sexta-feira, 13 de julho de 2018

Suzano Papel e Celulose recebe novo equipamento em Imperatriz



O filtro irá aumentar a eficiência dos processos da Fábrica

Suzano Papel e Celulose recebeu hoje (12/07) o equipamento DDW, um novo lavador de massa marrom, como é chamada a celulose antes de passar pelo processo de branqueamento. Com alto desempenho e tecnologia avançada, o filtro chegou à Unidade Imperatriz (MA) para aumentar a eficiência da lavagem da polpa marrom, removendo todas as impurezas da celulose antes do processo de deslignificação e branqueamento da massa. Ele garantirá, dessa forma, alta performance e estabilidade nos processos relacionados ao volume de produção, à qualidade do produto final e ao custo caixa da celulose fabricada em Imperatriz.
O equipamento, produzido na Finlândia, tem peso total de 139 toneladas e foi recebido no Porto do Itaqui, em São Luis (MA), no dia 1º de junho. Antes de chegar à Unidade Imperatriz, o DDW passou pela BR-226 e chegou à Imperatriz pelo Sul (vindo de Estreito).
Esse novo lavador de massa marrom promoverá redução no consumo de químicos, assegurando a qualidade do produto final em relação à viscosidade e tração, além de aumentar a eficiência do processo, promovendo um desgargalamento na Recuperação Química. “Buscamos sempre trabalhar com foco na inovação de nossos processos e em alternativas que nos permitam aumentar a eficiência da nossa operação e a qualidade de nossos produtos. Acreditamos que a chegada deste novo equipamento trará ganhos relevantes às nossas operações no Maranhão”, afirma Carlos Moromizato, coordenador de Engenharia de Projetos da Suzano Papel e Celulose.


Sobre a Suzano Papel e Celulose
A Suzano Papel e Celulose é a segunda maior produtora de celulose de eucalipto do mundo e a maior fabricante de papéis de imprimir e escrever da América Latina. Como subsidiária da Suzano Holding e parte do Grupo Suzano, reúne mais de 90 anos de tradição com o que há de mais moderno de tecnologia para a indústria de papel e celulose. Possui sete unidades industriais no Brasil, escritórios internacionais em seis países e estrutura de distribuição global preparada para abastecer mais de 60 países. Produz, além de Celulose, Papéis de imprimir e escrever revestido e não revestido e de Embalagens, Tissue (papéis para fins sanitários) e celulose Fluff (usada na produção de fraldas e absorventes higiênicos), e está investindo na produção de Lignina e derivados, criando uma plataforma de química verde para a substituição de matéria-prima de origem fóssil, entre outras aplicações. Trabalha no desenvolvimento genético de culturas florestais e atua no setor de biotecnologia por meio de sua subsidiária FuturaGene. A empresa possui capital aberto e integra o Novo Mercado, o que reforça seu compromisso com o avanço contínuo das práticas de governança corporativa.  Para mais informações, acesse www.suzano.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário