domingo, 17 de junho de 2018

Reunião discute monitoramento do Plano Municipal de Educação

PME aborda cumprimento de metas até 2024

por Sara Ribeiro

Membros da equipe técnica e coordenadora do Plano Municipal de Educação, PME, reuniram-se nesta sexta-feira, 15, no auditório da Secretaria Municipal de Educação, Semed, com objetivo de apresentar as diretrizes para a realização do monitoramento do PME 2017/2018, avaliar os processos de monitoramento e socializar as propostas desenvolvidas para agenda de trabalho 2018.
“Trata-se de um encontro para avaliarmos os pontos fortes e fracos, agenda de trabalho a ser desenvolvida, metas a cumprir, plano de ação de cada coordenação da Semed e apresentação de algumas orientações” – informou o presidente da comissão da equipe técnica, Domingos Bandeira.  
Vigente desde 2015, instituído pela Lei Municipal nº 1.582/2015, o PME aborda as demandas para a educação em todos os níveis e esferas até 2024. Com a comissão de monitoramento, as metas indicadas no plano deverão ser acompanhadas e cumpridas de acordo com a realidade atual. Além disso, a comissão é responsável pelo repasse de informações ao MEC sobre o andamento das ações do Plano, a curto e longo prazo.
A reunião apresentou agenda de trabalho dividida em etapas de monitoramento e avaliação, com eixos de “organização do trabalho, estudo do PME e avaliação periódica do plano”. Agenda também especifica as ações a serem cumpridas, atribuições dos responsáveis, prazos de execução e conclusão das tarefas. “Entendemos que as ações da Secretaria precisam estar relacionadas com o plano, que é preciso absorver a cultura do registro dos trabalhos, ter organização e garantir um histórico daquilo que foi realizado para se ter o devido acompanhamento” – observou a coordenadora dos anos inicias da Semed, Rinalva Sales.
PME - Composto por 19 metas, entre elas, assegurar plano de carreira aos profissionais da Educação Básica; gestão democrática da educação; fomentar a qualidade da educação básica; oferecer educação em tempo integral; alfabetizar todas as crianças até o 3º ano do Ensino Fundamental; elevar a escolaridade média da população de 18 a 29 anos e a taxa de matrícula no ensino superior.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário