sexta-feira, 30 de março de 2018

VLI investe na ampliação de 100% da sua frota de vagões de trens


0
A VLI, empresa de soluções logísticas que integram portos, ferrovias e terminais, está investindo na ampliação da frota de vagões utilizadas na Ferrovia Norte-Sul com a aquisição de 240 unidades da fabricante Greenbrier Maxion. Divididas em dois lotes, 238 unidades do modelo Hopper – HFT entraram em operação este mês. Dois vagões com entrega prevista para julho são do modelo Hopper – HTT e serão testados pela empresa no trecho.
O investimento está alinhado à estratégia de alavancar o corredor logístico Centro-Norte e vai aumentar a agilidade no escoamento dos grãos que saem do interior do país, passam pelos Terminais Integradores de Porto Nacional ou Palmeirante, em Tocantins, e seguem até Porto do Itaqui, em São Luís.
Os modelos Hopper são utilizados para transporte de grãos, açúcar, milho, soja, farelo, entre outros. Dotadas de um sistema de carga e descarga mais eficiente, as unidades novas também possuem o sistema “motion control” de alto desempenho, que reduz o atrito entre as rodas e o trilho, gerando menor consumo de combustível e menos desgaste.
Capacidade – O corredor logístico Centro-Norte passa a contar com quase 2.900 vagões, sendo o Hopper o modelo mais utilizado. De 2015 para cá, a frota utilizada na Ferrovia Norte-Sul foi quadruplicada.
A VLI movimentou volume recorde de grãos em 2017 no corredor alcançando 5,8 milhões de toneladas ante 4,2 milhões registrados em 2015. O desenvolvimento de novas demandas agrícolas nas áreas do Matopiba, nordeste do Mato Grosso, sul do Pará e norte de Goiás é acompanhado pela empresa.
“O plano de negócios da VLI tem um olhar especial para essa região. Apostamos no fomento dessa fronteira agrícola e avançamos nos últimos anos para dar suporte a todo crescimento. Aportes como esse reforçam o conceito de integração entre modais, capacidade e eficiência em toda a operação”, ressalta Fabiano Rezende, gerente do Corredor Centro-Norte da VLI.
Sobre a VLI – A VLI tem o compromisso de apoiar a transformação da logística no país, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). Escolhida como uma das 150 melhores empresas para se trabalhar pela revista Você S/A, a VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário