segunda-feira, 25 de junho de 2018

Arraiá da inclusão reúne programas de Equoterapia e CAPS Infantojuvenil

Brincadeiras, danças e comidas típicas fizeram parte da programação festiva

por João Rodrigues

Pela primeira vez, os programas de Equoterapia e Centro de Atendimento Psicossocial, CAPS Infantojuvenil, ligados à Secretaria Municipal de Saúde, Semus, promoveram um arraiá junino para seus assistidos. Festança, na sexta-feira, 22, foi realizada na antevéspera de São João, nas dependências do Parque de Exposições Lourenço Vieira da Silva.
Cerca de 200 pessoas, entre pacientes e familiares, participaram do arraial, com muitas brincadeiras de pescaria, barraca do beijo, arremesso de bola em latas e em arcos, todas valendo brindes. Além do forro pé de serra, não faltaram as comidas típicas do período junino, como milho cozido, bolos de milho, macaxeira, chá de burro e caldo.
O ponto alto da festa foi a apresentação das pessoas atendidas pelos programas. “Você vê a alegria destas crianças, de nossos servidores, todos entusiasmados para proporcionar esta confraternização. Até eu, que não sou muito de dançar, entrei na brincadeira, porque estava muito animado”, destacou o secretário de Saúde, Alair Firmiano.
O filho do autônomo Nonato Martins teve paralisia cerebral e está há um ano e seis meses no programa de Equoterapia. “Uma festa como esta é muito importante, pois a gente não conhece todo mundo, e, aqui encontramos todos os participantes, nos confraternizamos e dividimos experiência, além de trazermos as crianças para brincarem e isso é bom demais”.
Para a coordenadora da Rede de Saúde Mental do Município, Maria Aparecida Alves, a festa junina é uma confraternização, mas serve, também, de terapia para as crianças.  Os coordenadores do CAPS Infantojuvenil e Equoterapia, Zaira Karan Gustavo, também acompanharam o arraial.
Atendimentos 
Os dois programas municipais são destaques na Secretaria Municipal de Saúde. O Equoterapia faz, em média, 60 atendimentos mensais, e o CAPS, entre 500 a 700. Eles atendem gratuitamente.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário