quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Café literário discute saúde mental do trabalhador

Evento encerrou atividades da campanha Janeiro Branco, em Imperatriz

por Maria Almeida

A Secretaria Municipal de Saúde, Semus, promoveu na manhã desta quarta feira, 31, um café literário com o tema “Autoexame de saúde mental, como vai a sua?”. Participaram profissionais da Rede do Município, estudantes de psicologia e comunidade em geral. Objetivo é mudar a compreensão da sociedade sobre saúde mental e alertar o trabalhador para a necessidade de identificar problemas que podem afetar o psicológico.
Durante a discussão foi ressaltado que se a saúde mental não está bem, os demais setores da vida também não estarão. “É preciso ficar atento, para perceber quando seu psicológico está afetado, pois isso interfere diretamente no desenvolvimento de suas atividades diárias” – alerta a coordenadora da Rede, Maria Aparecida. Durante explanação foram apresentadas as principais características indicativas de patologia psiquiátrica e onde o indivíduo pode procurar ajuda dentro da estrutura do município.
A aposentada Irene Batalha acompanhou o café literário e parabenizou a iniciativa.  “Muito importante, antes eu não via a comunidade participando de palestras e movimentos como esses, que servem para esclarecer nossas dúvidas e diminuir nossas crendices. Muita gente tem vergonha dos seus problemas e acaba escondendo, até porque há muito preconceito, até com um simples remédio que a gente toma para dormir, por exemplo, mas aqui a gente encontra explicação para nossos conflitos e os caminhos que devemos seguir para termos as soluções”- pontuou.
O secretário de Saúde, Alair Firmiano, que também participou do evento, destacou a importância dessas ações e comentou sobre as melhorias previstas para saúde mental de Imperatriz. “Nesses encontros traçamos novas proposições para a logística de tratamento oferecida pelo município. Agora mesmo estamos reformando o Complexo de Saúde do Parque Anhanguera que vai abrigar também o Ambulatório de Saúde Mental, que funciona em local separado e em instalações inadequadas” – ressaltou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário