segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Pefeitura leva atendimento à Unidade Prisional de Davinópolis

Ação amplia acesso a saúde preventiva e melhora qualidade de vida das mulheres privadas de liberdade

por Maria Almeida

Ação de saúde alusiva ao mês de aniversário da Lei Maria da Penha foi realizada na sexta feira, 10, na Unidade Prisional de Davinópolis, pela Secretaria Municipal de Saúde, SEMUS. Cerca de 30 internas foram beneficiadas com exames, consultas, palestras, atendimento odontológico, coleta de preventivo e orientações em planejamento familiar.
“Nosso objetivo maior é trabalhar a questão do empoderamento da mulher, além de promover a saúde preventiva com identificação de lesões precursoras de câncer do colo do útero, pois independentemente de onde elas estejam precisam ser alcançadas, pois essa é uma das diretrizes do Sistema Único de Saúde, SUS” – informou a Assessora Técnica do  Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher, PAISM, Lívia Bustamante.
Segundo ela, a equipe de atendimento contou com Psicóloga, cirurgião dentista, enfermeiros, técnicos e assistentes sociais.  “Estamos fazendo um levantamento, e caso seja diagnosticada alguma doença hoje, elas serão encaminhadas e acompanhadas por nós, na Divisão de Saúde da Mulher” – afirmou Lívia.
Para a Diretora da Unidade Prisional, Fernanda Cury, essa ação é importante porque facilita o acesso e permite a continuidade do tratamento, que na maioria das vezes é barrado na hora de autorização de um exame, quando se tenta pelos meios tradicionais da rede pública.
“A gente precisa desta parceria, porque para levar as internas até os centros de saúde, é complicado, envolve uma logística muito complexa, além de oferecer riscos a quem está nos consultórios e precisa dividir espaço com elas. Além do mais, isso vai facilitar muito na hora de realização dos exames que já serão efetuados pelo próprio setor da secretaria” – ressaltou a Diretora da Unidade Prisional, Fernanda Cury.

Imagens:

Nenhum comentário:

Postar um comentário