sexta-feira, 27 de julho de 2018

Seminário discute estratégias de gestão social e do terceiro setor

Evento direcionado aos gestores reuniu cerca de 200 pessoas no auditório da UAB

por Léo Costa

A Prefeitura de Imperatriz, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Sedes, em parceria com o palestrante Roberto Ravagnani e Companhia da Alegria, realizou nesta sexta-feira, 27, das 9h às 16h, o Seminário para Gestores, no auditório da Universidade Aberta do Brasil, Polo de Apoio Presencial Professor Vito Milesi, Rua Dom Pedro II, s/n, Beira Rio.
Cerca de 200 agentes sociais, gestores executivos, representantes de Organizações da Sociedade Civil, OSC´s; Organizações Não Governamentais, ONG´s; fundações e institutos; colaboradores de conselhos; e interessados nos assuntos do Terceiro Setor, participaram do evento.
“Esse seminário foi de grande relevância para todos os setores da sociedade, que, a partir de agora, sejamos fomentadores do voluntariado e propagadores do terceiro setor, que envolve organizações e entidades sem fins lucrativos”, enfatiza Divina Leide, coordenadora de Proteção Básica da Sedes.
O palestrante Roberto Ravagnani, jornalista, administrador de empresas e especializado na área do terceiro setor, destacou a importância dos temas abordados. “Tivemos a oportunidade de debatermos sobre a gestão e organizações sociais, captação de recursos e gestão de voluntários. Hoje a minha grande batalha em toda a América Latina é a questão do voluntariado. Uma participação mais ativa da sociedade, em todos os projetos, não só nos sociais da organização civil, mas também dentro da área do governo, por que é possível termos voluntários dentro dessas áreas”, explicou.
Para a advogada Regina Célia Rodrigues Lopes, Associação dos Deficientes de Imperatriz, ADI, o seminário amplia o debate das principais questões que auxiliam a gestão eficiente das organizações. “Existem muitos desafios para as organizações sociais que precisam captar recursos para desenvolver projetos. Acreditamos também que disseminar informações e trocar conhecimentos é muito importante para capacitar e empoderar as instituições”, detalhou.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário