Conheça a Câmara Municipal de Imperatriz

segunda-feira, 6 de março de 2017

Hildo Rocha destaca consequências da desastrosa política econômica do governo Flávio Dino



O deputado federal Hildo Rocha lamentou a divulgação dos decrescentes indicadores da economia maranhense, publicadas recentemente em jornais de circulação nacional. “É com muita tristeza que nós lemos no Jornal O Globo a notícia da retração da economia maranhense pelo segundo ano consecutivo, ou seja, no governo do comunista Flávio Dino o Maranhão está andando pra trás”, destacou Rocha.  

O parlamentar destacou ainda que nos dois primeiros anos do governo Dino a economia maranhense encolheu mais de 10%. “Tudo em consequência da desastrosa política econômica implantada pelo governador Flávio Dino”, afirmou.

Programa Mais Impostos
Segundo Rocha, o aumento de tributos estaduais afugentou investidores e contribuiu para o aumento do desemprego no Estado. “Hoje o Maranhão pratica a maior alíquota de Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do país. Com essa atitude, o governador afugentou os empreendedores; várias indústrias foram fechadas e outras diminuíram o ritmo de produção desempregando milhares de pessoas em função da desastrada politica econômica praticada por Flávio Dino”, enfatizou o deputado.



Legado desperdiçado
Rocha lembrou que a governadora Roseana Sarney entregou o governo com notável equilíbrio financeiro. “No período da administração da governadora Roseana Sarney o PIB (Produto Interno Bruto) do Maranhão vinha crescendo, gradativamente, chegando a atingir até 6% ao ano. Portanto, O Maranhão era um Estado em franco desenvolvimento. Mas, ocorre situação inversa pois só nos dois primeiros anos do governo Dino a economia do nosso Estado regrediu assustadoramente”, disse o deputado.

Boquinha comunista
De acordo com Hildo Rocha, Dino a política econômica de Flávio Dino, criou insegurança jurídica. “O governador aumentou impostos para poder sustentar a enorme quantidade de comunistas empregados no governo. Essa é a verdadeira causa do aumento da folha de pagamentos do Estado. Dino encheu a máquina administrativa do Maranhão com comunistas. Todos os filiados do PCdoB estão pegando uma boquinha no governo. O governador diz que não tem dinheiro para pagar o reajuste dos professores, mas tem dinheiro para aumentar as despesas empregando comunistas em cargos comissionados desnecessários”, lastimou o deputado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário