segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

PESQUISA DE INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O NATAL 2017 NA CIDADE DE IMPERATRIZ-MA



A pesquisa de intenção de consumo para o Natal 2017 na cidade de Imperatriz demonstrou que 45,3% dos consumidores utilizarão seu décimo terceiro para pagar dívidas e realizar compras. O estudo foi realizado pelo Departamento de Economia da Faculdade de Educação Santa Terezinha – FEST, que entrevistou 878 pessoas, entre homens e mulheres com mais de 18 anos, por meio de um formulário online aplicado aos consumidores da cidade durante os dias 01 a 04 de dezembro de 2017. A margem de erro da amostra é de 3,3% e a margem de segurança é de 95%.

Utilização do 13° Salário.

Fonte: Departamento de Economia FEST.
De acordo com o levantamento realizado, a utilização do décimo terceiro salário por parte dos imperatrizenses estará dividido entre o pagamento de dívidas e a realização de compras (45,3%), enquanto que mais de ¼ , ou seja, 26,4% utilizará essa renda extra no final do ano apenas para o pagamento de dívidas. Uma parte ainda afirmou que seu uso estará dividido entre a realização de compras e outra parte será poupada, sendo o percentual de 17,9%. Um dado que chamou à atenção é que apenas para a utilização para realizar compras ou para guardar como forma de poupança alcançaram níveis inferiores à 10%, mais precisamente 5,8% e 4,6% respectivamente.







Pretensão de compras.

Fonte: Departamento de Economia FEST.
Um questionamento importante a ser feito é sobre o que pretendem comprar nesse período que antecede o natal e nesse quesito a pesquisa apontou que mais da metade (51,8%) pretendem adquirir produtos do segmento de vestuário, 28,4% responderam que farão a aquisição de calçados e em seguida aparece gastos relacionado a viagens (13%), desbancando o gasto com brinquedos que dessa vez ficou em quarto lugar na preferência de consumo por parte dos imperatrizenses com 11,7%. Ainda aparecem citados na pesquisa perfumaria (10%), celular (6,2%), cama, mesa e banho (5,3%), chocolates (3,4%), joias (3,3%) e outros (36%). É importante observar que os entrevistados podiam escolher até três itens.
Atrelado ao que pretendem adquirir, questionou-se quantos presentes pretendem comprar e o maior percentual foi de apenas um produto (25,9%), seguida da intensão de comprar dois presentes (25,5%), três presentes (17,8%), quatro presentes (11,9%). Considerando famílias maiores em que a intensão será de não deixar ninguém sem ganhar ao menos uma lembrancinha, 18,9% do público afirmou o desejo de comprar mais de 4 presentes neste Natal.










Quanto pretende gastar.

Fonte: Departamento de Economia FEST.

O Natal é o período mais esperado pelos comerciantes por se tratar da data comemorativa em que os consumidores mais gastam com a compra dos presentes e dos preparativos para as festividades. Para este ano, o levantamento revelou que a faixa de valores mais citada pelos consumidores para os gastos natalinos foi superior a R$ 400, com 18,3% de indicação por essa quantia, seguido pela faixa entre R$ 151 a R$ 200 com 14,8%, e em terceiro lugar a faixa de até R$ 50,00, com 12,2%. No cálculo geral, a média de gastos ficou em R$ 227,44 e a média do valor por presente foi de R$ 83,54.









Meio de pagamento que utilizarão para pagar os presentes.

Fonte: Departamento de Economia FEST.

A forma de pagamento majoritariamente pretendido ser usado pelos consumidores imperatrizenses será à vista e tendo como meio de pagamento o dinheiro (59,7%). Para 27,6%, o meio utilizado será o cartão de crédito, 9,1% pretendem comprar à vista com o cartão de débito e apenas 2,8% pretendem fazer a aquisição dos presentes para o natal utilizando o crediário ou carnê de pagamento oferecido pelas lojas.

Onde pretendem comemorar.

Fonte: Departamento de Economia FEST.
A pesquisa demonstrou também o número de pessoas que pretendem comemorar o Natal na cidade de Imperatriz. O índice superou a porcentagem de consumidores que irão comprar presentes e chegou a 88,5% de entrevistados que irão de alguma forma comemorar a data. Apenas 11,1% afirmaram que não pretendem comemorar.
Por se tratar de uma festa tradicionalmente familiar, o Natal é comemorado na maioria das vezes em casa, como revelou o levantamento. Dos que afirmam que pretendem comemorar a data, 38,0% devem fazer a ceia natalina na própria casa, 33% escolheram a casa de parentes, 12,5% a casa dos pais, 6,0% a casa de amigos e apenas 0,9% afirmaram que deverão procurar um restaurante para a comemoração. Outros 9,6% ainda não definiram onde irão celebrar a data.

Onde pretendem comprar.

Fonte: Departamento de Economia FEST.

O centro comercial teve a preferência dos consumidores para as compras de Natal, ficando com 54,8% da predileção dos consumidores imperatrizenses, enquanto as lojas de Shopping ficaram na segunda posição na lista de locais para as compras de Natal com 43,0% da opção dos entrevistados. As compras pela internet vêm ganhando a força e já ocupa a terceira posição na hora de escolher o local de compras, com 10% de preferência pelos entrevistados. Também pontuaram no levantamento as lojas de bairro e galerias (5,5%), os supermercados (4,4%), o comércio informal (3,6%), as lojas de departamento (3,4%) e os catálogos (0,1%). Neste item, é importante observar que os consumidores poderiam escolher mais de um lugar.



Quais os motivos para comprar

Fonte: Departamento de Economia FEST.
Quando o assunto são os motivos que influenciam na decisão das pessoas na hora da compra, a pesquisa ressaltou que a dupla promoções (61,2%) e preços (43,3%) concentram o maior poder de influência sobre os consumidores de Imperatriz. Outros motivos que também surgiram no levantamento são a qualidade dos produtos (31,1%), recepção dos vendedores (11,3%), a variedade (10,3%). Para 3,2% das pessoas, a escolha da loja onde irão comprar acontece antes mesmo de sair de casa. Também neste item os consumidores poderiam escolher mais de uma opção.

A pesquisa de intenção de consumo para o Natal 2017 foi realizada pelo Departamento de Economia da Faculdade Santa Terezinha sob coordenação do Prof. Ronilson Sousa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário