quarta-feira, 29 de agosto de 2018

LUZ DIRETA OU INDIRETA: APRENDA A ESCOLHER O MELHOR PARA CADA AMBIENTE



A iluminação é um dos itens mais importantes de um ambiente, pois pode influenciar em tudo - na decoração, na qualidade de vida das pessoas que irão circular no local e até mesmo na sensação de conforto do ambiente.

Na hora de planejar os ambientes da casa ou do trabalho, é fundamental consultar um arquiteto especializado em luminotécnica para melhor planejar a iluminação de cada cômodo.

Seja ela direta ou indireta, aparente ou embutida, moderna ou clássica, o que importa é escolher as melhores luminárias e soluções de iluminação para deixar o ambiente bem claro mas ao mesmo tempo aconchegante.  

Para facilitar a vida de arquitetos e pessoas que estão construindo ou reformando, o home center Potiguar que fica na entrada da Vila Cafeteira em Imperatriz (na BR 010, KM252, Coco Grande) oferece uma sessão completa de itens de iluminação; com as mais diversas opções de luminárias e demais soluções de iluminação para todos os estilos. E orientação gratuita de arquitetos e vendedores para tirar todas as dúvidas. Mas vale lembrar os seguintes conceitos básicos:

Na luz difusa, como o próprio nome sugere, utiliza-se um difusor, geralmente de vidro ou acrílico, para suavizar a luz, assim ela deixa de possuir a intensidade e o brilho da luz direta. A luz difusa tende a se espalhar e não provoca sombras fortes, demarcadas. Trata-se de uma luz mais confortável.

Já a luz direta incide diretamente sobre uma superfície. Muito utilizada para se destacar peças decorativas como quadros e esculturas. É também utilizada sobre mesas de trabalho pois auxiliam na leitura e concentração. Deve ser utilizada com bom senso pois pode tornar-se cansativa, uma vez que cria sombras “duras” (com grande diferença entre os pontos mais claros e mais escuros).

luz indireta (ou rebatida) é muito utilizada para se criar um efeito mais suave, porém ao invés de se utilizar um difusor, neste caso a luz é direcionada a uma superfície (que pode ser, ou não, da própria luminária) e então refletida e diversas direções. Além de suavizar a luz, esta técnica permite a criação de belos efeitos, além de possibilitar soluções diferenciadas no design da luminária.
Dependendo do projeto, o ideal é combinar diferentes tipos de luzes. Além de enriquecer o ambiente, é possível obter belos efeitos visuais. Além disso, estão disponíveis no mercado, soluções que combinam diferentes tipos de luzes no mesmo produto.


Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário