quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Suzano Papel e Celulose é a Empresa de Valor 2018


Além do principal prêmio da noite, empresa também venceu categoria setorial de Papel e Celulose

Suzano Papel e Celulose é a vencedora do 18º anuário Valor 1000, oferecido pelo jornal Valor Econômico, a maior mídia de economia, negócios e finanças do Brasil. Em cerimônia realizada nesta segunda-feira (20), em São Paulo, a empresa foi a campeã no setor de Papel e Celulose e também recebeu o maior prêmio da noite, o Empresa de Valor 2018.
Frederic Zoghaib Kachar, diretor-geral do jornal, e Vera Brandimarte, diretora de redação, entregaram o principal troféu da premiação a David Feffer, Presidente do Conselho de Administração da Suzano Papel e Celulose. Marcelo Bacci, Diretor Executivo de Finanças e Relações com Investidores da Suzano, recebeu o prêmio setorial.
O anuário seleciona as 25 melhores empresas de diferentes setores. As vencedoras são escolhidas de acordo com a sua receita líquida e oito modernas medições de desempenho, como o Ebitda e gestão do endividamento. Já o prêmio Empresa de Valor, conferido à Suzano Papel e Celulose, destaca uma das vencedoras setoriais como a empresa do ano.
“Esse prêmio é fruto do profissionalismo e da paixão de mais de 9.000 colaboradores, que buscam ser melhores a cada dia e constroem uma empresa que planta o cuidado, colhe o orgulho e busca ser cada vez mais Forte-e-Gentil”, afirma Walter Schalka, Presidente da Suzano Papel e Celulose.
O Anuário Valor 1000 foi publicado nesta terça-feira e traz, além das melhores empresas do País em seus respectivos setores, um anuário com as mil maiores empresas do Brasil.

PARA FOTO, ACESSE: https://we.tl/t-ni4KQcYcst

Sobre a Suzano Papel e Celulose
A Suzano Papel e Celulose é a segunda maior produtora de celulose de eucalipto do mundo e a maior fabricante de papéis de imprimir e escrever da América Latina. Como subsidiária da Suzano Holding e parte do Grupo Suzano, reúne mais de 90 anos de tradição com o que há de mais moderno de tecnologia para a indústria de papel e celulose. Possui sete unidades industriais no Brasil, escritórios internacionais em seis países e estrutura de distribuição global preparada para abastecer mais de 60 países. Produz, além de Celulose, Papéis de imprimir e escrever revestido e não revestido e de Embalagens, Tissue (papéis para fins sanitários) e celulose Fluff (usada na produção de fraldas e absorventes higiênicos), e está investindo na produção de Lignina e derivados, criando uma plataforma de química verde para a substituição de matéria-prima de origem fóssil, entre outras aplicações. Trabalha no desenvolvimento genético de culturas florestais e atua no setor de biotecnologia por meio de sua subsidiária FuturaGene. A empresa possui capital aberto e integra o Novo Mercado, o que reforça seu compromisso com o avanço contínuo das práticas de governança corporativa.  Para mais informações, acesse www.suzano.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário