terça-feira, 3 de julho de 2018

Barraqueiros são orientados sobre manipulação e preparo de alimentos

Iniciativa visa coibir contaminação e intoxicação de produtos durante veraneio

por Maria Almeida

A Prefeitura de Imperatriz, por meio da Vigilância Sanitária e Ambiental, reuniu no auditório da Fundação Cultural, na manhã desta terça feira, 3, cerca de 50 barraqueiros das praias do Meio e do Cacau para capacitação sobre Resolução RDC 216/2004 da ANVISA, que dispõe sobre Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação.
Não misturar alimento cru com cozido; armazenamento de peixe separado de outros condimentos; reutilização do óleo para frituras; organização da barraca; e necessidade do uso de equipamentos de proteção individual, como toucas, luvas e sachês estiveram entre as orientações repassadas.  Objetivo é qualificar pessoas que comercializam comida no período de veraneio, com atualizações sobre as normas exigidas para armazenamento e preparo de alimentos.
Informações sobre importância do uso de água tratada também foram reforçadas. “Todas as orientações serão cobradas durante as fiscalizações e se forem encontradas irregularidades, aplicaremos as sanções previstas. Nosso objetivo maior é evitar intoxicação, por causa de ingestão de alimentos contaminados”- explicou a coordenadora da Vigilância Sanitária do Município, Márcia Figueiredo.
Ela explica que, além desse encontro, na semana passada já foi realizada reunião com a Defesa Civil, Vigilância Ambiental e a Sanitária para orientações gerais. A comerciante Marilene Lima de Sousa é proprietária de barraca há 10 anos, na Praia do Meio, e aprova a capacitação. “Muito boa, todo ano tem, isso nos ajuda a ter consciência e seguir as instruções, até porque alguns colegas tem resistência em seguir, mas com as informações e as fiscalizações todo mundo tende a cumprir” - afirmou.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário