sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Hildo Rocha articula ações do INCRA em benefício de assentamentos no interior do estado



Amarante; Barreirinhas; Buriticupu; Itapecuru e Vargem Grande estão entre os municípios maranhenses onde o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) vem intensificando as ações com o objetivo de concretizar os processos de regularização fundiária e entrega de títulos individuais para assentados. Para discutir sobre o andamento dos trabalhos e buscar soluções para eventuais entraves e solicitar celeridade no atendimento das demandas, o deputado federal Hildo Rocha se reuniu com a direção do órgão, na semana passada, em Brasília.

Barreirinhas
Rocha destacou que em breve as famílias que moram no PA Cocal Palmira, em Barreirinhas, irão receber os títulos de posse das terras onde moram. “O presidente do Incra assegurou que no prazo máximo de 30 dias os assentados irão receber os títulos de propriedade”, destacou o deputado.

O parlamentar enfatizou que a longa espera finalmente chegará ao fim graças ao empenho da diretoria e dos servidores do Incra e também ao persistente trabalho do Dr. Branco, liderança que há anos se dedica às causas das comunidades rurais de Barreirinhas. “Há muito tempo Dr. Branco vem cobrando soluções para os assentamentos do município. Estivemos no Incra, em diversas oportunidades, acompanhando o desenrolar dos processos e agora recebemos essa boa notícia. Finalmente os moradores do Cocal Palmira serão beneficiados com recursos do Incra”, destacou Hildo Rocha.

Amarante do Maranhão
O deputado Reunião destacou ainda que durante o encontro com a diretoria do Incra falou sobre reunião que aconteceu na residência do ex-prefeito de Amarante, Raimundinho Carlota, onde também foram discutidas ações para dar celeridade à entrega de títulos para assentados do município. “Foi uma reunião bastante produtiva que contou com a presença do deputado estadual Léo Cunha, dos vereadores Azevedo e Benta e outras lideranças da cidade. Na ocasião, os participantes dessa reunião pediram que eu intercedesse junto ao Incra com a finalidade de conseguir a titularização de todos os Projetos de Assentamento existentes no município. Imediatamente o superintendente do órgão determinou que sejam tomadas as providencias para que o município de Amarante também seja beneficiado por meio de ações de regularização que o Instituto vem realizando”, informou o deputado.

Emenda individual
Rocha disse que destinou emenda individual para a realização de obras de infraestrutura em diversas comunidades rurais de Cantanhede e também reivindicou agilidade nas ações destinadas aos municípios de Vargem Grande, Itapecuru-Mirim, Buriticupu e outras localidades que também pediram o apoio do parlamentar junto ao Incra.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

provado a criação do Campus da UEMASUL de Estreito


Aprovamos nesta manhã, o Projeto de Lei, enviado pelo Governador Flávio Dino, que cria o Campus da Uemasul de Estreito e reforça a estrutura administrativa da Universidade com a criação de vagas para concursos para Professores, vagas estas para Imperatriz, Estreito e Açailândia. 
Parabenizo toda a equipe da reitoria da Uemasul, que tem sido diligente em cada passo para que os objetivos se concretizem.
No município de Estreito, também não poderia deixar de parabenizar a grandeza de atitude do Prefeito Cicin, sua equipe, a câmara de vereadores e sociedade por chamarem o estado para uma parceria em que a População saiu ganhando.

“Segurança se faz com ação, não com propaganda”, detona Wellington


Policiais sendo despejados de delegacia por falta de pagamento do aluguel, desvalorização profissional e altos índices de violência. Foram esses os pontos citados pelo deputado estadual Wellington do Curso (PP) ao se posicionar em defesa da segurança pública do Maranhão e ao cobrar transparência e esclarecimentos quanto a aplicação do dinheiro público na segurança.
Na ocasião, Wellington fez referência expressa ao Requerimento 625/2017, em que solicita informações referentes à quantidade de viaturas adquiridas ou alugadas pelo Governo, bem como os órgãos/unidades para onde foram destinadas e suas respectivas cidades, alem das placas e números de chassi.
“Por meio do nosso Gabinete Móvel, visitamos inúmeros municípios do Maranhão e é de lá que trazemos o seguinte questionamento: para onde vai a viatura que, todo dia, o Governador anuncia que entrega? Para qual unidade policial? Para qual destacamento ou delegacia? É uma dúvida da população. Foi por isso, que apresentei o requerimento ainda em janeiro e, até agora, não obtive nenhuma resposta. Onde está a transparência? Segurança pública se faz com ação e não com propaganda. A população liga pedindo apoio policial e a viatura não aparece. Onde estão as viaturas? É preciso compreender isso para que, de fato, combatamos a criminalidade na realidade, e não apenas nas estatísticas”, disse Wellington.

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Encontro Estadual do PSC do Maranhão será nesta quinta-feira


A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé



Será realizado nesta quinta-feira (28) o Encontro Estadual do Partido Social Cristão (PSC) do Maranhão, a partir das 14h, no auditório Fernando Falcão, na Assembléia Legislativa do Estado. O evento está sendo organizado pelo presidente do PSC maranhense, deputado estadual Léo Cunha.
O encontro que contará com a presença do presidente Nacional do PSC, pastor Everaldo Dias, também vai receber prefeitos, vereadores, presidentes de diretórios, comissões municipais e filiados ao partido de todo o estado, para debater sobre questões de fortalecimento da legenda, recebimento de novas lideranças, planejamento em prol das eleições de 2018, reforma política, entre outros temas importantes.
O presidente do partido no Maranhão, deputado Léo Cunha, afirma que o evento é um momento importante para o fortalecimento do PSC no que se refere a estruturação das bases. Ele esclarece que o evento também vai adequar as responsabilidades do partido político com o trabalho que vem sendo feito no estado e municípios.
O PSC cada vez mais vem mostrando força, o evento vai proporcionar o fortalecimento das nossas bases, possibilitando a filiação de novos membros e a busca de melhores resultados. Convido a sociedade maranhense para o nosso encontro e também para fazer parte da nossa família PSC”, disse o presidente estadual, deputado Léo Cunha.

Projeto criando a Guarda Civil volta ao Plenário após tramitação nas comissões técnicas da Casa



A Mesa Diretora da Câmara Municipal encaminhou às comissões técnicas na Casa, na sessão desta quarta-feira (27) Projeto de Lei (PL) do Poder Executivo revogando a lei 1.240/2008 que criou a Guarda Municipal. Com novo texto, o projeto atual atualiza a legislação sobre a criação, organização e estrutura da Guarda. A matéria deve voltar a Plenário antes do recesso parlamentar de final, previsto para o final de novembro.
De acordo com o projeto, a Guarda Municipal será vinculada ao Gabinete do Prefeito e responsável pelas políticas de segurança urbana e prevenção da violência criminal, proteção de bens, serviços e instalações públicas municipais, entre outras atribuições.
A Guarda terá um Comando Geral, Corregedoria e Ouvidoria, além de duas superintendências.
O efetivo da Guarda Municipal está fixado em 150 vagas, respeitando-se o limite de 20% das vagas para mulheres.
O projeto prevê as condições e requisitos para o provimento de cargos da Guarda e a aprovação em concurso público. O candidato a aspirante, durante o período de instrução e treinamento, até efetiva nomeação, receberá uma bolsa no valor de 1 salário mínimo. A idade mínima para ingresso na força é de 18 anos. A remuneração dos guardas será composta de salário base, acrescido dos adicionais legais e de eventuais gratificações inerentes à carreira. O salário base dos guardas será de R$ 1.335,83.
Os cargos da Guarda Municipal estão estruturados em cinco níveis, desde o iniciante até o integrante com nível superior com título de especialização na área de segurança de pública. O texto prevê também a progressão vertical na carreira.
Os cargos de direção com respectivos e vencimentos são: superintendentes, isolado, R$ 4.500,00; Ouvidor, DAS-2, R$ 4.500,00; e coordenadores, DAS-1, R$ 4.000,00.
A expectativa dos vereadores é de que tão logo o projeto seja aprovado – podendo ser, inclusive, com emendas – seja sancionado pelo prefeito Assis Ramos e em seguida lançado edital do concurso público para preenchimento das vagas.

Estudo do CLP confirma fracasso do governo Dino


De acordo com pesquisa realizada pelo Centro de Liderança Pública (CLP), que avaliou o Ranking de Competitividade dos Estados, o Maranhão está entre as unidades da federação com o pior desempenho: caiu da vigésima para a 25ª posição.  “Isso mostra o fracasso do governo Flávio Dino”, destacou o deputado Hildo Rocha, em pronunciamento na tribuna da Câmara.

O levantamento baseia-se em 65 indicadores separados em 10 pilares que servem para balizar o desempenho dos gestores públicos de cada estado. Hildo Rocha enfatizou que, em ralação aos anos anteriores, o Maranhão piorou na segurança pública; na educação; na solidez fiscal e na eficiência da máquina pública estadual.

De acordo com o parlamentar, o fracasso, especialmente no que se refere à máquina pública estadual já era esperado porque o governador aparelhou os serviços públicos por meio de nomeação de “camaradas” para cargos-chave na administração estadual. “Dino aumentou a quantidade de cargos comissionados do maranhão que foram preenchidos por apadrinhados sem o devido preparo para o exercício das atividades. Dessa forma, o resultado só poderia ser a ineficácia da máquina administrativa estadual”, declarou.

Situação vergonhosa
O deputado lamentou o retrocesso constatado por meio do estudo. “É triste ver que o governador está afundando o Maranhão. Quando informações dessa natureza são divulgadas os investidores ficam apreensivos, deixam de investir. Isso, logicamente, afeta a economia, enfraquece o mercado e provoca desemprego porque ninguém quer aplicar recursos onde não há solidez fiscal e regras confiáveis”, frisou Hildo Rocha.

Mais impostos
O parlamentar ressaltou que a política econômica de Flávio Dino está sufocando empresas de todos os tamanhos. “Hoje praticamente todos as empresas, grandes, médias e pequenas, não aguentam mais pagar imposto porque o governador aumentou as taxas de forma afrontosa”, disse Hildo Rocha.

Mudança de gogó
O deputado lembrou que durante a campanha eleitoral, Dino dizia que iria transformar o Maranhão num dos melhores estados da federação. “Prometeu que iria melhorar em todos os setores, mas, a pesquisa diz justamente o contrário: o Maranhão está muito pior no social;  na saúde pública e na educação. Isso mostra o fracasso total do governo Flávio Dino”, asseverou Hildo Rocha.

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Hildo Rocha entrega casas populares em Cantanhede e participa de eventos em Ribamar e São Domingos


No último fim de semana, o deputado federal Hildo Rocha participou da entrega de 32 casas nos povoados Pataqueira, São Domingos e Pitomba, no município de Cantanhede. Os imóveis foram financiados pelo governo federal por meio do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), no âmbito do programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV).

Rocha destacou que as casas possuem dois quartos; piso revestido de cerâmica; banheiro e são forradas. “Agora, famílias que moravam em casas inadequadas e inseguras passam a morar em imóveis de alvenaria com mais conforto, adquiridas por meio do PNRH. Graças a esse programa e ao apoio da prefeitura de Cantanhede, que tem à frente o prefeito Ruivo, hoje temos a felicidade de entregar essas casas para moradores da zona rural de Cantanhede”, declarou o deputado.

Apoio fundamental
O prefeito Marco Antônio (Ruivo) lembrou que o apoio do deputado Hildo Rocha foi fundamental para a concretização do projeto. “Eu quero agradecer e parabenizar o esforço do deputado Hildo Rocha por ter nos ajudado a realizar esse sonho. É bom contar com pessoas que conhecem a realidade pois isso faz com que as ações realmente cheguem às pessoas que tem necessidade”, frisou o prefeito.

Além do deputado Hildo Rocha e do prefeito Ruivo também participaram do evento o vice, Dr. Elvy; o chefe de Gabinete, Bruno Bezerra; a primeira dama, Leidiane Chaves; a secretária de desenvolvimento Social, Paula Souto; o adjunto, José Castro; a secretária da Mulher, Betânia Soares; o secretário adjunto de Saúde, Alex Baima; o secretário de Esportes, Cezar Cantanhede; o secretário de Meio Ambiente, José Raimundo Lima; o presidente da câmara, Dênis Roberth e os vereadores Alan Bajara e Manoel Veras.

Escola de Música
Ainda como parte das atividades realizadas no final de semana, Hildo Rocha participou da reinauguração da Escola de Música Municipal Maestro Nonato, em São José de Ribamar. A instituição foi criada em 2008 pelo prefeito Luís Fernando e agora reformada pelo gestor que administra a cidade pela terceira vez. “Luís Fernando é um homem público que valoriza a cultura do seu município. Logo, é compreensível que em menos de um ano de mandato tenha revitalizado a escola de música do município onde aproximadamente 300 alunos terão a oportunidade de aprender música, tocar e aprimorar os seus talentos”, destacou Hildo Rocha.

São Domingos do Maranhão
O deputado esteve ainda em São Domingos do Maranhão onde participou de eventos alusivos ao aniversário de 65 anos de emancipação política e administrativa do município. Ao lado do prefeito, Zé da Folha; do vice Clodomizinho; do deputado estadual Antônio Pereira; dos vereadores Astolfo; Irislane e Brás; de secretários municipais e lideranças, o deputado assistiu ao show de calouros promovido pela prefeitura como parte da programação cultural em homenagem à cidade. Ao final, do evento, Rocha participou da entrega de prêmios aos vencedores da competição.

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Projeto do deputado Wellington tira o ‘3º dígito’ dos combustíveis vendidos nos postos de gasolina no Maranhao


O deputado estadual Wellington do Curso (PP) apresentou o Projeto de Lei (PL) Nº 248/2017, que elimina o terceiro dígito de centavo do preço do litro de combustível vendido nos postos de gasolina em todo o Estado. Se o PL for sancionado pelo Governador, os preços da gasolina comum e da aditivada, do etanol e do diesel deverão ser calculados com dois dígitos de centavos.
Ao justificar a medida, o deputado Wellington disse acreditar que a proposta tornará a política de preços mais transparente.
“Colocar o terceiro dígito acaba por ser uma estratégia que induz o consumidor a comprar o falso barato. A extinção do terceiro dígito não será refletida em preços mais altos. O proprietário vai continuar tentando conquistar o motorista e, assim, não arredondará o preço para cima. Sabemos que em resolução de 2013, a ANP já proíbe a multiplicação utilizando os três dígitos na hora de fechar o valor da conta. De acordo com o texto, os preços deverão ser expressos com três casas decimais no painel de preços e nas bombas medidoras, porém, o valor total a ser pago deve considerar apenas duas casas decimais, desprezando-se as demais. Isso já é uma realidade no Paraná, por exemplo. Implantar essa medida no Maranhão, principalmente em um cenário em que o combustível sofreu um aumento, certamente, trará consequências positivas para a nossa população”, disse Wellington.

MP é prova da falta de plano de governo e desprezo de Dino pelos indígenas



Em pronunciamento na tribuna da Câmara Federal o deputado Hildo Rocha disse que a Medida Provisória editada por Flávio Dino, criando Programa de Transporte Escolar Indígena, depois de quase três anos de governo é a prova de que o governador não tinha plano de governo. De acordo com Hildo Rocha, ao transferir para os prefeitos a responsabilidade pelo transporte dos estudantes indígenas Dino deixa bastante claro o desprezo pelos indígenas e a falta de compromisso com as minorias.   

“Se somente agora, faltando apenas 15 meses para o término do mandato, Dino criou o programa é porque não havia nenhum planejamento para governar o Maranhão. Também fica evidente que os mesmos prefeitos que o Flávio Dino não confia para fazer nem mesmo cinquenta metros de asfalto ele quer que os mesmos façam o transporte escolar indígena. Ou seja, o governo do estado não dá recursos para prefeito implantar asfalto mas vai dar dinheiro para fazer o transporte escolar indígena. Essa atitude mostra que para Flávio Dino asfalto é mais importante do que os índios’’, destacou o parlamentar.

Mobilização das lideranças indígenas
O deputado assegurou que o governador não dá a menor importância para as comunidades indígenas do estado. De acordo com o parlamentar, Dino só criou o programa porque as lideranças indígenas do Maranhão estiveram em Brasília por diversas ocasiões. “Participei, juntamente com as lideranças indígenas, de reuniões com representantes do governo federal, inclusive com o Ministro da Educação, Mendonça Filho. Somente depois que o problema chegou ao conhecimento das autoridades e também do Ministério Público Federal o governador resolveu lançar a medida provisória. Durante o governo. Dino não existe calendário escolar; aulas regulares; alimentação escolar; transporte; material didático; fardamento e respeito aos estudantes indígenas”, destacou Hildo Rocha.

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Hildo Rocha critica votação que adiou para 2020 o fim das coligações


Membro da comissão mista da reforma política, o deputado federal Hildo Rocha (PMDB/MA) fez duras críticas aos colegas de parlamento que votaram pelo adiamento do fim das coligações. De acordo com o deputado, a forma como a votação foi conduzida impediu a participação da população nos debates. “Lamentavelmente, na calada da noite mudam uma decisão que já havia sido amplamente debatida e aprovada na comissão especial da PEC 282”, argumentou o parlamentar.

Reforma achincalhada
De acordo com Hildo Rocha, o congresso não está realizando reforma política e sim uma farsa pois não reflete a vontade da população. O parlamentar disse que a sessão que sacramentou adiamento do fim das coligações para 2020 é o resultado de um acordo feito ao arrepio da vontade popular. “O correto seria cumprir o prazo de cinco sessões, conforme estabelece o regimento da Câmara, para permitir que a população pudesse opinar, por meio dos seus representantes”, declarou o parlamentar.

Como forma de reparar o que considera um equívoco, Rocha propôs o cancelamento da sessão. “Acho que a votação do segundo turno deveria ter sido agendada para a próxima semana, pois o que aconteceu hoje é um desrespeito porque se atropelou o regimento. A população quer o fim das coligações já a partir das eleições de 2018”, enfatizou.
Segundo o deputado, a manobra não passa de um disfarce. “Alguns colegas de parlamento apenas fingem que querem o fim das coligações. Muitos imaginam que sem as coligações não conseguirão se reeleger. Assim, decidiram adiar para 2020. Os vereadores mais uma vez serão cobaias. Essa situação sinaliza que, certamente logo depois das eleições dos vereadores em 2020, haverá um retorno ao status quo”, afiançou Hildo Rocha.

Responsabilidade
O parlamentar lembrou que por se tratar de uma proposta de mudança da constituição os colegas congressistas devem ser cautelosos e criteriosos. “Estamos debatendo uma PEC, não é uma lei ordinária que pode ser mudada a qualquer momento. O interstício de cinco sessões entre a votação do primeiro para o segundo turno está no regimento da câmara para dar um tempo de reflexão ao parlamentar e também para permitir se ouça a opinião do seu eleitor sobre o projeto de mudança na constituição federal. Então, a responsabilidade é muito grande. Nós temos que ouvir a voz das ruas, temos que saber o que a população pensa sobre o que estamos votando”, disse Hildo Rocha.

Subfederações partidárias
O deputado se posicionou contra a criação da subfederação e solicitou a votação em destaque do item. O parlamentar deixou claro o apoio à ideia da federação, mas contra a subfederação. “O senado não aprovou essa tese. Isso é uma invenção de alguns dirigentes partidários que tem interesse em formar as tais chapinhas que é um artifício nocivo, prejudicial para a nossa democracia”, argumentou.
O texto prevê que os partidos poderão compor uma federação para atuar durante toda a legislatura. Nessa hipótese, para efeito da distribuição do Fundo Partidário e do tempo de rádio e TV o desempenho dos partidos será avaliado em conjunto.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Hildo Rocha destaca importância da UEMA e lembra ações em benefício da instituição



Em pronunciamento durante Sessão Solene alusiva aos 35 anos de fundação da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), o deputado federal Hildo Rocha disse que a mais antiga instituição de ensino superior do Maranhão merece ser reconhecida e homenageada porque ao longo dos anos vem desenvolvendo um trabalho de qualidade no ensino, pesquisa e extensão. “O trabalho da UEMA certamente deve servir de exemplo para as demais instituições de ensino superior do Brasil”, destacou o parlamentar.

De acordo com Hildo Rocha, a admirável trajetória da UEMA, se reflete em números. “Em 2016 a instituição contava com quase 15 mil alunos matriculados em seus 121 cursos de graduação, ensino técnico, especialização,   mestrado e doutorado”, disse o deputado.

O parlamentar destacou ainda que a instituição está presente em praticamente todo o território maranhense. “Atualmente a instituição tem um Campus em São Luís e vinte centros de estudos superiores instalados em outras cidades. Além disso, a UEMA atua em 36 polos de educação de educação a distância e outras 20 localidades por meio do programa Darci Ribeiro”, declarou Hildo Rocha.


Ações em defesa da UEMA
O deputado lembrou que na condição de deputado federal lutou e conseguiu recursos para a construção de um ginásio poliesportivo no campus Paulo VI, em São Luís. “Os recursos estão garantidos, já foi feito o empenho. Agora, a universidade está fazendo o projeto para que em seguida a Caixa Econômica Federal possa aprovar e consequentemente iniciar a obra”, enfatizou o parlamentar.

Reforma e adequação do prédio de Itapecuru-Mirim
Hildo Rocha ressaltou que também conseguiu R$ 2 milhões que serão aplicados em obras de reforma e adequação do prédio que abriga a instituição no município de Itapecuru-Mirim. “É um polo importante que necessita de melhorias para que os alunos tenham o devido conforto e os professores melhor qualidade no seu ambiente de trabalho”, alegou.

Plano Diretor da Bacia do Itapecuru
O deputado destacou ainda que ajudou na articulação que possibilitou a aprovação emenda de bancada proposta pelo senador Roberto Rocha (PSDB/MA. “Por meio dessa ação, conseguimos R$ 5 milhões oriundos do orçamento geral da União, para financiar a elaboração do Plano Diretor do Rio Itapecuru. O estudo será realizado por técnicos da UEMA”, enfatizou Hildo Rocha.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017


