quarta-feira, 29 de março de 2017

O medo que Roseana Sarney causa ao projeto de Flávio Dino


O governador Flávio Dino tem razão quando não deixa a ex-governadora Roseana Sarney de fora da sua pauta de massacres. Ela representa, sim, uma grave ameaça aos seus planos de reeleição. Senão fosse assim, o medo não rondaria as escadas, os gabinetes, e os aposentos mais íntimos do Palácio dos Leões. Afinal, ninguém bate em cachorro morto.
Só em pensar na ideia de não se reeleger e no perigo de ter alguns dos seu mais fortes auxiliares sendo investigados, com possibilidades reais de pararem na cadeia, Dino já faz aquilo que jamais imaginou um dia: se abraçar a vereadores e até aos simples cabo eleitoral, não que os dois não tenham valor.
Ele nunca recebeu deputados no primeiro ano de mandato, nem as grande lideranças políticas do Maranhão no segundo ano de governo. Mas agora, com medo de seu projeto ir pras cucuias, carrega crianças nos braços no interior, beija velhos e jovens (depois lava as mãos e os lábios com álcool) e aceita até entrar em campo de pelada.
Agora mesmo o Palácio dos Leões, através da Famem, convida todos os vereadores dos 217 municípios maranhenses para encontro. Uma reunião de blá blá blá, mas com o objetivo eleitoreiro, preocupado com 2018.
O governador tem em mãos pesquisas que apontam o medo que o nome da ex-governadora impõe. O estrago que ela pode causar. Por isso, tenta a todo custo levar para detrás das grades sua maior inimiga: Roseana Sarney.(Com Luis Cardoso.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário