar seus processos. A revisão garante maior celeridade no atendimento e conta com a mudança de demandas administrativas das agências para órgãos internos e uso da tecnologia para automatizar soluções e garantir maior comodidade e conveniência aos clientes.

NOVAS PRÁTICAS DE GESTÃO DE DESPESAS

O Banco iniciará processo de renegociação de valores atualmente pagos para aluguel, manutenção das agências, segurança e transporte de valores. Apenas a revisão da estrutura administrativa anunciada hoje permitirá ao BB reduzir R$ 750 milhões em despesas por ano.

REORGANIZAÇÃO DO BB EM NÚMEROS

Rede de atendimento atual
5.430 agências
1.791 postos de atendimento. 
7.221 unidades de atendimento no total

Reorganização
402 agências serão encerradas
379 agências serão transformadas em postos de atendimento.
51 agências com encerramento já iniciado em outubro

Rede de atendimento após a reorganização
4.598 agências
2.170 postos de atendimento
6.768 unidades de atendimento no total

Outros canais de atendimento
8.557 correspondentes bancários na rede Mais BB
42.031 terminais de autoatendimento
19.456 terminais do Banco 24h

Funcionários
O BB possui 109.159 funcionários no País e 18.000 fazem parte do público potencial para adesão voluntária ao Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada.

REORGANIZAÇÃO INSTITUCIONAL NO MARANHÃO

O Banco do Brasil oferece 161 unidades de atendimento no Maranhão, sendo
118 agências e 43 postos de atendimento.

Os clientes do Banco do Brasil também contam com 357 correspondentes bancários, 1017 caixas eletrônicos BB e 261 terminais da rede Banco 24h no estado.

Com a reorganização, 5 agências serão encerradas e 8 agências serão transformadas em postos de atendimento. O BB permanecerá com uma das maiores redes de atendimento do Estado, com 105 agências e 51 postos de atendimento.

Rede de atendimento atual
118 agências
43 postos de atendimento.
161 unidades de atendimento no total

Reorganização
5 agências serão encerradas
8 agências serão transformadas em postos de atendimento.

Rede de atendimento após a reorganização
105 agências
51 postos de atendimento
156 unidades de atendimento no total

O BB possui 1892 funcionários no Maranhão e 248 fazem parte do público potencial do Plano Extraordinário de Aposentadoria Incentivada, que prevê adesão voluntária.