quarta-feira, 1 de agosto de 2018

Cemar alerta sobre roubos e furtos de transformadores na região sul maranhense.


Os roubos geralmente acontecem à noite na zona rural dos municípios.

Dados da Companhia Energética do Maranhão - Cemar apontam um alto índice de furtos de transformadores na região sul do Maranhão. De janeiro até julho deste ano, cerca de 20 casos foram registrados. Do total desses casos, nove ocorreram em cidades do sudoeste maranhense e cinco no município de Governador Edson Lobão.

Os transformadores são equipamentos responsáveis por transformar nível de tensão elétrica e tem papel essencial para a continuidade, segurança e eficiência do serviço de distribuição de energia elétrica. Assim como cabos elétricos, essas máquinas possuem componentes de cobre na parte interna, e por isso são furtados e destruídos por indivíduos que vendem o produto no mercado negro. Em outros casos, os equipamentos são utilizados de forma clandestina por terceiros, especialmente como instrumento para ligações clandestinas e furtos de energia.

Segundo a Concessionária, os criminosos costumam agir à noite e geralmente os roubos acontecem na zona rural dos municípios. O furto desse tipo de equipamento causa danos ao patrimônio da empresa, fazendo com que ocorra um remanejamento do orçamento da Companhia para repor o material furtado, mas o prejuízo é ainda maior para os consumidores das áreas afetadas, pois provoca o desligamento da rede elétrica.

Em decorrência disso, a Cemar alerta seus consumidores sobre os perigos do contato com a rede. Na área em que acontecem, os roubos a tensão chega a 34,5 mil volts, o que pode causar mutilações e mortes em casos de interferência no sistema elétrico. Ademais, no intuito de trabalhar para ser muito melhor para as famílias maranhenses, a Companhia solicita que ao observar qualquer atividade suspeita na rede elétrica, por pessoas não credenciadas da Cemar, seja feita denúncia à Companhia e às autoridades policiais.

O líder de manutenção e expansão de Redes, Júlio Fernandes, ressalta a importância da segurança: “Cada transformador possui um registro próprio da Cemar e o processo de instalação e interferências deles fora dos padrões oferece riscos a vida, é necessário cuidado redobrado”, destacou o líder.

Além do desconforto da falta de energia elétrica para as pessoas nas áreas onde ocorrem os furtos de transformadores e cabos, a Companhia deixou de investir cerca de 70 mil reais nas ações das áreas de manutenção, operação, expansão e modernização do sistema elétrico em diversos municípios do estado, para a reposição do material furtado, em que se destacam transformadores monofásicos e bifásicos.

Segurança – É importante ressaltar que ninguém pode acessar a rede de energia elétrica ou a área das subestações da Companhia. Somente os eletricistas da Cemar, que são treinados e capacitados para essa atividade com os equipamentos de segurança necessários para os serviços. O risco de acidente fatal é real e iminente.

Situações sobre suspeita de fraude ou furto de energia elétrica podem ser denunciadas por meio do site da Cemar (www.cemar116.com.br), por meio do aplicativo para smartphone e tablet (IOS e Android), ou ainda pela Central de Atendimento 116, gratuitamente, sem necessidade de identificação por parte do denunciante. Depois de registrada a denúncia, a Cemar encaminhará equipes para as inspeções conforme prevê a legislação do setor elétrico e, comunicará o Departamento de Defesa dos Serviços Delegados – SEIC para as devidas investigações e penalidades criminais.


Assessoria de Imprensa da Cemar

Nenhum comentário:

Postar um comentário