quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Fundação Antonio Dino é homenageada em Sessão Solene organizada por Hildo Rocha



Por iniciativa do deputado Hildo Rocha (PMDB/MA), a Câmara dos deputados realizou ontem (14) Sessão Solene para em homenagem aos 40 anos da Fundação Antonio Dino, instituição mantenedora do Hospital Aldenora Belo.  “Criada com o objetivo de manter o Hospital do Câncer Aldenora Bello, a Fundação Antônio Dino vem cumprindo, nestes 40 anos de existência, sua missão de aliviar o sofrimento dos portadores da doença, especialmente dos mais carentes. Desse modo, a Fundação dá continuidade ao nobre trabalho desenvolvido por seu patrono, o médico, professor e político maranhense Antônio Jorge Dino. Portanto, esta homenagem também constitui uma manifestação de respeito à sua memória e ao seu exemplo de vida”, destacou Hildo Rocha.

A instituição foi representada pelos diretores Antonio Dino Tavares (vice-presidente) e Rui Lopes Freiras (diretor financeiro). O ato foi prestigiado pelos deputados federais Cleber Verde (PRB/MA); Mauro Pereira (PMDB/RS). O deputado estadual Léo Cunha também prestigiou o evento.

Serviços relevantes
O deputado ressaltou a Fundação executa um trabalho solidário de máxima relevância para os maranhenses e citou estatísticas que confirmam a importância dos serviços prestados pela instituição. “Conforme o propósito original, a Fundação Antonio Dino mantém o Hospital do Câncer Aldenora Bello, único Centro de Alta Complexidade em Oncologia do Estado, responsável por realizar mais de 56 mil consultas, quase 900 cirurgias, 30 mil quimioterapias e seis mil radioterapias por ano”, enfatizou Hildo Rocha.
Dedicação
O parlamentar destacou a dedicação da presidente da instituição, D. Enide Dino, pioneira no trabalho de combate ao Câncer, no Maranhão. “Com 90 anos de idade, dos quais mais de 70 dedicados à nobre causa do combate ao câncer, no âmbito do Estado do Maranhão, D. Enide é merecedora do nosso respeito, da nossa admiração. Por isso, hoje realizamos tão significativa homenagem a ela extensiva a todos os envolvidos com o trabalho desenvolvido pela Fundação nestes 40 anos de existência”, declarou Hildo Rocha.

Além do Hospital, a Fundação presidida por D. Enide Dino ocupa-se da manutenção do Centro de Ensino e Pesquisa, que coordena cursos, congressos e trabalhos científicos no campo da medicina oncológica; do Centro de Prevenção e Diagnóstico, que promove campanhas e ações de mobilização da comunidade; o Núcleo de Voluntários, que congrega pessoas dispostas a trabalhar em benefício dos pacientes; Casas de Apoio, que hospedam, alimentam, transportam e apoiam pessoas carentes vindas do interior para se tratar no Hospital Aldenora Bello e unidades, destinadas a arrecadar fundos para a manutenção das atividades realizadas pela instituição.

Contribuição
Hildo Rocha lembrou que destinou emenda parlamentar, de sua autoria, por meio da qual o Hospital Aldenora Belo adquiriu três Focos Cirúrgicos de Teto com Câmera, de ultima geração. “Esses equipamentos são importantíssimos, pois servem para facilitar os trabalhos dos médicos durante as cirurgias”, destacou o parlamentar.

Ações preventivas
De acordo com o parlamentar, mais da metade dos novos casos de câncer de pacientes residentes no Estado são diagnosticados nos atendimentos realizados pelo Hospital Aldenora Belo. “Isso se torna relevante porque o diagnóstico precoce ainda é a melhor forma de vencer e tratar o câncer”, destacou Hildo Rocha.

Antonio Dino
Natural de Cururupu (MA), Antonio Dino ingressou na política, exercendo as funções de Deputado Estadual, Deputado Federal e Vice-Governador. Chegou a substituir o então Governador José Sarney no governo do Estado, por quase um ano, e, ao fim desse período, retomou a vocação maior, passando a se dedicar integralmente à medicina e ao ensino.

Foi professor titular da cadeira de Cirurgia da Universidade Federal do Maranhão e membro da Academia Maranhense de Medicina. Desde 1965, quando assumiu a presidência da Liga Maranhense de Combate ao Câncer, até sua morte em 1976, empenhou-se na luta contra essa terrível doença. No mesmo ano da sua morte, para dar continuidade ao seu legado, D. Enide Dino (viúva) criou a Fundação Antônio Dino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário