sexta-feira, 31 de março de 2017

Sebrae realiza em Imperatriz workshop sobre a Lei Salão Parceiro



Capacitação acontece no dia 03 de abril, das 9h às 17h, no auditório superior do Centro de Convenções. O workshop vai orientar profissionais da beleza e estética sobre a Lei Salão Parceiro.

Desde outubro do ano passado, com a sanção da Lei Salão Parceiro (Lei 13.352\2016), o mercado dos salões de beleza e centros de estética no Brasil passa por mudanças significativas. A nova lei regulamenta o contrato de parceria que deve ser firmado entre donos de salão de beleza e profissionais autônomos que atuam nesses estabelecimentos, criando um ambiente de negócios mais seguro, produtivo e competitivo.

Para explicar as mudanças e orientar os profissionais sobre a regulamentação desses estabelecimentos na figura do Salão Parceiro e Profissional parceiro, a regional do Sebrae em Imperatriz, realiza no dia 03 de abril, o 1º Workshop Sebrae Beleza e Estética, que vai trabalhar as implementações da Lei, dando um panorama geral sobre o dispositivo.

O workshop será ministrado pela consultora credenciada do Sebrae nacional, Elderci Garcia, no auditório superior do Centro de Convenções em Imperatriz. Podem participar empresários, profissionais que atuam na área da beleza e estética, contadores, advogados e demais interessados.

“Queremos que empresários e os demais profissionais entendam o funcionamento da Lei e o papel de cada um. O objetivo é explicar as mudanças na relação salão e profissional, para que visualizem as novas oportunidades de negócio, qual melhor modelo de gestão a adotar no empreendimento, conforme a realidade dos estabelecimentos”, explica a gestora de projetos do Sebrae, Aline Maracaipe, responsável pela ação.

As inscrições estão sendo feitas na sede do Sebrae em Imperatriz, localizada na Avenida Bernardo Sayão, esquina com rua Sousa Lima, em horário comercial. O investimento é de R$ 40 (quarenta reais).

Projeto em 2017

O Sebrae, por meio de sua regional em Imperatriz, vai trabalhar em 2017, um projeto voltado para os profissionais da área da Beleza e Estética, contemplando toda a cadeia produtiva. Com foco na melhoria da gestão empresarial e desenvolvimento de inovação tecnológica, por meio de capacitações empresariais e consultorias. O projeto já deu início às primeiras ações.

Atuará por meio do atendimento a 70 empresas, que englobam o varejo de cosméticos, fornecedores de equipamentos, representantes de cosméticos, salões de beleza, barbearias, clínicas de estética, design de sobrancelhas, depilação e afins, visando contribuir para o aumento da competitividade dos empreendimentos da cadeia de serviços da Beleza e Estética.


Sobre a Lei

A Lei Salão Parceiro altera a Lei nº 12.592, de 18 de janeiro 2012, e passa a regulamentar uma prática bem conhecida, a atuação de profissionais que trabalham como autônomos dentro dos salões de beleza e recebem parte do faturamento do serviço prestado.

Profissionais que exercem as atividades de cabeleireiros, barbeiros, esteticistas, manicures, pedicures, depiladores e maquiadores, poderão atuar e ter contrato de parceiros com salão de beleza.                                 (Roseane Cardoso)

Nenhum comentário:

Postar um comentário