Conheça a Câmara Municipal de Imperatriz

segunda-feira, 20 de março de 2017


PROCON/MA alcança 98% de solução de conflitos e divulga empresas mais reclamadas em 2016
O PROCON/MA divulgou, na sexta-feira (18), o ranking das empresas mais reclamadas encabeçam a lista pelo terceiro ano consecutivo, com, respectivamente, 223 e 194 reclamações fundamentadas. A boa notícia é que, das 56.687 mil reclamações formalizadas junto ao Procon/MA em 2016, 98% dos conflitos foram solucionadas.
, em cumprimento ao artigo 44 do Código de Defesa do Consumido. Cabe ressaltar que o ranking é baseado somente nas reclamações fundamentadas não atendidas, isto é, aquelas em que a análise das provas constatou as infrações. Para conferir as informações completas, basta acessar o site www.procon.ma.gov.br.
A partir de um programa de intensas fiscalizações, sanções e cobranças junto aos fornecedores, o Procon/MA conseguiu reduzir em 61% o número de reclamações fundamentadas e não atendidas pelos consumidores (1.063 reclamações). Desde 2015, o número vem caindo cada vez mais, fazendo com que o percentual de solução de conflitos subisse de 93% em 2015, para 98% em 2016.
Para o presidente do Procon/MA, Duarte Júnior, o ranking das mais reclamadas e o índice de solução de conflitos são termômetros do trabalho do Procon/MA, além de ser importante para o consumidor compreender quais as empresas buscam melhorar os serviços e quais permanecem com falhas . “Nossa equipe trabalha dia e noite para garantir os melhores indicadores de solução de conflitos, harmonizando as relações de consumo por meio da absoluta defesa do Direito do Consumidor. Nós reconhecemos que, graças ao intenso trabalho realizado até aqui, alguns fornecedores têm melhorado os seus serviços. Contudo, ainda há muito a avançar em setores como telecomunicações e serviços bancários e de crédito. Por isso, vamos continuar realizando ações preventivas, de orientação e fiscalização, para assegurar o pleno respeito aos direitos dos consumidores”, afirmou o presidente.
A Caema registrou melhora em seus serviços, caindo do terceiro para o quinto lugar do ranking. Cemar, SKY e Caixa Econômica Federal, pelo contrário, subiram dois lugares cada, ocupando, respectivamente, a terceira, quarta e sexta colocação. A administradora de cartões de crédito Bradescard mantém seu sétimo lugar no ranking pelo terceiro ano consecutivo, enquanto a Samsung e a Claro Fixo e TV figuram pela primeira vez em oitavo e décimo lugar, respectivamente. A CCE e a operadora Tim, que estavam no ranking de 2015, caíram posições suficientes para não entrar no ranking deste ano.
Confira abaixo o ranking das 10 empresas com mais reclamações em 2016:
1- Oi Fixo – 223
2- Oi Móvel – 194
3- CEMAR – 158
4- SKY – 84
5- CAEMA – 83
6- Caixa Econômica Federal – 60
7- Bradescard – 50
8- Samsung – 48
9- Claro Móvel – 47
10- Claro Fixo e TV – 41

Nenhum comentário:

Postar um comentário