sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Ribeirinhos são transferidos para abrigos

Numa ação conjunta com diversos órgãos, Defesa Civil concentra esforços para garantir segurança da população

por Francisco Lima

Nível do Rio Tocantins, em Imperatriz, voltou a subir nesta quinta-feira, 8, e deixou famílias ribeirinhas desabrigadas. Até o momento,  monitoramento da Superintendência Municipal de Proteção e Defesa Civil registra elevação de sete metros acima do leito normal. Em parceria com as secretarias municipais de Infraestrutura, Limpeza, Planejamento Urbano, e Agricultura, equipe da Defesa Civil auxilia na mudança dos moradores atingidos para o Parque de Exposições Lourenço Vieira da Silva e e residências de familiares.
O superintendente da Defesa Civil, Josiano Galvão, disse que a vazão do rio vai aumentar até o fim de semana. “Estamos trabalhando diuturnamente na retirada dessas famílias e alojando no parque de exposições. Moradores que preferiram ir para casa de parentes, amigos ou outra localidade, também estão recebendo apoios de todos os órgãos envolvidos” - enfatiza.
Cerca de 50 famílias dos bairros Porto da Balsa, Caema e Curtume já tiveram as casas alagadas e foram retirados. "Todos estão cientes da possibilidade de enchente, entretanto, há aqueles que resistem em deixar suas casas. Até o momento 46 famílias já se retiraram" - afirma o superintendente.
O Parque de Exposições recebeu limpeza e dedetização nos abrigos para receber as famílias. O prefeito Assis Ramos agradece o "apoio de todas as instituições que se disponibilizaram em ajudar os ribeirinhos, como o Corpo de Bombeiros, pelo auxílio na remoção dos moradores, e o espaço cedido pelo Sindicato Rural de Imperatriz".
No início da semana, ribeirinhos foram alertados sobre o risco de enchente. "O rio subiu muito rápido, fomos avisados pela Defesa Civil a tempo e estamos recebendo toda a assistência da prefeitura nesse momento" - destacou a moradora Luciana Trajano.


Nenhum comentário:

Postar um comentário