quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Entidades discutem processo de abertura de empresas

Proposta é facilitar o processo de emissão de alvarás em Imperatriz

por Luana Barros

Com objetivo de simplificar ações para emissão de alvará, foi realizada reunião conjunta do Comitê Gestor da Micro e Pequena Empresa, Conselho Empresarial de Desenvolvimento Econômico e Conselho Municipal de Empreendedorismo e Inovação, nesta quarta-feira,31, no Palácio do Comércio e Indústria de Imperatriz.
Participaram, também, representantes do Banco do Nordeste; Conselho Regional de Contabilidade; Secretaria da Fazenda e Gestão Orçamentária; Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos; Secretaria de Planejamento Urbano; Vigilância Sanitária; Sindicato dos Contabilistas de Imperatriz; Superintendência de Proteção e Defesa Civil; Fiema; Ceuma; UemaSul; Sebrae; Fiema/Senai e ACII.
Eduardo Soares, secretário de Desenvolvimento Econômico, explicou que a pauta surgiu a partir das dificuldades encontradas e apresentadas pelos contadores, empresários, microempreendedores individuais e todos os ramos que precisam do alvará para funcionarem. “Esta reunião é o melhor lugar, ambiente e momento para discutir isso. Nosso foco não é criar ou apenas apresentar os problemas, mas sistematizar a gestão pública municipal e todos os órgãos envolvidos para solucionar as barreiras”. Ele observou, ainda, que o objetivo é alinhar entre os entes envolvidos e traçar estratégias para otimizar o processo de abertura de empresas no município.
Diego Maciel, diretor de inovação da Sedec, acrescentou que tem a proposta de criar um sistema uniforme e simplificado, e estará disponível no Portal da Prefeitura o mais breve possível. "Iremos conversar com as equipes de cada secretaria, entender o fluxograma e todos os documentos necessários para emissão do alvará e aí sim facilitar a oferta dos serviços a partir da internet” - enfatizou.
O diretor explicou ainda que “o Banco do Nordeste participou da reunião, pois encontra dificuldades na liberação de algumas linhas de crédito, por falta de documentos das empresas, principalmente o alvará”. Um novo encontro foi marcado para o dia 07 de fevereiro, no mesmo horário e local.


Nenhum comentário:

Postar um comentário