Piada: Igreja é aprovada em seletivo no Governo Flávio Dino

por Jorge Aragão
Seria cômico se não fosse trágico. Quando você imaginou que já tinha visto de tudo no Governo Flávio Dino, eis que o deputado estadual Wellington do Curso aparece com uma denúncia sem precedentes: uma igreja foi aprovada em um seletivo realizado pela gestão do comunista.
Nesta terça-feira (19), Wellington do Curso levou à tribuna a grave denúncia de que, dentre os aprovados no seletivo da Secretaria de Administração Penitenciária do Maranhão (SEAP-MA), aparece o nome de uma igreja dentre os selecionados.
O Processo Seletivo foi realizado nos últimos dois meses, para preenchimento de quadro de reserva da SEAP para as unidades prisionais da cidade de Carolina, Sul do Maranhão.
Segundo o parlamentar, ao receber a denúncia, ele próprio averiguou a informação no site oficial da pasta, confirmando a irregularidade. No Edital N° 86/2017 (Processo Seletivo Simplificado) – 1ª Convocação para o Município de Carolina), na segunda página, consta o nome de uma Igreja, com a Inscrição de número 0000059652, que aparece como classificada para o cargo de Técnico Penitenciário Administrativo.
“Como pode aparecer o nome de uma Igreja selecionada para o cargo de Técnico Penitenciário Administrativo na relação de um Seletivo do Estado? Se a vaga era para pessoa física, como uma pessoa jurídica ganhou a vaga? A vaga reservada é para a igreja? Qual a explicação para uma igreja ser convocada para preenchimento da vaga? Além disso, na primeira página do Edital de Convocação N° 86/2017 encontramos outra irregularidade, que se trata do selecionado com a inscrição de N° 0000062017, identificado apenas com o nome “Alfredo”. Quem é esse Alfredo? Alfredo de quê? Não tem sobrenome? São graves denúncias que precisam ser esclarecidas pelo governador Flávio Dino”, questionou o deputado Wellington.
E assim segue o Governo Flávio Dino no Maranhão, até aprovando igreja em seletivos, realmente aí sim é mais que uma mudança, é uma inovação.

Deputado Fábio Braga participa de inaugurações em Peritoró



Braga discursa em Peritoró, ao lado do prefeito e do governador
O deputado Fábio Braga (SD), acompanhado da sua esposa Ana Elizabeth Fecury, integrou, no último sábado, 16, a comitiva do Governo do Estado que esteve em Peritoró inaugurando obras e assinando ordens de serviços de um pacote de investimentos.
Ao lado do governador Flávio Dino (PCdoB), do prefeito Padre Josias, de deputados, de secretários e de populares, Fábio Braga esteve na inauguração da Escola Municipal Francisco de Assis, no povoado quilombola Peritoró dos Pretos, distante cerca de 17 quilômetros da sede do município. A moderna, ampla e equipada escola integra as ações do Programa Escola Digna, com o qual o governo do estado substitui escolas de barro e de palha por prédios de alvenaria adequadamente equipados. Esta já é a terceira Escola Digna entregue no município e mais uma será construída nos próximos meses.
Ainda em Peritoró, a Biblioteca Farol do Saber e duas escolas estaduais passaram por reforma e foram entregues a população. As obras incluíram melhorias nas estruturas físicas, como teto e pisos, na cobertura com revisão das madeiras e das telhas de cerâmica, troca do forro, revisões elétricas e hidráulicas e instalações de lâmpadas fluorescentes.
“Peritoró vive hoje um novo momento. São ações desenvolvidas na Educação, na Saúde e na Infraestrutura”,destacou com muita alegria o prefeito Padre Josias.
 
Foram também assinadas ordens de serviço para início de ações do programa Mais Asfalto, para reforma e revitalização do Mercado Municipal do povoado Independência e de uma praça no povoado Livramento, antigo sonho da comunidade que agora será realidade através da parceria da prefeitura com o governo do estado.
“Estou muito feliz com esta obra de construção da praça do povoado Livramento, pois era um sonho antigo dos moradores da comunidade e eu e o padre Josias por diversas vezes estivemos reunidos com as autoridades estaduais em busca deste recurso”, comemorou o deputado Fábio Braga.

Deputado Léo Cunha indica melhorias para o município de Pastos Bons



O deputado estadual, Léo Cunha (PSC) encaminhou ao governador Flávio Dino (PCdoB) e aos secretários de Saúde, Carlos Lula, de Infraestrutura, Clayton Noleto e de Segurança, Jefferson Portela, pedidos de indicações com o intuito de levar melhorias para o município de Pastos Bons.
Para a Saúde, o parlamentar protocolou junto a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Maranhão a proposição de número 985/17 que solicita a aquisição de uma ambulância para a sede do município, com o objetivo de minimizar o sofrimento dos doentes e seus familiares, viabilizando o oferecimento de um atendimento de saúde digno para a população.
O pedido protocolado com o número 1069/17, demanda a construção de uma praça para o Povoado Troia, de acordo com Léo Cunha, a obra é um antigo anseio da população. “Os moradores do povoado e das regiões vizinhas, há bastante tempo esperam por um ambiente de lazer, a construção de uma praça vai melhorar a qualidade de vida da comunidade com a prática de atividades físicas e entretenimento”, explicou.
Já a indicação de número 1053/17 pede a aquisição de uma viatura policial com a finalidade de reforçar a segurança nos bairros, levando mais tranquilidade para moradores que sofrem com a sensação de insegurança. “Espero que o governador Flávio Dino e o secretário de Segurança Jefferson Portela atendam ao nosso pedido, pelo bem das comunidades de Pastos Bons que têm sofrido com casos de violência. A nova viatura será um grande investimento para reforçar a segurança e garantir maior comodidade aos moradores”, enfatizou o deputado Léo Cunha.

Ministro diz que Roseana não cometeu irregularidade com verba de enchentes



O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, emitiu na segunda-feira, 18, um ofício que desmente informação divulgada há uma semana pela imprensa ligada ao governador Flávio Dino (PCdoB) dando conta de suposta auditoria apontando desvios de recursos no governo Roseana Sarney (PMDB).
Segundo o documento, o processo que culminou com a liberação de verbas de R$ 35 milhões para execução de obras e ações emergenciais no Maranhão, no ano de 2009, após enchentes que atingiram 68 municípios, nunca passou por qualquer auditoria da pasta.
“Esclareço não ter sido o referido processo objeto de auditoria, nem constatar qualquer irregularidade a pessoa de Vossa Senhoria quando no exercício do cargo de Governadora do Estado do Maranhão”, diz Barbalho, que assinou o ofício.
A informação oficial do Ministério da Integração Nacional encerra uma suspeita levantada pela mídia ligada ao Palácio dos Leões e endossada pelo próprio Flávio Dino: a de que Roseana teria atuado para desviar recursos do governo federal enviados ao Maranhão durante as graves enchentes de 2009.
Diante da ampla divulgação das supostas irregularidades, o governador chegou a recorrer à redes sociais, em sua página pessoal, para condenar a adversária. No dia 10 de setembro, após as primeiras publicações acusando Roseana, Dino foi à internet manifestar-se sobre o assunto.
“Registro minha indignação com aqueles que no Maranhão tiveram a coragem de roubar dinheiro destinado a vítimas de enchentes. Repugnante. Infelizmente não devemos nos surpreender com o que essa gente é capaz. Mas até dinheiro de vítimas de enchentes é realmente abjeto”, disse, numa espécie de endosso das falsas denúncias.


Flávio Dino condena Roseana: vai se retratar?
Ligações
A denúncia dos governistas foi vista por membros do PMDB como parte de um enredo para tentar ligar o nome da a ex-governadora Roseana Sarney ao de Geddel Vieira Lima, que foi novamente preso há duas semanas.
As suspeitas dos peemedebistas assentam-se no fato de que as notícias sobre o suposto desvio de recursos do Ministério da Integração Nacional – que em 2009 era comandado por Geddel – começaram a ser publicadas e replicadas pelos comunistas apenas após dias após a apreensão de R$ 51 milhões em dinheiro vivo que haviam sido escondidos pelo ex-ministro em um apartamento no centro de Salvador (BA).
De posse do documento que a isenta de qualquer irregularidade no caso, Roseana Sarney deve agora buscar reparação pelos danos sofridos nos últimos dias.

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Luta vitoriosa: ministro acata reivindicação de Hildo Rocha e confirma implantação de CIE em Açailândia

Picciani confirmando ao deputado Hildo Rocha a liberação dos recursos


Uma antiga reivindicação do deputado federal Hildo Rocha, junto ao Ministério do Esporte, finalmente foi atendida. Durante audiência, o ministro Leonardo Picciani confirmou a liberação de recursos para a implantação do Centro de Iniciação ao Esporte de Açailândia (CIE). O pleito foi originado a partir de demanda apresentada pelo secretário de esporte Glen Soares; pelo presidente da Câmara municipal, vereador Ceará e alguns integrantes do parlamento municipal, que solicitaram ajuda de Hildo Rocha.

“Agradeço o ministro Leonardo Picciani pela atenção e pelo compromisso cumprido. Ele tinha dito que até setembro deste ano resolveria o problema do centro de Centro de Iniciação ao Esporte de Açailândia e assim foi feito. O ministro confirmou a liberação dos recursos necessários e em poucos dias será iniciada a construção desse equipamento esportivo na cidade de Açailândia”, destacou Hildo Rocha.

Dificuldades resolvidas
O deputado ressaltou em outras oportunidades participou de reuniões com o ministro, juntamente com o secretário de esporte; com os vereadores Ceará (presidente da Câmara Municipal); César Costa; Evandro Gomes; Fânio Mania; Heliomar Laurindo; irmão Jorge e Joilson Cardoso. O deputado estadual Léo Cunha também teve participação na conquista do empreendimento.  

“Existiam enormes dificuldades que foram resolvidas pelo secretário Glen Soares. É um projeto antigo há muito tempo esperado pela população. O prefeito Juscelino também tratou desse assunto comigo e agora temos a satisfação de anunciar que o ministro Leonardo Picciani autorizou a liberação dos recursos para que seja construído o CIE de Açailândia”, frisou Hildo Rocha.

O deputado destacou ainda a liberação de recursos para obras que já estão em andamento nos municípios de Estreito, Campestre e outras localidades.

Repugnante o patrulhamento contra Fernando Júnior por ter ousado fazer pesquisa para governador do Maranhão




Estarrecedor e preocupante o patrulhamento exercido por alguns jornalistas e outras pessoas que se acham militantes do Jornalismo simplesmente porque criaram um blog para manifestar seus pontos de vista de outros interesse$ contra o jornalista e empresário Fernando Júnior por ter ousado mostrar os números de uma pesquisa realizada pelo seu Instituto Escutec na qual são mensuradas intenções de voto para presidente da República, governador do Estado e Senado, com opiniões colhidas junto a 2.020 eleitores em 60 municípios distribuídos em seis regiões do Maranhão.

Ninguém questiona o fato dele ter identificado com esta consulta 63% dos entrevistados dispostos a votar pelo retorno do ex-presidente Lula ao Palácio dos Planalto em 2018, tampouco o fato de ter encontrado apenas 2,3% possíveis eleitores para a reeleição do presidente Michel Temer e somente 1,9% simpatizantes das candidaturas de Geraldo Alckmin ou João Dória Júnior, tampouco se reclama dele ter encontrado 58,7% de moradores dos municípios onde a pesquisa foi aplicada que aprovam os seus gestores.

O erro de Fernando Júnior com esta pesquisa foi ter revelado que 36,9% dos entrevistados dizem que votarão em Roseana Sarney para o Governo do Estado contra 33% dos simpatizantes da reeleição do governador Flávio Dino (PCdoB) e ter achado ainda 15% prováveis eleitores de Sarney Filho e 13% de Edison Lobão para o Senado, ou seja, ele nunca deveria ter feito uma revelação desse tipo.

Também incomodou os patrulhadores das mídias sociais o fato de 49,8%, segundo o Escutec, desaprovarem a administração do governador, ou seja, criou-se um ambiente de intolerância no Maranhão, onde agora é proibido divergir, pois sempre que isto ocorre entram em ação os agentes recrutados para desconstruir a imagem de quem contrariou a pregação oficial, e isto é preocupante, pois tem-se a impressão de estar o Maranhão caminhando para o Absolutismo, não sendo permitido a ninguém contrariar o pensamento do rei.

É de se imaginar se essas pessoas em vez de "Jornalismo" exercessem outras atividades. Se fosse a Medicina, certamente deixariam morrer qualquer paciente que discordasse do seu ponto de vista quando buscasse socorro num hospital em que trabalhassem; se fosse Polícia, negariam proteção a adversários do chefe e não tomariam nenhum medida contra quem ameaçasse, matasse, estuprasse, desde que fosse um aliado do rei; se fosse Justiça, condenação certa a esses abusados opositores. 

A maior desgraça disso que se assiste agora é que não faltarão atores para entrar em cena quando surgirem números diferentes dos revelados pelo Instituto Escutec, ou seja, que os responsáveis por outras pesquisas preparem o lombo para as chibatadas, pois não faltam capatazes neste território de escravidão mental. Infelizmente!Do Blog do Aquilis Emir

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

"É preciso gerar vagas de emprego ao invés de ficar fazendo propaganda enganosa", diz deputado Wellington ao lamentar que o MA seja o estado com pior qualidade de vida do país


 
O deputado estadual Wellington do Curso (PP) lamentou o resultado de pesquisa realizada pela consultoria Macroplan que mostra que o Maranhão é o estado com a pior qualidade de vida do país. O resultado da pesquisa foi publicado nesta quinta-feira (14), pela Revista Exame.
 
O Índice dos Desafios da Gestão Estadual (IDGE), desenvolvido pela consultoria, avalia a situação de todas as unidades da federação em 28 indicadores agrupados em nove áreas. O ranking vai de 0 a 1 – quanto mais próximo de zero, pior é a condição de vida no local. Com base nos números apresentados pela pesquisa, o deputado Wellington questionou QUAL A MUDANÇA QUE OCORREU NO MARANHÃO. 
 
“De acordo com o levantamento, o Maranhão alcançou a pior pontuação (0,432) por apresentar um péssimo desempenho nas áreas analisadas —  saúde, segurança, gestão pública, educação, juventude, infraestrutura, condições de vida e desenvolvimento social e econômico. Ao analisar os 28 indicadores, o estado vai muito mal em igualdade social. Houve uma perda significativa quanto à igualdade de renda. Já estamos há  quase 03 anos nesse ‘novo momento’ e fica o questionamento: as mudanças são de fato ou apenas virtuais? Na propaganda? Os erros do passado continuam presentes? Em escolas abandonadas, hospitais sem estrutura e insegurança? ONDE ESTÁ A MUDANÇA? Precisamos de ações efetivas que, de fato, impliquem no desenvolvimento do nosso Maranhão”, questionou Wellington ao lamentar a situação.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Agenda de amanhã (14/09) na Fecoimp 2017



A edição de 2017 da Fecoimp (Feira do Comércio e da Industria de
Imperatriz) segue até o dia 16 de setembro, no Centro de Convenções. Veja a
agenda de amanhã, quinta-feira (14) e programe-se:
Palestra Magna
Data: 14 de Setembro de 2017
Com Sandra Pires – Embaixadora do Esporte, ex-jogadora de vôlei de praia e a
primeira brasileira campeã olímpica.
Hora: 19h30
Local: Palácio do Comércio
Inscrições: fecoimp.org/cursos
Cursos e Palestras
Data: 14 de Setembro de 2017 - Inscrições: fecoimp.org/cursos
8h - Excel Básico
14h - Corrida de Startups
17h - Nutrição e Alimentação
18h - Business Experience Event
19h - Oficina Modelagem Canvas
19h - Excel Avançado
19h - Novidades do E-Social
19h - Noções de Dicção, Desinibição e Oratória
19h - Autossabotagem, como Identificar as Armadilhas
19h - Os Desafios do Empreendedorismo Feminino em Imperatriz
20h - Palestra Lei Municipal de Inovação
21h - Sistemas Embarcados
21h - Lean Manufacturing: Identificando os 8 Desperdícios da Indústria 4.0 para
melhorar a Competitividade
21h - Como Elaborar um Currículo
Programação Cultural
Data: 14 de Setembro de 2017
19h30 – Grupo de dança Balé Junino

Fone: (99) 98111.1818 | Imperatriz, MA
E-mail: contato@palavracomunicacao.com.br
www.palavracomunicacao.com.br

20h - Sarau do Xico
21h - Show Baião de Dois
Programação do Salão do Empreendedor
Data: 14 de Setembro de 2017
Seminário Desafios do Crescimento
Palestras e palestrantes:
Inovação como fator de Crescimento – Thallis Gomes
99,9% Não é 100%. Você pode Mais – Marcos Scaldalai
Horário: 15h00 – 18h00
Local: Primeira Igreja Batista de Imperatriz
Valor da Inscrição: R$ 50,00
Palestra: Embalagem Como Diferencial Competitivo
Palestrante: João Raposo
Horário: 18h00 às 19h00
Local: Arena Inovação
Quantidades de vagas: 40
Palestra: Indústria 4.0
Palestrante: Especialista SENAI
Horário: 19h15 às 20h15
Local: Arena Inovação
Quantidades de vagas: 40
Palestra: Design Thinking – Inovação Pela Criação De Valor Para O Cliente
Palestrante: João Raposo
Horário: 20h30 às 21h30
Local: Arena Inovação
Quantidades de vagas: 40
Palestra: Fotografia Para Conteúdo Digital - Esta Pode Ser Um Componente Essencial Para
A Sua Estratégia Digital

Fone: (99) 98111.1818 | Imperatriz, MA
E-mail: contato@palavracomunicacao.com.br
www.palavracomunicacao.com.br

Palestrante: Vinicius Gallotti
Horário: 21h45 às 23h00
Local: Arena Inovação
Quantidades de vagas: 40
Palestra: Franchising Como Alternativa De Negócio
Palestrante: Marise Abdalla
Horário: 18h00 às 19h00
Local: Arena Empreendedorismo
Quantidades de vagas: 40
Palestra: Os Benefícios De Uma Equipe De Alta Performance
Palestrante: Nábia Ribeiro
Horário: 19h15 às 20h15
Local: Arena Empreendedorismo
Quantidades de vagas: 40
Palestra: Ferramentas Para Não Especialistas – Como Gerar Economia Com Diversas
Ferramentas Digitais Gratuitas
Palestrante: Marcos Vanbasthen
Horário: 20h30 às 21h30
Local: Arena Empreendedorismo
Quantidades de vagas: 40
MEETUP: Aprendendo Com Os Grandes
Palestrantes: Tallis Gomes – Easy Táxi / Marcos Scaldelai – Academia Brasileira De
Marketing E Ex Presidente Da Bombril
Horário: 21h45 às 22h30
Local: Arena Empreendedorismo
Quantidades de vagas:

Câmara dos deputados realiza Sessão Solene em homenagem aos Profissionais da Administração



A Câmara dos Deputados realizou, nesta segunda-feira (11), Sessão Solene em homenagem ao Dia do Profissional de Administração. A solenidade foi realizada por iniciativa dos deputados federais Hildo Rocha (PMDB/MA) e Izalci Lucas (PSDB-DF). Os parlamentares compuseram a mesa solene juntamente com o presidente em exercício do Conselho Federal de Administração (CFA), Adm. Carlos Henrique Mendes da Rocha; o presidente do Conselho Regional de Administração do Distrito Federal (CRA-DF), Adm. Udenir de Oliveira Silva; o Diretor de Relações Internacionais e Eventos do CFA, Adm. André Luís Saoncela; o Diretor de Desenvolvimento Institucional do CFA, Adm. Rogério Ramos; e da Diretora da Câmara de Estudos e Projetos Estratégicos, Adm. Sônia Ferraz.

A sessão contou, ainda, com a presença dos presidentes dos CRAs, Conselheiros Federais, além de professores e estudantes de Administração de várias faculdades de Brasília. Os deputados federais Janete Capiberibe (PSB-AP), Mauro Pereira (PMDB-RS) e Cristina Almeida (PSB-AP) também prestigiaram a homenagem.

Administrador de formação, Hildo falou do orgulho em fazer parte da categoria. Tomado de satisfação e orgulho por fazer parte dessa categoria, parabenizo os administradores e administradoras pelo nosso dia”, declarou o parlamentar.

Rocha fez um breve histórico do surgimento da profissão no Brasil. “A data, oficializada pela Lei nº 12.967, de 2014, alude ao dia em que foi regulamentada a profissão de administrador: 9 de setembro de 1965. “Naquela época, a profissão já se encontrava consolidada em alguns países, mas ainda era nova no Brasil. Foi apenas em 1946 que a Universidade de São Paulo (USP) passou a oferecer o curso de Administração. Em 1952, surgiu a Escola Brasileira de Administração Pública (EBAP), no Rio de Janeiro e, em 1954, a Escola de Administração de Empresas de São Paulo (EAESP), ambas ligadas à Fundação Getúlio Vargas (FGV). Essas prestigiosas instituições atendiam, então, às demandas de um acelerado crescimento econômico, ligado à industrialização que começava a ganhar força País, destacou o parlamentar.

De acordo com o deputado, a regulamentação da profissão de administrador, na década de 1960, veio num contexto de crescimento acentuado das grandes empresas. Naquele modelo de desenvolvimento econômico, crescia a complexidade dos negócios, que passavam a enfrentar novas necessidades e desafios.  “Os administradores, donos de competências que se tornavam cada vez mais relevantes, passaram a ser indispensáveis para o bom funcionamento tanto das empresas privadas quanto dos órgãos do serviço público”, enfatizou Rocha.

As transformações e desafios do mercado e do setor público também foram lembradas pelo parlamentar. “Surgiram novas necessidades e, junto a elas, evoluíram os antigos padrões e técnicas; desenvolveram-se novas formas de gerir recursos, novos procedimentos, novas tecnologias. Os administradores – cuja formação acadêmica fornece as habilidades técnicas e relacionais necessárias para estar sempre a par das inovações e sempre preparados para vencer os desafios – estiveram presentes na criação de soluções ao longo de todas essas décadas de avanços e retrocessos”, destacou o deputado.

Relevância
Rocha disse que em situações de crise, como a que atualmente o Brasil vivencia, evidencia-se com maior clareza a relevância do papel desempenhado pelos profissionais da administração. O deputado lembrou que tanto no setor público quanto nas empresas privadas, a necessidade de cortar gastos e reduzir os custos operacionais se impõe. “Nesse cenário de escassez de recursos, a recuperação da economia baseia-se também em uma gestão competente, capaz de promover racionalidade organizacional. E é aí que o papel dos administradores ganha ainda mais importância. Assim, rendo homenagens a esses profissionais, com a certeza de sua enorme relevância para o País. Parabenizo ainda aos milhares de estudantes que estão se formando para exercer essa profissão, com augúrios de que possam aplicar suas habilidades para o crescimento de um País que se recupera”, finalizou Hildo Rocha.

Homenagem do CFA
Ainda como parte das comemorações, o Conselho Federal de Administração (CFA) entregou ao deputado Hildo Rocha uma placa de agradecimento pela realização da Sessão Solene alusiva ao dia dedicado à categoria e por outras iniciativas do parlamentar em prol do aprimoramento da profissão.