quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Câmara Municipal aprova por unanimidade contas do ex-prefeito Sebastião Madeira


Contas tiveram parecer favorável do Tribunal de Contas do Estado (TCE)
            A Câmara Municipal de Imperatriz aprovou em sessão ordinária na manhã desta terça-feira, 21, em única discussão e votação o Parecer Prévio do TCE-MA n 366/2017 pela aprovação das contas anuais do ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Torres Madeira, relativas ao exercício financeiro de 2010.
            As contas receberam aprovação unânime dos vereadores com manifestação inclusive dos vereadores Aurélio do PT e Bebé taxista que foram fortes críticos à gestão do ex-prefeito.
            O vereador João Silva fez questão de se manifestar e declarar o seu voto, dizendo que como membro da casa, teve a oportunidade de acompanhar e fiscalizar a gestão do ex-prefeito, sendo que este se comportou de forma responsável, “como um político e gestor de mão cheia, no trato com a coisa pública”.
            “Madeira fez um trabalho maravilhoso e transformou a cidade de Imperatriz, por isso eu peço aos colegas que aprovem essa matéria, a fim de que esta casa faça justiça a esse senhor”, disse João Silva.
            O vereador Bebé Taxista também adiantou o seu voto e disse que se sentia muito bem em acompanhar o parecer, pois tinha a convicção de que “Madeira administrou Imperatriz com um grau de responsabilidade muito grande, com lealdade, dentro da legalidade e dos princípios da legislação. Isso que me faz votar favorável”.
            Todos os vereadores manifestaram seu voto positivo , garantindo a unanimidade.
            O presidente da Câmara, José Carlos Soares Barros, disse que se deu por satisfeito por estar cumprindo um papel constitucional e mais, ainda por constatar a existência de um gestor como Sebastião Madeira.  “Muitas vezes Madeira foi até mal compreendido quando agia com zelo e firmeza na defesa do erário municipal, aplicando sempre de maneira correta e sem permitir o mau uso e desperdício dos recursos públicos”, disse Zé Carlos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário