sexta-feira, 1 de junho de 2018

Prefeitura implanta coleta de lixo automatizada por contêineres

Recolhimento diário garante limpeza dos espaços públicos

A Prefeitura de Imperatriz, através da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Sinfra, iniciou a implantação de mais de 40 contêineres em pontos estratégicos da cidade para evitar acúmulo de resíduos em praças, mercados e vias públicas. Objetivo é dinamizar o serviço de coleta automatizada.
O diretor da Sellix Ambiental, Ernani Sousa, empresa responsável pelo serviço de limpeza urbana, explica que os modernos contêineres fabricados com Polietileno de Alta Densidade (PEAD) possui superfície lavável e impermeável de forma a não permitir o vazamento de líquidos, além de evitar o acúmulo e exposição de lixo em locais de grande concentração de pessoas. “A coleta dos contêineres é integralmente automatizada, recolhido diretamente em caminhões compactadores”, explicou.
Ele orienta à população a descartar apenas resíduos domiciliares nos equipamentos, que foram instalados, para melhorar o serviço de limpeza urbana.Os novos receptáculos possuem capacidade individual para mil litros, equivalente a mais de 400 quilos, para armazenamento de lixo. Em alguns pontos, como por exemplo, na Praça de Fátima, Centro, foram disponibilizados dois contêineres para depósito.
O secretário de Infraestrutura, Francisco Pinheiro, que diariamente vistoria o andamento dos serviços de limpeza urbana, afirma que a nova empresa trouxe equipamentos modernos que agilizam o trabalho de roço e varrição de vias urbana, em Imperatriz. Ele observa que o “Giro Zero”, máquina automatizada de roço, acelera o serviço de limpeza dos canteiros da BR-010 e do aeroporto Renato Cortez Moreira.
“A melhoria do serviço de limpeza pública tem sido uma das prioridades do prefeito Assis Ramos, trabalho que não sofreu interrupção mesmo com a falta de combustíveis na cidade, solução adotada foi à logística especial, que garantiu o cronograma da coleta de lixo e a manutenção dos canteiros e das vias”, finalizou. (Gil Carvalho/ASCOM PMI)

Nenhum comentário:

Postar um comentário