quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Adriano afirma que o governo pode pagar reajuste aos professores sem aumentar impostos




O deputado estadual Adriano Sarney (PV) declarou, nesta terça-feira (20), na tribuna da Assembleia, que o governo Flávio Dino (PCdoB) tem plena condição de aumentar o salário dos professores da rede pública. A afirmação emergiu durante a discussão de um assunto correlato, o projeto de reajuste salarial dos servidores do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que está em trâmite na Casa, foi discutido ontem e voltará à pauta do plenário nesta quarta-feira (21).

“Tenho estudado o assunto, consultado especialistas e técnicos experientes e concluímos que o Executivo tem condição de reajustar os salários dos professores. Não é demagogia, é a mais pura matemática. O Governo está com essa retórica furada de que precisa aumentar impostos para manter a máquina pública, mas o fato é que ele não está fazendo o planejamento correto, como deveria ser”, declarou.
Segundo o parlamentar, há vários casos de inchaço desnecessário da máquina pública para beneficiar aliados políticos. “Um exemplo disso, denunciado pelo jornalista Daniel Matos, ontem, foi a nomeação para cargos públicos de, nada mais, nada menos, quatro comunistas que perderam as eleições no interior do Maranhão, como Lindalva Serra Barros, vice-prefeita de Zé Doca; o senhor Jardel Miranda da  Silva, de São João dos Patos; o senhor Pedro Araújo, de Açailândia; a senhora Maria Hortegal, de Pirapemas; todos partidários do governador”, relatou.
Adriano afirmou ter convidado liderança sindicais dos professores para uma audiência pública na Assembleia a fim de demonstrar, com números, informações e documentos, que é possível reajustar o salário dos servidores. “Eu vou fazer uma apresentação com números verdadeiros e convido também o governador Flávio Dino para participar dessa reunião”, disse o deputado.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário