sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

São Luis e Açailandia, estão entre as que mais empregaram e mais demitiram em 2017

O Brasil fechou 20.832 postos com carteira assinada em 2017, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (26) pelo Ministério do Trabalho. O Rio de Janeiro (RJ) foi a cidade que mais perdeuempregos formais no país, enquanto Joinville (SC) foi a cidade que mais criou vagas com carteira assinada no ano passado. No Maranhão, São Luis, está entre as 50 cidades que mais criou enquanto que Açailandia está entre as 50 que mais fecharam postos de trabalho
  • 3.181 cidades contrataram mais do que demitiram
  • 2.244 cidades demitiram mais que contrataram
  • 234 municípios demitiram e contrataram na mesma proporção
O ano de 2017 foi o terceiro consecutivo com perda de vagas formais. Com a retração no mercado de trabalho, o Brasil encerrou o ano com um total de 38,29 milhões de empregos com carteira assinada - o volume mais baixo desde o final de 2011.
  • O G1 fez um levantamento das 50 cidades que mais criaram e das 50 que mais fecharam vagas em 2017 entre os 5.659 municípios do país com base nos dados divulgados pelo Ministério do Trabalho nesta sexta-feira (26) . Veja abaixo:

50 cidades que mais criaram vagas formais em 2017:

  1. Joinville (SC): 5588 vagas
  2. Aparecida de Goiânia (GO): 4342
  3. Bebedouro (SP): 4203
  4. Goiânia (GO): 3880
  5. São Luís (MA):2636
  6. São José (SC): 2517
  7. Matão (SP): 2470
  8. Uberlândia (MG): 2175
  9. Marabá (PA): 2147
  10. Boa Vista (RR): 2145
  11. São José do Rio Preto (SP): 2120
  12. Pato Branco (PR): 2119
  13. Votuporanga (SP): 2081
  14. Pirassununga (SP): 2079
  15. Colômbia (SP): 1949
  16. Itaquaquecetuba (SP): 1911
  17. Resende(RJ): 1838
  18. Patos de Minas (MG): 1791
  19. Boituva (SP): 1764
  20. Teresina (PI): 1708
  21. Parnaíba (PI): 1678
  22. Rondonópolis (MT): 1660
  23. Mogi das Cruzes (SP): 1621
  24. Gravataí (RS): 1594
  25. Chapecó (SC):1589
  26. Anápolis (GO): 1533
  27. Aracruz (ES): 1527
  28. Sinop (MT): 1519
  29. Marília (SP): 1473
  30. Rio Verde (GO): 1472
  31. Palotina (PR): 1435
  32. Itajaí (SC): 1416
  33. Juazeiro (BA): 1405
  34. Várzea Grande (MT): 1403
  35. Goianésia (GO): 1319
  36. Araguaína (TO): 1302
  37. Comendador Gomes (MG): 1302
  38. Mafra (SC): 1301
  39. Rio Claro (SP):1295
  40. Suzano (SP): 1289
  41. Blumenau (SC): 1286
  42. Luís Antonio (SP): 1261
  43. Santo André (SP): 1181
  44. Monte Azul Paulista (SP): 1136
  45. Ji-Paraná(RO): 1121
  46. São Leopoldo (RS): 1117
  47. Brusque (SC): 1093
  48. Barcarena (PA): 1092
  49. Ponta Grossa (PR): 1038
  50. Santa Maria (RS): 1020

50 cidades que mais fecharam vagas formais em 2017:

  1. Rio de Janeiro (RJ): -55527 vagas
  2. São Paulo (SP): -14621
  3. Porto Alegre (RS): -9607
  4. Macaé (RJ): -8904
  5. Duque de Caxias (RJ): -8329
  6. Curitiba (PR): -7920
  7. Canaã dos Carajás (PA): -5909
  8. Recife (PE): -5464
  9. Lauro de Freitas (BA): -5361
  10. Osasco (SP): -5173
  11. Niterói (RJ): -4985
  12. Três Lagoas (MS): -3926
  13. Altamira (PA): -3890
  14. Fortaleza (CE): -3698
  15. Salvador (BA): -3696
  16. Florianópolis (SC): -3694
  17. Nova Iguaçu (RJ): -3478
  18. Campo Grande (MS): -3135
  19. Belo Horizonte (MG): -3099
  20. Maceió (AL): -3041
  21. Campos dos Goytacazes (RJ): -2992
  22. São Gonçalo (RJ): -2628
  23. Guarulhos (SP): -2269
  24. Santos (SP): -2252
  25. Aracaju (SE): -2209
  26. Rio Grande (RS): -2125
  27. Serra (ES): -1981
  28. Londrina (PR): -1970
  29. Belém (PA): -1969
  30. Itapevi (SP): -1908
  31. São José dos Campos (SP): -1895
  32. Jundiaí (SP): -1871
  33. João Pessoa (PB): -1812
  34. São Bernardo do Campo (SP): -1803
  35. Diadema(SP): -1750
  36. Petrópolis (RJ): -1676
  37. Guarujá (SP): -1672
  38. Cajamar SP): -1657
  39. Vitória do Xingu (PA): -1548
  40. Juazeiro do Norte (CE): -1508
  41. Barueri (SP): -1413
  42. Jaboatão dos Guararapes (PE): -1391
  43. Cláudia (MT): -1341
  44. Paulínia (SP): -1287
  45. Cubatão (SP): -1281
  46. Promissão (SP): -1238
  47. Caieiras (SP): -1219
  48. Angra dos Reis (RJ): -1204
  49. Barretos (SP): -1183
  50. Açailândia (MA): -1171

Nenhum comentário:

Postar um comentário