segunda-feira, 11 de junho de 2018

Assembleia de Deus Imperatriz


Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Imperatriz – Nossa Memória
A Igreja Evangélica Assembléia de Deus foi fundada no Brasil no ano de 1911, em Belém, capital do estado do Pará. Seus fundadores, dois jovens de origem sueca: Daniel Berg e Gunnar Vingren.
No ano de 1952, quando a cidade de Imperatriz se resumia apenas a três ruas e uma pequena população, chegou à cidade o pastor Plínio Pereira de Carvalho, com a finalidade de fundar a Assembléia de Deus.
O trabalho missionário e o culto considerado histórico começam,
e o culto considerado histórico começam, efetivamente, no dia 16 de setembro em uma casa adquirida pelo pastor Plínio de Carvalho, com a aquiescência dos fiéis.
Somente no ano de 1957, cinco anos depois, sob a liderança do pastor Luis de França Moreira, que assumira o pastorado em 1954, em primeiro de setembro de 1957 é inaugurado o primeiro templo.
O prédio foi erguido na confluência da Avenida XV de Novembro, com a Rua Gonçalves Dias, onde funcionou a sede da instituição por dezenas de anos até mudar para o novo templo. A igreja, entretanto, permanece.
Com a inauguração da rodovia Belém-Brasília, em 1960, a cidade se expandiu, pois chegavam pessoas de todos os rincões do Brasil e até mesmo de outros países, notadamente dos árabes.
Da mesma forma aumentava consideravelmente o número de fiéis que migravam de outras religiões, ou “assembleianos” que chegavam de outras cidades e de outros estados.
A igreja contabiliza que àquela época já eram mais de duzentos crentes convertidos a congregar a igreja que contou a forte liderança de Luis de França até o dia 15 de julho de 1984, quando faleceu.
Em seu lugar assumiu o pastor José Ribeiro de Sousa por breve período, pois em contínuo assumiu a presidência o pastor Jairo Saldanha de Oliveira, que deu início a construção do templo central no ano de 1986.
O templo central, sede da Igreja Evangélica Assembleia de Deus foi concluído em 1999, pelo atual presidente da AD em Imperatriz, pastor Raul Cavalcante Batista, que sucedeu os pastores Daniel Rodrigues e Sebastião Andrade de Sousa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário