quarta-feira, 28 de junho de 2017

Deputado Wellington denuncia descaso na assistência do Governo em reabilitação de herói maranhense Márcio Rony


O deputado estadual Wellington do Curso (PP) se pronunciou quanto a falta de atenção quanto à saúde pública e cobrou mais responsabilidade para tratar com vidas. Wellington mencionou o caso de Márcio Rony, que teve mais de 40% do corpo queimado ao tentar ajudar Juliane Carvalho e suas duas filhas durante atentado a ônibus no dia 3 de janeiro de 2014.

Na ocasião, Wellington mencionou que Márcio Rony viajou às 03h para Goiânia e que o “apoio” que recebeu por parte do Estado foi mínimo, de acordo com o próprio maranhense.

“Não estamos aqui para apontar falhas. O que queremos é que haja, pelo menos, responsabilidade para com as vidas. O Tratamento Fora de Domicílio não é favor por parte do Governo. O Ministério da Saúde impõe isso e, na contramão, o Márcio Rony reivindica atenção. O que ele quer é, tão somente, que o Governo conceda a assistência básica, a fim de garantir o atendimento. De acordo com Marcio Rony, ele deveria receber diárias equivalentes a R$24,75. No entanto, ele viajou e o pagamento  não foi efetivado. Além disso, uma diária em hotel é bem superior. Segundo ele, só é possível custear as despesas graças às doações de pessoas que se sensibilizam com a situação",  disse Wellington.

Wellington mencionou ainda o caso da pequena Marianny Ribeiro, que está internada no Piauí desde 2016.

“Marianny sofre de Atrofia Muscular Espinhal. Em junho do ano passado, ela foi encaminhada às pressas à Teresina para tentar um tratamento adequado. Mais de um ano já passou e a família aguarda um posicionamento da Secretaria de Saúde. Já fiz esse pedido antes, mas deixo aqui um apelo para que o Governo se sensibilize com a história dessa criança que, ainda nos meses iniciais da vida, já padece com o descaso”, concluiu o deputado Wellington.

Nenhum comentário:

Postar um comentário