domingo, 6 de maio de 2018

Escolas municipais recebem projeto “Ler, escrever e pensar”

Atividades estimulam leitura, interpretação de texto e prática de redação

por Sara Ribeiro

Seguindo cronograma das atividades que envolvem a 3ª edição do projeto “Ler, escrever e pensar, conscientizar para transformar”, turmas do 9º ano das escolas municipais Domingos Moraes e Pedro Abreu, participaram nesta sexta-feira, 4, de palestra no auditório da unidade de ensino do Bairro Recanto Universitário.
A palestra foi ministrada pelo promotor de Justiça, da Infância, Juventude e Educação, Lucas Mascarenhas, abordando conceitos que envolvem o tema central e a obra literária trabalhada nesta edição “Ética e Vergonha na Cara!”, de autoria de Mário Sergio Cortella e Clóvis de Barros Filho.
Fruto de parceria com o Ministério Público do Maranhão, MP, projeto alcançará 18 escolas da rede municipal de ensino. “As palestras vem acontecendo desde o dia 16 de abril nas escolas polos” – explicou a secretária adjunta de ensino, Nilcea Martinho.
“Ler, escrever e pensar, conscientizar para transformar”, consiste no desenvolvimento de atividades, que possibilitam a compreensão do aluno acerca da leitura, interpretação de texto e produção textual com a prática de redação. Ao final, a correção dessas produções serão realizadas pelos integrantes da Academia Imperatrizense de Letras, com escolha dos melhores textos.
As três redações destaque recebem premiação de um notebook, um tablet e um celular, para o 1º, 2º e 3º lugares, respectivamente.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário