segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Procon e Viva iniciam 'Operação Prato Cheio' para arrecadação de alimentos não perecíveis



Muito além das festas e presentes, o Natal é tempo de solidariedade. Já entrando nesse clima natalino, o Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/MA e o Viva) iniciam, nesta segunda-feira (7), a 'Operação Prato Cheio', que tem como objetivo arrecadar alimentos não perecíveis para crianças e famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social. Além da parceria dos dois órgãos, a Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e a Agência Reguladora de Serviços Públicos do Maranhão (Arsema) também se uniram em prol dessa causa.

A ideia da campanha é promover um natal com assistência e garantir a ceia natalina de crianças e jovens. Além das doações, serão realizadas atividades lúdicas, emissão de documentação básica (RG e CPF), e orientação sobre noções básicas de direito do consumidor e consumo consciente, com uma edição do Procon Mirim.

As arrecadações serão destinadas à Instituição 'Jovens pela mudança', que ajuda famílias e crianças no município de São João Batista, e ao projeto 'Sonho de Aline', que oferece esporte, lazer e catequese a crianças e adolescentes da região de São José de Ribamar e Panaquatira. Em outubro, o Procon e o Viva arrecadaram cerca de 600 brinquedos à época do Dia das Crianças, que foram doados ao Projeto Sonho de Aline.

“Conhecemos os dois projetos e vimos que é um trabalho que envolve muito amor e comprometimento, por isso queremos colaborar para que tenham um natal de paz e prosperidade. Estamos iniciando a campanha em São Luís, mas também contamos com a adesão das unidades do interior do estado para compartilhar esta ação solidária pelo Maranhão”, afirmou Duarte Júnior, diretor-geral do Viva e presidente do Procon. A campanha se propõe, ainda, a doar para outras instituições ou comunidades caso arrecade mais do que o esperado.

Pontos de doação
As doações podem ser feitas na sede do Procon/MA em São Luís, localizada no São Francisco, nas unidades do Viva na Beira-Mar, Shopping da Ilha, Pátio Norte e Shopping Passeio, além da sede da Arsema, na Rua Djalma Dutra, Nº 121, sala 1, Centro, (antigo Beco Catarina Mina) e na Sedihpop, localizada na avenida Jerônimo de Albuquerque, Calhau.  Além das doações dos servidores, os cidadãos que vão aos órgãos buscar atendimento também podem contribuir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário