domingo, 28 de janeiro de 2018

Dia de cidadania no Alto Bonito registra mais de 20 mil atendimentos

Mutirão de consultas, entrega de cestas de alimentos e mudas tornaram-se a marca do programa

por Kayla Pachêco

Com apresentação de balé e dança do bumba meu boi, a Prefeitura de Imperatriz iniciou as atividades do programa "A gente faz cidadania" de 2018 na região da Grande Cafeteira neste sábado, 27. Mais de 20 mil atendimentos em menos de cinco horas confirmam a relevância do projeto orquestrado pela gestão municipal.
Em sua sétima edição, a ação tem levado mutirão de serviços às comunidades situadas em áreas distantes do Centro, para facilitar acesso aos atendimentos de responsabilidade da prefeitura.
Além da maratona de consultas em dez especialidades médicas, moradores de oito bairros receberam medicamentos, marcação de exames; cestas de frutas e legumes, doadas pelo Banco de Alimentos; lâmpadas de LED, pela Infraestrutura; mudas de plantas frutíferas e ornamentais, pelo Meio Ambiente; filhotes de ave e ração, pela Agricultura; orientações sobre regularização de imóveis; e ainda tratamento de beleza e recreação para as crianças; com recepção da fanfarra da Escola Municipal Castro Alves I e forró  pé de serra do Trio Cidade.
A Secretaria Municipal de Regularização Fundiária, também esteve presente com informações sobre títulos de propriedade, mediação de conflitos e cadastro de processos habitacionais. Defesa Civil e as secretarias da Mulher; Desenvolvimento Econômico, Trânsito; Infraestrutura, Fundação Cultural e demais órgãos municipais prestaram atendimento.
Ao acompanhar a prestação de serviços, o prefeito Assis Ramos agradeceu apoio da comunidade que esteve na Escola Maria das Neves e creche Jackson Lago, no Bairro Alto Bonito. "As dificuldades da gestão não é falta de vontade, é falta de recurso. Estamos empenhando todos os esforços para alcançar as melhorias que nosso povo precisa. E esse programa é fruto da nossa determinação em levar a gestão para o meio do povo", enfatizou ao anunciar a ampliação da Escola Municipal de Educação Infantil Jackson Lago, para atender à demanda por creche da região da Cafeteira.
Agradecimento - Gilbetnha Cardoso, gestora da Escola Maria da Neves, ressalta o impacto positivo que a caravana deixa na comunidade da Grande Cafeteira: "Nossa escola foi fundada há 10 anos e desde então nunca havia recebido nenhuma melhoria. Além de todos os serviços que beneficiaram as pessoas na manhã de hoje, ficamos imensamente agradecidos pela revitalização da escola e melhoria das ruas no entorno", confirma.


Nenhum comentário:

Postar um comentário