quarta-feira, 21 de março de 2018

Cirurgias de cabeça e pescoço voltam a ser realizadas no Socorrão

Iniciativa diminui gastos e possibilita implantação de novos projetos na saúde pública

por Maria Almeida

Após 10 anos sendo realizadas em hospitais particulares conveniados ao Sistema Único de Saúde, SUS, as cirurgias de tireoide e nódulo da especialidade cabeça e pescoço voltaram a ser realizadas na estrutura pública. A primeira foi feita na manhã desta quarta feira, 21, no Centro Cirúrgico do Hospital Municipal, HMI- Socorrão.
Segundo o secretário de Saúde, Alair Firmiano, a exemplo das cirurgias da otorrinolaringologia, a realização desses procedimentos na rede privada onerava a Prefeitura de Imperatriz.  “Retornando para nossa estrutura, vamos economizar, pois os gastos com alugueis de leitos são altos. Os custos dos convênios são superiores aos investimentos feitos no nosso Centro Cirúrgico” – afirmou.
De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, esse processo faz parte do planejamento da  gestão, direcionado pelo prefeito Assis Ramos, para otimizar gastos e melhorar atendimento à população. “Os investimentos estão sendo feitos para que em breve todos os serviços do SUS, tanto da Atenção Básica quanto da Urgência e Emergência, sejam oferecidos nos dispositivos próprios” – ressaltou Alair.
Uma especialidade dentro da otorrinolaringologia, cirurgia de cabeça e pescoço trata tumores benignos e malignos da face e do pescoço, como exemplo, os tumores de tireoide, glândulas salivares, seios da face, faringe, laringe e boca.


Nenhum comentário:

Postar um comentário