segunda-feira, 7 de maio de 2018

Alunos da EJA participam de projeto de valorização da cultura local

Escolas da zona rural serão contempladas com visitas aos lugares turísticos de Imperatriz

por Sara Ribeiro

Alunos da Educação de Jovens e Adultos, EJA, da Escola Municipal Afonso Pena, do Povoado 1700 e Moreira Neto, Povoado Lagoa Verde, participam nesta terça-feira, 8, de abertura do projeto Redescobrindo a Cidade. Com proposta de valorização da cultura regional, ação objetiva apresentar a cidade de Imperatriz, desde o seu hino, pontos turísticos e obras literárias aos alunos da zona rural que não são familiarizados a essa realidade.
“Nós pensamos nesse projeto devido aos relatos dos estudantes, que muitos sequer conhecem direito o lugar em que vivem. Com participação de mais de 50 alunos, projeto irá familiarizá-los com sua própria cultura” – informou Maria do Perpétuo Socorro Martins Carvalho, supervisora da EJA, no campo.
Na programação da abertura, haverá declamação da poesia “Arremedo”, de autoria da escritora Lília Diniz, apresentação dos alunos com poesia de cordel e participação especial do artista local Zeca Tocantins. Além de estudar os escritores e os cantores, no mês de junho serão realizados passeios nos pontos turísticos como beira rio, igreja Santa Tereza D’avila, Praça da Bíblia e Academia Imperatrizense de letras. A logística dos passeios e desenvolvimento do projeto será disponibilizado pela Secretaria Municipal de Educação.
A partir do dia 15 de maio, as Escolas Juscelino Kubitschek, Povoado Petrolina Dom Marcelino, na Coquelândia e Tomé de Sousa, no Olho D’água dos Martins, também farão parte do projeto.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário